História Celulares para os híbridos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaemin, Jeno, RenJun
Tags Dedinhos, Doguinho!renjun, Felino!jeno, Fluffy, Hibridos, Nomin, Noren, Norenmin, Pcysweetuke, Preliminares, Texting
Visualizações 514
Palavras 1.567
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fluffy, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá olá, vim aqui de mansinho postar essa fic norenmin, ho ho ho ♡
espero que esteja no agrado ♡

— boa leitura, astronautas! ♡

Capítulo 1 - Capítulo Único; vingança do felino


— Nana, o que é isso em suas mãos? É algum brinquedo novo? É roupinha nova ‘pra mim? É algo pro Jeno hyung? É ‘pra mim? — o híbrido de cachorro falava eufórico e enchia seu dono de perguntas enquanto puxava o objeto (até então desconhecido por si) das mãos do mais velho e abanava o rabinho afobado tentando descobrir o que estava naquela pequena caixa.

— Calma, calma, Junnie. — sorriu com a animação do seu dongsaeng, pegando a caixa de suas mãos. — Já irei lhe mostrar o que é isso, mas antes, cadê o Jeno? — perguntou notando a falta do outro híbrido e vagou seu olhar pelo cômodo em busca do felino.

— Jeno hyung disse: “eu tenho coisas mais produtivas para fazer do que esperar o Jaemin chegar em casa, dormir é uma delas.” — imitou, ou tentou, imitar a voz de Jeno, fazendo expressões engraçadas e gesticulando com suas mãos. Algo adorável na visão de Jaemin. — então ele foi para o nosso quarto e ‘tá lá ressonando baixinho abraçado ao Sr. Ursinho Dipom.

— Ah, o bendito ursinho — disse enciumado. Jaemin se achava um completo idiota por sentir ciúmes de um mero urso de pelúcia, mas o fato de seu namorado sempre o trocar para ficar com o Sr. Ursinho Dipom (bleh bleh bleh) o deixava puto da vida. — Você poderia chamar ele para mim, anjo? — levou uma das mãos até a orelhinha esquerda de Renjun e fez carinho, observando o híbrido assentir e correr para o quarto.

E Jaemin entrou em um conflito consigo mesmo novamente.

Será que é realmente certo presentear os híbridos com aqueles celulares? Taria fazendo o certo? Vai que eles entrem em um site que não deve, vai que eles criem redes sociais e conversem com pessoas erradas, vai que--

— Isso é pra gente, Nana? — ouviu a voz do felino muito perto de si e sobressaltou, caindo sentado no sofá. Levou a mão ao peito e respirou fundo tentando se recuperar do susto. Ouvindo risadas alegre dos híbridos. — Se assustou foi? — o felino disse debochado antes de pular no colo do mais velho e beijar sua bochecha, esfregando sua cabeça no ombro do namorado, deixando seu cheirinho nele. — Você tá com o cheiro daquele híbrido de gato fedido e metido do Mark. — o olhou raivoso, levantando-se e abraçando o ursinho em suas mãos (ursinho esse que só foi notado agora por Jaemin).

— Eu tô? — perguntou confuso, e os híbridos assentiram, ambos com biquinhos formado nos lábios rosinhas (devido ao gloss labial). — Ah, eu já estou indo tomar banho, mas primeiro, eu quero entregar algo para vocês. — estendeu suas mãos, cada uma com uma caixinha, que logo foi puxada pelo híbridos que olhavam curiosos para o objeto. — É um celular, um ‘pra cada.

— Um celular? — Renjun falou animado abrindo a caixinha. — Wooh, é igual o que você usa.

— E o que vamos fazer com isso? — dessa vez quem disse foi Jeno, olhando o celular (que já estava fora da caixa) com pouco interesse.

— Bom, é que ultimamente eu tenho chegado um pouco tarde em casa devido ao trabalho e a faculdade — disse acanhado, e os híbridos concordaram cabisbaixos. —, então eu pensei em comprar um celular para vocês, assim ficamos mantendo contato mesmo eu estando fora.

