História Celleeza-Um amor entre dois vilões - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Cell, Cooler, Freeza, Personagens Originais, Rei Cold
Tags Cell, Celleeza, Dragon Ball, Freeza, Yaoi
Visualizações 49
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Magia, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hooooiiii galera tudo bom? Porque eu não ;_; eu to meio insegura pra fazer esse cap pq como eu nunca fiz hentai (até porque não mandam vc fazer hentai pra trabalho da escola)então pfv gente se tiver ruim naum me matem please 🙏🙏🙏

Capítulo 3 - Quero você só pra mim


Fanfic / Fanfiction Celleeza-Um amor entre dois vilões - Capítulo 3 - Quero você só pra mim

Cell P.O.V

Ja se passaram 2 meses que machucaram Freeza e o mesmo nem se quer olhava na cara do pai ou do irmão,suas feridas ja haviam cicatrizado e suas ataduras seriam tiradas definitivamemte hoje,então eu acordei mais cedo fui comer e o esperei acordar também,uns 30 minutos depois ele acordou e foi pra cozinha

Cell-bom dia bela adormecida

Freeza-cala a boca

Cell-haha ta come algo ae que hoje você finalmente vai tirar essas ataduras

Freeza P.O.V

Cell estava feliz por eu finalmente tirar as ataduras,na verdade....feliz demais,eu tinha motivo pra ficar feliz por tirar aquele troço de mim mas o Cell???por que estava tão feliz?

-que felicidade toda é essa?

Cell-então você não lembra né?....

Freeza-lembro de que?

Cell-mais tarde eu te mostro

Freeza-ta né....agora tira essas porcarias de mim logo

Cell-é só puxar deixa de ser preguiçoso

Não pensei duas vezes e arranquei aquele troço de mim e joguei longe,senti finalmente minhas costas livres,mas eu não ia perdoar meu pai tão cedo SE eu fosse perdoar ele

Freeza-não tem cicatriz não né?

Cell-nenhuma

Freeza-que bom,que tal agente dar uma treinadinha de manhã que ainda ta fresquinho

Cell-a pode ser

Eu saí mais o Cell e fomos treinar,eramos tão fortes que se duvidar no outro lado do inferno caiam pedaços de rochas que destruiamos hohoho,ficamos assim umas 7 horas e então fomos pra casa tomamos banho e fomos dormir ja que estavamos muito cançados,nisso era umas 14:00 da tarde então quando era mais ou menos 20:00 eu acordei e Cell também

Freeza-a muito tempo não luto por tanto tempo

Cell-nem eu,bom você queria saber do que eu estava falando hoje cedo né?

Freeza-sim

Cell-você prometeu que deixaria eu fazer oque eu quisesse com você quando estivesse completamente curado-falei isso subindo encima dele e deixando nossos corpos colados com meu rosto bem próximo ao seu-e pelo que parece....você está bem saudável

Freeza-C-Cell...

Passei a mão em sua cintura enquanto o beijava,então pedi passagem e ele concedeu,mas logo parei,fui descendo até seu pescoço e nele comecei a dar beijos mas logo passei para mordidas  chupões e lambidas,e a cada um que eu dava era um gemido que Freeza soltava e isso me deixava louco 

Cell-você não sabe o quanto esperei pra fazer isso

Freeza-imagino

Fui indo mais pra baixo fazendo uma trilha de beijos até seu abdômen e denovo a cada movimento que fazia era um gemido mais alto que o outro que Freeza soltava e me deixava com mais vontade de fazer isso a noite inteira,fui descendo até chegar em seu membro que por si só ja me dizia que Freeza estava excitado

Cell-não é tão grande-falei o provocando

Freeza-cala a boca

Me fez dar uma leve risada,então passei a língua na ponta do membro de Freeza o fazendo soltar um gemido alto,não aguentei e coloquei tudo na boca de uma vez e Freeza começou a gemer meu nome

