1. Spirit Fanfics >
  2. Cenários de Namorado - Naruto >
  3. Primeira vez... Rock Lee!

História Cenários de Namorado - Naruto - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


+18...

Quer cenários avisa ai, só não prometo data de entrega...

Capítulo 26 - Primeira vez... Rock Lee!


Terminei de lavar as roupas do moreno e as guardei no lugar. Rock Lee tinha saído em uma missão, ele voltaria em duas semanas, já tinham se passado os quatorze dias, ou seja ele voltaria hoje.

Porém por meio da águia do Sasuke, ele me informou que só chegaria de noite para o jantar. Lee não tinha ido sozinho nessa missão, aparentemente parecia mais uma reunião dos rapazes já que todos eles foram.

Vesti um vestido comum e sai de casa, hojê as meninas combinaram de ir nas fontes termais e depois ter um dia de beleza.

Andei até o ponto de encontro, quê era à casa da Ten Ten. Sakura e Ino já estavam lá, me aproximei delas e as comprimentei.

- Então... Estão pronta meninas?! - Ino gritou empolgada, logo Hinata e Temari chegaram.

- Sim! - falamos juntas. Conversamos sobre algumas coisas irrelevantes até chegar nas fontes termais. Entramos na sala e as meninas tiraram as roupas, comecei à me despir devagar, mesmo quê alí só tenha mulheres, ainda estava envergonhada.

- Uau... (S/n)-Chan, você têm um corpo tão bonito! - Ino elogiou, abri um sorriso para à outra.

- Verdade... Olha só esses seios, quero apertar! - Ten Ten veio em minha direção, mas Ino bateu nas mãos erguidas dela.

- Só o Lee pode apertar! - Ino falou para à castanha, senti minhas bochechas corarem.

- Eh... O tigelinha deve fazer bom proveito desse pedaço de mal caminho! - Sakura brincou, por um momento queria me esconder delas e de suas brincadeiras.

Porém estava envergonhada por nunca ter feito nada com o Lee, ao contrário do que elas estão dizendo.

- (S-S/n)-San... Você tem uma bunda bonita! - Hinata falou envergonhada igual à mim. Até mesmo ela tinha entrado no jogo.

- Me diga, (S/n) vocês dois já fizeram aquilo?! - Ino perguntou, minhas bochechas entraram em outro patamar de vermelho.

- N... N-não! - afirmei, as garotas me olharam espantadas.

- Mas vocês dois tem uma química e paixão tão grande um pelo outro... Achei quê já tivesse rolado algo! - Sakura, analisou com à mão no queixo.

- Não o Lee... Ele é muito... Podemos dizer respeitoso comigo e não faz nada quê manche minha boa índole! - elas não ficaram muito surpresas com esse fato.

Afinal a mesmas sabiam quê, o moreno não faria nada se eu não pedisse e obviamente não pedi. Não por vergonha de fazer o ato, mas por não achar meu corpo o suficiente para agradá-lo.

- Mas o quê importa é... Você quer fazer com ele?! - Ten Ten perguntou, olhei para os meus pés e balancei à cabeça para cima e para baixo, afirmando.

- Então porque não fizeram ainda?! - a castanha continuou, suspirei.

- Vamos entrar na fonte e eu vou explicar! - saimos dali e fomos para à sala úmida. Entramos na grande banheira de água quente da cor verde, e as meninas se reuniram a minha volta esperando a explicação.

- O único motivo de não termos feito nada é porque... Não acho meu corpo bonito para mostrar à ele! - todas se enfureceram.

- Não acha seu corpo bonito?! Você é linda (S/n)-Chan! - Sakura brigou comigo.

- Tenha mais confiança em si mesma mulher...! - Temari, jogou água em mim, um sentimento bom veio à crescer dentro do meu peito.

- (S/n)-San você tem um corpo tão bonito e se o Lee não gostar eu vou quebrar a cara dele e... - Hinata se calou, a mesma tinha mostrado um lado diferente para nós.

Pela primeira vez à vi com um pouco de raiva, suas mudança de humor normalmente acontecem quando ela está perto do Naruto.

- Obrigado garotas... Quer saber agora eu quero mesmo provocá-lo e mostrar à mulher quê sou! - abri um sorriso confiante.

- É assim quê se fala! - Sakura bateu no meu ombro.