— Isso é uma grande ideia, Nana. — Jeno aproximou-se do dono inclinando seu corpo em sua direção. — Porém, nem eu e Renjun sabemos utilizar essa coisa aí — disse o óbvio raivoso.

— Não há problema, meu amor. — puxou o híbrido pela sua cintura, fazendo ele sentar novamente em seu colo. — Eu já não ensinei outras coisas para vocês? — disse com um sorriso lascivo brincando em seus lábios, fazendo os dois híbridos presentes corarem. — Esse vai ser molezinha.

— Seu idiota me larga. — começou a debater-se no colo alheio.

Jaemin sem dificuldade levantou-se com o híbrido em seu colo, o colocando por cima de seu ombro. Estendeu a sua mão direita ao outro híbrido que se divertia com a cena em sua frente, sendo prontamente segurada e entrelaçadas.

— Que tal darmos um banho em um felino porquinho que não gosta de tomar banho? — perguntou divertido e sentiu ser arranhado no antebraço.

— VAMOS! VAMOS! — Renjun gritou alegre, totalmente animado com a situação que o namorado estava.

— GRRR, EU ODEIO VOCÊS!

Depois de quase meia hora tentando fazer Jeno se aquietar e tomar seu banho na paz, e mais umas 4 horas tentando ensinar os híbridos como se deve utilizar o celular e o que podem ou não fazer, e mais 2 horas com sessões de carinhos exclusivamente para eles, finalmente todos se encontravam descansando e ressonando, tranquilos.

O outro dia seria novamente agitado, principalmente para Jaemin.



— Jeno, Renjun, eu já estou indo, mais tarde eu mando uma mensagem para vocês, por favor, não destruam a casa. — gritou antes de sair da residência e correr para o ponto de ônibus. O dia mal começou e ele já começou na merda.



21 de julho; 21:35 p.m; chat com Renjun, o Doguinho


Nana ♡


Oi, meu bem~

Como estão as coisas aí em casa?

Tudo certinho??


Príncipe Doguinho ♡


MDS, OI

NANA

CARAMBA

É A PRIMEIRA VEZ QUE USAMOS ESSE APLICATIVO

NOSSA

TEM TANTA COISA ACONTECENDO

EU TAVA NA VARANDA COM O JENO

AÍ NÓS VIMOS DOIS PASSARINHOS TENTANDO ENTRAR EM CASA

MAS EU DEI UM SUPER LATIDO NELES

E OS ASSUSTEI

PROTEGI A CASA

VOCÊ VIU??

EU PROTEGI!!

TÁ ORGULHOSO DE MIM???

EIN??

TÁ ORGULHOSO???

Você não tá respondendo [vários emojis chorando]

Tá brabo comigo??

Desculpa, hyung


Nana ♡


NÃO, NÃO, BEBÊ

TÔ BRABO NÃO

Você protegeu a casa?? Incrível!

Nossa casa tá super protegida com você [emoji de coração]


Príncipe Doguinho ♡


TÁ MESMO!

EU BOTO MEDO EM TODO MUNDO


Nana ♡


Claro meu amor

Claro

Você bota medo em todo mundo

Então tá tudo certo aí em casa, né?


Príncipe Doguinho ♡


TÁ SIM!!!!!! [emojis aleatórios]


Nana ♡


Então, ok

Fico aliviado

Eu já tenho que voltar aos meus afazeres

Até depois, amor~

Te amo [vários emojis de coração]


Príncipe Doguinho ♡


TE AMO TAMBÉM

ATÉ~

SE CUIDA!

CUIDADO COM OS PASSARINHOS


21 de julho; 22:55 p.m; chat com Jeno, o Felino Porquinho


Otário ♡


Oi, bebê~

Como estão as coisas aí em casa ainda?

Ainda tudo certinho?


Mensagem visualizada


Otário ♡


Jeno, por que tu não tá me respondendo?


Mensagem visualizada


Otário ♡


JENOOOOOOOOOO

AMORRR

BEBÊ

MEU TUDO

TÁ TUDO OK AÍ???

