1. Spirit Fanfics >
  2. Cemitério das poesias não ditas >
  3. Refém

História Cemitério das poesias não ditas - Capítulo 3


Escrita por: EveeSteinhaus

Capítulo 3 - Refém


Tua boca não precisava de certezas

queria o toque, a frieza e a arte

a imensidão na janela da alma,

nossas mãos e o encaixe.

Eu me bastava, não era só "mais alguém"

você me desejava, 

não podia ser de mais ninguém,

então me agarrava, me beijava, 

degustava bem forte

chamava meu nome,

eu pensava "Deus, como pode?"

No desfecho tênue da noite

entre a certeza

e o talvez,

me queria apaixonado

e nas trincheiras do peito

eu cedi,


mais uma vez.













Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...