- Certo... Então vamos começar com o básico... Primeiro você sabe como fazer um boquete?! - Ino perguntou, quase escorreguei com à sua pergunta descarada.

- Hã... Não! - Ino pensou em algo e depois concordou para si mesma.

- Tudo bem, vamos lá... Vou te explicar... Hã eu imagino quê você já tenha visto um pênis! - ela franziu a testa.

- Não pessoalmente... Mas por meio de livros e descrições, sim! - afirmei, minha vergonha já tinha se interrado em um buraco. 

- Certo... Hã... Primeiro você segura, obviamente! Depois mexa para cima e para baixo, garanta quê ele está excitado ao máximo... Em seguida lamba à glande, esse o lugar de mais prazer de um homem só perde para a próstata! - a loira explicou, Ten Ten invocou um pergaminho, um pincel e tinta e usou à borda da "banheira" como apoio para escrever.

Não perdendo nem uma dica da outra, as outras se apressaram em memorizar. Porém Hinata tinha afundado até o queixo na água, se sentindo constrangida.

- Coloque na boca até o maximo que conseguir, mas se não se sentir confortável não se obrigue... Use as mãos no resto e não esqueça das bolas.. Há e cuidado com os dentes, pode machucar! - a outra terminou sua explicação.

- Há e na hora de quicar... Tome cuidado, vai quê sem querer você quebra o pau dele! - Sakura adicionou, estava querendo me afogar com aquela água. Mas querendo ou não o assunto no momento é do meu interesse.

- Terminaram?! - perguntei, as mesmas concordaram.

- Há e... Acima de tudo, seja você mesma! - Temari adicionou, concordei com à cabeça.

- Bom agora nos vamos começa o spa... (S/n)-Chan vem nós vamos depilar você! - arregalei meus olhos.

(Quebra de tempo) P. O. V (Rock Lee) on...

Os caras se reuniram na beira da cachoeira para tomar um bronzeado. Não estava muito afim, mas como todos foram não iria ficar de fora e Naruto-Kun disse quê ia ser bom para minha força de juventude.

Eles tiraram as camisas, as calças e ficaram apenas de cueca e se deitaram espalhados na rocha fria da cachoeira, fiz o mesmo e me deitei no sol.

- Ai Idiota... Eu tenho mais gomos na barriga quê você! - Sasuke levantou, se exibindo para o loiro, quê estavam deitado de bruços, mostrando suas costas largas e exibindo sua bunda empinada.

Naruto virou à cabeça de perfil e abriu um sorrisinho, seus olhos azuis esbanjando deboche.

- Vai sonhando bastardo! - Naruto se levantou do chão exibindo seu corpo. O sorriso do moreno sumiu instantaneamente, o loiro possuia oito gomos em seu abdômen e Sasuke seis.

- Haha... Quando for desafiar alguém ao menos garanta que vai ganhar, se não vai ficar assim com essa cara mesmo! - Naruto apontou rindo para o rosto do outro, quê estava carrancudo.

- Meu bíceps é maior então! - o moreno dobrou o braço exibindo seu músculo, Naruto riu e se aproximou fazendo o mesmo movimento com o braço, nesse quesito os dois empataram.

Logo eles começaram um competição e na maioria das vezes Naruto ganhou, e eles continuam com à briguinha.

- Quer saber... Meu pau é maior quê o seu! - Sasuke colocou a mão em uma parte do seu corpo em específico.

- Pode apostar quê de mim você não ganha! - Naruto fez o mesmo.

- Vocês dois estão com tesão acumulado... Parem com isso, ta ficando chato...! - Shikamaru se pronunciou preguiçoso. Os dois se sentaram e continuaram chutando um ao outro.

- Então Lee... A (S/n) é bem gostosa, né! Ela deve ser boa na cama...! - Kiba deu uma risada. Me enfureci por dentro.

- Se falar dela assim de novo, de forma desrespeitosa vou ser obrigado à lhe dar uma surra! - bati o punho na palma da mão. Kiba ergueu as mãos no ar, em sinal de paz.

- Calma cara... Só tô falando! - Kiba tentou se explicar.

- Então porfavor... Evite falar! - me encostei denovo na rocha, com os braços de apoio na cabeça.