Freeza-C-Cell...C-Ce-Cell

Ele ja estava suado com tudo isso oque me deixou mais excitado ainda,comecei a chupar mais forte até que Freeza chegou em seu limite e se despejou em minha boca,seu sabor era incrível o queria sentir em todos os lugares possíveis então engoli o máximo do líquido que consegui mas minha boca ficou suja,fui subindo até chegar em sua boca e o beijei fazendo o sentir o próprio gosto

Freeza-bleerr...estranho

Cell-pois eu amei-comecei a sorrir maliciosamente pra ele

Freeza-que foi?

Cell-você sabe....

Freeza-de jeito nenhum!isso vai doer

Cell-o imperador do universo com medo?

Freeza-claro que não!arrr ta bom

Sorri pra ele,então peguei dois dedos meus e os lambi para lubrificar,então puis em sua entrada e olhei nos olhos dele

Cell-posso?

Freeza-p-pode

Enfiei meus dedos bem devagar pra ele se acostumar,mesmo assim apertava os lençóis com força então quando ja tinha colocado tudo comecei a fazer movimentos de tesoura dentro dele e tirei,posiciomei meu membro em sua entrada

Cell-se eu estiver te machucando me fala

Freeza-ta

 e então o penetrei e ele deu um gemido de dor e apertou com força os lençóis da cama 

Freeza-v-vai mais devagar

Assim eu fiz,comecei a ir bem devagar mas a medida e ele foi se acostumando comecei a ir mais rápido e forte,e a cada estocada ele dava um gemido,sua dor se transformara em prazer,aquela sensação ótima e os seus gemidos sendo abafados por meus beijos e meus próprios gemidos me fizeram chegar ao meu limite e me derramar dentro dele,três estocadas depois eu saí de dentro de Freeza e deitei ao seu lado ainda ofegante como ele que também estava suado e ofegante,então ele se aconchegou em meu peito e caímos em um sono profundo,fui o primeiro a acordar e fiquei observando Freeza dormindo até o mesmo acordar uns 5 minutos depois

Cell-bom dia be-

Freeza-não ouse me chamar desse apelido

Cell-e então como foi sua noite ontem?

Freeza-ótima

Cell-vem vamos tomar um banho você e eu estamos sujos

Me levantei e fui pro lado de Freeza esperando ele levantar mas quando se levantou ele deu um gemido de dor e quase caiu no chão mas eu o segurei

Cell-que foi?

Freeza-eu estou com uma dor muito forte no quadril

Cell-eu te machuquei não foi?

Freeza-oque?claro que não!isso deve ser normal

Cell-tem certeza?

Freeza-sim

Então sorri pra ele e o peguei no colo e nos levei até o banheiro onde ligamos o chuveiro trocamos algumas carícias mas logo tomamos banho e nos secamos,fomos tomar café Freeza tava imdo na minha frente e eu estava segurando o riso pra não rir dele mancando,não deveria rir daquilo mas era muito engraçado até que deixei escapulir uma risada

Freeza-isso não tem graça!

Cell-ontem teve muita graça-sorri maliciosamente pra ele que ficou corado

Freeza-realmente,mas hoje ta doendo

Cell-me descculpe não queria te machucar

Freeza-quantas vezes tenho que dizer que não me machucou?

Cell-diga quantas vezes quiser mas foi por causa de mim que você ta mancando

Freeza-logo passa

Cell-ta bom...-dei um abraço em Freeza e depois um beijo,momentos depois nos separamos por falta de ar e fomos fazer nossas atividades normais do dia a dia na verdade eu porque ele teve que ficar o dia inteiro em casa porque NUNCA que ele ia sair mancando daquele jeito estampado na  cara que tinha feito sexo no outro dia


Notas Finais


E então galera que que vocês acharam?não me matem plis .-. Bom até o próximo capítulo vlw flw e fuuuui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...