RESPONDE PELO AMOR


Príncipe Felino ♡


Sim


Otário ♡


SIM O QUÊ, JENO????


Príncipe Felino ♡


Tá tudo ok aqui, Jaemin

Deixa de escrever em caps lock

Parece até que eu tô ouvindo seus gritos


Otário ♡


Ah, que bom

Pensei que tinha acontecido algo

Que felino chatinho eu tenho @deus

Mas eu amo muito ele, fazer o quê


Príncipe Felino ♡


É bom que me ame mesmo

Porque eu te amo muito

Enfim

Eu tenho coisas interessantes para ver

Tipo o Junnie correndo atrás do rabo dele

Até depois, Nana~

Volte aos seus afazeres

Não se preocupa que estamos bem [emoji de coração]



Jaemin já estava quase terminando de arrumar tudinho suas papeladas de trabalho, olhou o relógio em seu pulso e viu que já era quase duas da manhã, sorriu triste porque novamente não pôde chegar em casa cedo e usufruir de seus garotos.

Suspirou.

Quando estava guardando o último papel viu o visor da tela do seu celular brilhar. Uma mensagem havia chegado. Ficou confuso, quem teria lhe mandando mensagem naquele horário? Pegou o celular e pela barra de notificação viu que era Renjun que havia lhe mandado a mensagem. Novamente estranhou por conta do horário, já que o híbrido tinha o costume de dormir cedo, mas, por conta da curiosidade, abriu o chat de conversa que tinha com o híbrido.


Príncipe Doguinho ♡


Nana~

Como novamente você irá chegar tarde

Eu e Jeno fizemos esse vídeo fofinho para você

Espero que goste [emoji de coração]

[vídeo]


O vídeo era basicamente os híbridos fazendo expressões fofas e agindo fofo, dando leves selinhos e dizendo que tinham saudades do seu Nana.

Uma explosão de sensações se expandiu pelo corpo de Jaemin, não que ele seja pervertido — apenas com seus híbridos, claro —, mas seu corpo sentiu o efeito que era eles agindo e fazendo expressões fofas. Ah, ele tava fodido.

Sua mente vagava para um lugar perverso quando foi desperto novamente pelo som da notificação do celular. Piscou confuso. Era uma mensagem de Jeno dessa vez.


Príncipe Felino ♡


Nana~

Gostou do nosso vídeo?

Pois eu tenho um melhor para você

Quem sabe assim você não volta para casa mais cedo, não?

[vídeo]

Te amo~

Talvez essa seja uma pequena vingança por ter me obrigado a tomar banho na água fria


Jaemin estava fodido, mais muito fodido. Além de duro, sensível e terrivelmente puto. Como aqueles híbridos tiveram essa coragem? Como ele voltaria para casa com seu pau visível para quem quisesse ver?

O vídeo dos híbridos totalmente empinados, com calcinhas rendadas que davam uma visão linda da entrada, bolas e o pau dos pequenos, havia deixado Jaemin totalmente duro. Ambos rabos estavam entrelaçados nos pulsos um do outro, Jeno surrava os dedos para dentro de Renjun, e Renjun repetia os mesmos movimentos em Jeno. Ah, os gemidos, eles eram tão filhos da puta que estavam olhando fixamente para o visor da tela enquanto gemiam e faziam caras inocentes. Jeno gemia baixinho e arrastado soltando um “Nana”, “Jae”, já Renjun não poupava a voz, gemia alto “Jaemin” e mordia os lábios. O vídeo teve seu fim com os híbridos gozando juntos e gritando “Jaemin”.

— FILHOS DA PUTA. — esbravejou alto e bateu com as mãos na mesa. — Como eu vou voltar pra casa agora com essa benção no meio das minhas pernas? — perguntou para si mesmo e coçou a nuca nervoso. — Dá tempo de bater uma rapidinha, não? Esse híbridos me pagam.

Moral da história: nunca dê celulares a dois híbridos safados que podem lhe deixar duro no trabalho.


FIM


Notas Finais


desculpa qualquer erro, até a próxima~

bye~ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...