- Lee... Você é a (S/n)-Chan já vizeram?! - Shikamaru se pronunciou, todos se sentaram. Agora parecia quê assunto era de interesse.

- Fizemos o quê?! - perguntei, realmente confuso. Eles bufaram.

- Ele está perguntando se já fizeram sexo...! - Neji falou, o mesmo fechou o dedo de forma oval, com o indicador e o dedão e enfiou o outro indicador no meio.

Senti minhas bochechas arderem e um fino suor se acumular em minha testa.

- Não... Eu respeito à (S/n)! - tentei controlar o rubor em minhas bochechas.

- Isso à gente já intendeu Lee... Mas você quer fazer com ela?! - Shikamaru cruzou os braços.

- E-Eu... É... Bem sim! - admiti por vez.

- Finalmente adimitiu! - Naruto passou o braço por meu pescoço e esfregou meu cabelo, brincalinstantemente 

- Muito bem... Mas você sabe como fazer?! - Shino quê estava em um canto mais afastado, perguntou.

- ...Não...! - olhei para o chão, fingindo o achar muito interessante.

- Não é tão difícil, você só tem quê... - Naruto continuou falando.

(Quebra de tempo) P. O. V (Rock Lee) off

Depois de sairmos das fontes, as meninas me obrigaram à fazer depilação e hidratar os cabelos, fazer as unhas e etc...

Nos divertimos bastante, tirando algumas partes constrangedoras.

Agora no entanto estava sentada no sofá nervosa, esperando por Rock Lee. Hoje finalmente iria tomar à iniciativa com o moreno, tentei relexar um pouco.

Porém escuto à porta se destrancar e abrir.

- (S/n) estou em casa! - escuto à voz animada do moreno. Meu coração dispara, levanto rapidamente e vou em sua direção.

- Bem vindo! - pulo no mesmo, rodeando meus braços envolta dele. Lee também me abraçou fortemente, suas mãos se aventuraram até meu quadril e fiquei um pouco surpresa, porém estava gostando.

Ergo à cabeça e beijo seus lábios lentamente, sentindo o gosto e a suavidade deles. Afundo meus dedos em suas costas à apertando com um pouco mais de força.

- Como... Foi à sua... Missão?! - perguntei pausadamente, meus lábios encostando nos seus ao falar.

- Você quer mesmo falar disso agora, (S/n)?! - o moreno perguntou, beijei seus lábios denovo com um pouco mais de ferocidade.

- Não...! - voltei à beijá-lo, coloquei as mãos em seu pescoço junto com braços. Com um impulso rodeiei as pernas em sua cintura e Lee colocou as suas mãos na poupa da minha bunda, me segurando.

- Lee... Vamos para o nosso quarto, sim! - sussurrei em seu ouvido, vejo os pelos em sua nuca se eriçarem. O moreno sobe as escadas nos levando ao nosso quarto.

Rock Lee abre à porta com um chute e rapidamente o mesmo me deitou na cama, subindo em cima de mim no processo.

O moreno segura levemente os meus pulsos acima da cabeça, o mesmo desce sua cabeça e passa à ponta gelada do seu nariz na curvatura do meu pescoço me causando arrepios.

- (S/n)... Você quer mesmo faze isso comigo?! Sabe... "Lee"...! - o interrompo, biquei rapidamente seus lábios.

- Lee eu quero fazer isso com você! - as bochechas do outro ficaram rosadas. Me virei na cama e sentei em cima da sua virilha volumosa, coloquei os lábios em seu pescoço, o chupando.

Minhas mãos foram na gola da sua roupa e sem paciência rasgo à mesma, deixando o outro semi-nu. Desci minha cabeça indo deixando uma trilha de beijos para trás, abocanhei seu mamilo rosado, o chupando e novamente desci.

Lee era extremamente musculoso, mesmo quê já tenha o visto sem camisa, sempre fico surpresa. Arranhei levemente seus gominhos bem levantados e sua trilha de pelos no umbigo se levantaram com um arrepio.

- (S/n)... Porfavor! - o outro estava afundando sua cabeça no travesseiro macio. Abri um sorriso e coloquei os dedos na barra da sua cueca verde escuro, entrei a ponta do dedos e sai novamente.

- Porfavor o quê... Lee?! - perguntei, com um sorriso.

Minha outra mão subiu por sua coxa torneada, meu dedão subiu fazendo uma linha vermelha se estender por sua coxa até a parte interna da sua coxa. Levemente coloquei à mão em seu membro ereto, quê estava sendo apertado para o lado, pelo elastico da cueca.

- Porfavor... Me...! - o mesmo mordeu o dedo, se reprimindo de falar.

- Não vou poder fazer, se você não me dizer o quê você quer! - apertei seu membro por cima da cueca, fazendo o tecido se molhar.

- Eu... Quero... Quê você me chupe (S/n)! - Lee arregalou os olhos, ele ficou envergonhado pelo que havía dito. Dou uma risadinha.

- Me desculpe pelo meu comportamento (S/n)... Você não precisa fazer isso, vou fazer quinhentos flexões como punição! - o mesmo tenta se levantar, porém o prendo novamente na cama. Coloco as mãos no tecido da sua cueca e a deslizo para baixo, liberando seu pênis.

Rock Lee era grosso e era levemente entortado para à esquerda. O mesmo era de uma cor intensa de vermelho, subindo até sua glande bulbosa, de sua pequena fenda escorria um líquido pérolado.

Como esperado Rock Lee tinha uma trilha de pelinhos negros, quê paravam no começo do seu eixo. Segurei em seu pau e seguindo as dicas da Ino, deixei um beijo na glande.

- Ann... (S/n)! - Lee subiu para cima com um espasmo. Coloquei à glande na boca e logo coloquei o resto, o colocando até o fundo da minha garganta.

- (S/n)... Sua boca e tão quente... É tão bom! - Rock Lee estava apertando os lençóis com os dedos. Subi e desci o pescoço, sugando seu membro com força, usando à lingua como apoio.

Minha mão foi ao resto do seu membro, o masturbando e a outra mão livre foi aos seus testículos. Os massageie com cuidado, as vezes estava me afogando com o comprimento do outro mas logo acabei me acostumando.

- Pare... Porfavor... Se não eu vou vir... Em sua... Ahh! - Lee soltou seu líquido quente em minha boca, me forcei à engolir seu sêmen salgado e limpei os resquícios quê escaparam por entre meus lábios.

- (S/n)... Me desculpe, eu não queria... Me desculpe! - o mesmo se curva na cama, o levanto e coloco à mão em sua boca à tampando.

- Está tudo bem... Você tem um gosto bom Lee! - o moreno ficou vermelho, me sentei em seu colo. Seu membro encaixou em minha feminidade, rebolei no mesmo causando atrito em nossas partes.

- (S/n)... Eu não deveria... É... Chupar você também?! - Lee pergunta vermelho, beijo o seu pescoço, ainda me movimentando.

- Fica para à proxima... Agora eu quero seu pau dentro de mim! - segurei em seu membro e sentei de uma vez. A dor era suportável mas ainda sim causava um leve incomodo.

- (S/n) você está bem... Eu posso sair... Se você quiser! - Lee segurou em minha cintura, evitando se mexer para não me machucar.

- Não... Se mexa Lee... Me mostra seu poder de juventude! - brinquei, inesperadamente Rock Lee começou à se mexer com velocidade. Adentro seu membro ainda mais fundo dentro de mim, minhas pernas apoiaram no colchão o ajudando.

- Ahh... Lee...! - mordi seu ombro, arrancando um pouco de sangue. O moreno começou à entrar com ainda mais força, as estacas de madeira da cama estava estalando à cada estocada do outro.

- Esta vindo Lee... Ahh! - soltei meus líquidos em seu membro, minhas paredes apertaram ainda mais seu pau. -

- Ahh... (S/n)! - alguns segundos depois Lee gozou também.

- Vamos trocar de posição...! - Lee me virou rapidamente e me deitou na cama, ele se empurrou para dentro denovo. Umas das minhas pernas foram aos seus ombros, à mão do outro segurou na cabeceira da cama.

- (S/n)! - ele chamou, me forcei à responder.

- Sim?! - Lee não parou nem por um segundo e por ainda estar sensível, não demoraria muito para gozar novamente.

- Quero engravida-la! - sem tempo para mim responder, o mesmo adentrou sua língua em minha boca. O mesmo atingiu meu ponto G e novamente acabei vindo.

- Ahh... Você é tão linda, (S/n)... Vou amar você pro resto da minha vida! - Ele veio novamente, mais uma onda quente de sêmen me preencheu e escorreu por minha perna e sujou os lençois.

Derrepente sinto meu corpo sair do quente e macio e ser precisonado no frio e duro. Lee tinha me colocado de costas na parede, o mesmo se colocou atrás de mim e segurou meu quadril.

- Nos deveríamos ter experimentado isso antes...! - Lee me adentrou denovo e passou à se mexer novamente. Minhas mãos se apoiaram na parede fria, Rock Lee estava gemendo rouco no meu ouvido, me deixando novamente proxima de libertar.

- (S/n)...! - o mesmo me segurou mais forte pela cintura e acelerou seus movimentos. Seus pelinhos estavam me fazendo cócegas, seus testículos batiam em minha virilha, fazendo barulho.

- Lee... Vou gozar! - avisei, o mesmo apertou meus seios com força, sinalizando quê ele também estava perto.

- (S/n)... Ahh! - o mesmo me preencheu novamente com sêmen, minhas pernas cederam e antes quê fosse ao chão, o moreno me segurou e me deitou na cama quente.

- Descanse minha rainha... Temos uma longa noite! - o mesmo piscou para mim, arregalei meus olhos.

- Lee... Como tem energia ainda?! Você ja veio quatro vezes...! - o outro riu.

- Esse é o poder da minha juventude! - ele deu risada. 

(Bônus)

Sakura, Ten Ten, Ino, Temari, Hinata, Shino, Chouji, Shikamaru, Kiba, Naruto, Sasuke e Neji foram na casa do Lee. Os mesmo queriam comemorar o sucesso da missão mas eles não esperavam quê Lee e (S/n) fossem colocar em prática a dica deles hoje.

- Ei à porta está aberta... Vamos entrar! - avisou Ten Ten, todos entraram na casa. Tudo estava organizado porém ao entrar mais adentro na casa, eles começaram à escutar os barulhos.

- (S/n)...! - uma voz rouca foi ouvida do segundo andar.

- Lee...! - outra voz veio o acompanhando.

- Há não... Porque senhor... Meus tímpanos! - Sasuke caiu no chão se encolhendo.

- Eu to morrendo... Sombracelhudo porque?! - Naruto caiu em cima do Sasuke.

- Uau... O Lee ele é muito bom! - Kiba riu, Akamaru latiu lá de fora.

- Oe... Ameba levanta ai...! - Sasuke chutou um Naruto imóvel.

- A (S/n) seguiu nossa dicas... Hehe! - Ino bateu o punho na palma da mão sorridente.

- É isso ai Lee...! Viu aprendeu comigo...- Neji deslizou as mãos pelo seus fios sedosos.

- Ata... Foi eu quem disse o quê ele deveria fazer! - Shikamaru apontou pra si.

- Seu rabo grande... Foi eu! - Neji bateu no ombro do outro. Shikamaru se irritou e pulou em cima do outro, os dois rolaram o chão.

- Vai ameba... Levanta! - Sasuke empurrou Naruto que acabou se caindo pesadamente em cima do outro.

- Para de me chutar quê eu levanto! - Naruto bateu no peito Sasuke, o mesmo devolveu e lá começou uma nova briguinha.

- Para com isso...! - Naruto bateu no outro.

- Aii... Meu saco idiota! - ele devolveu no outro.

- Aii... Meu pau! - Naruto tentou enforcar o moreno, porém dos dois acabaram rolando no chão.

- Ahh... Eu vou arrancar seu pau! - Sasuke gritou.

- Tenta... Quê dai eu faço você engolir! - Naruto bateu no outro. Todos estavam olhando os dois.

- Devemos separá-los?! - Neji apontou, todos fizeram quê não juntos.

- Em briga de marido é mulher... Ninguém mete à colher! - Shikamaru falou.

- Mais quem é a mulher?! - Shino perguntou, todos analisaram com à mão no queixo.

Enquanto isso no quarto...

- Lee... Você está usando os pesos?! - perguntei, Lee pulou e ficou em pé.

- É verdade tinha esquecido... Vou tirar! - ele se abaixou para tirá-los.

- NÃO! - gritei. 


Notas Finais


Desculpa qualquer erro! \(☆o☆)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...