1. Spirit Fanfics >
  2. Ceo. >
  3. Capítulo 25

História Ceo. - Capítulo 26


Escrita por:


Capítulo 26 - Capítulo 25


 

Enfim, a terça-feira chega e a expectativa para rever meus pais mais tarde está a mil. Estes dias, Jimin tem andado muito estranho, um tanto misterioso quando fala ao telefone, disfarçando diversas vezes quando me aproximo dele. Alguma coisa esse homem está aprontando e rezo para que seja coisa boa. Tudo está tão perfeito entre nós que chego a sentir medo de que algo possa vir e estragar. Meu celular vibra sobre a mesa. Mesmo sabendo que meu CEO está apenas há alguns andares acima, sempre corro quando chega mensagem. Recebo muitas dele.  Às vezes, ele manda apenas uma frase carinhosa que faz o meu dia. Outras, se trata de um teor digamos... mais sexual que tem o poder de me aquecer instantaneamente. Poucas vezes, são assuntos cotidianos.

Eu amo cada uma delas porque reflete perfeitamente a nossa necessidade de estarmos juntos o tempo inteiro mesmo quando não é possível estar cara a cara. Mas desta vez, não é ele. Meu celular me avisa a chegada de um e-mail.


DE: UNIVERSIDADE SEOUL *

PARA: JEON JUNGKOOK 

ASSUNTO: VAGA PARA UNIVERSIDADE 

Prezado Jeon. 


Temos a honra de lhe informar que após uma seleção interna na qual vários quesitos dos estudantes de fotografia foram avaliados, o Sr. encontra-se entre os finalistas para ocupar uma vaga na faculdade como aluno de fotografia. Se houver interesse, favor entrar em contato com seu orientador para maiores informações.


Oh, meu Deus, eu não consigo acreditar no que está diante dos meus olhos. Sempre sonhei em passar na faculdade dos meus sonhos! Será que estou prestes a alcançar esse sonho? Tiro um print do e-mail, guardo o álbum de Jennie que ainda está em processo de revisão e corro para o escritório de Jimin, rezando para que ele esteja sozinho. Felicidade é um sentimento que precisa ser compartilhado. Dou três batidas na porta, mas já vou entrando antes de ouvir um convite. Péssima decisão. Ele está reunido com um senhor e, quando percebe minha chegada, levanta a visão sem abrir o sorriso receptivo que já estou viciado em ganhar.

— Desculpe, Sr. Park. Eu... eu volto outra hora. Merda, Jeon. Desde quando você começou a ser tão impulsivo assim? Faço o mesmo caminho pelo qual entrei, pronto para bater a porta atrás de mim, quando Jimin me chama com voz autoritária. Ele está totalmente no modo CEO.

— Fique, Jeon.

Volto a entrar na sala completamente constrangido, fazendo uma nota mental de ligar para Jimin antes de invadir sua sala desse modo novamente.

— Não atrapalho? Eu não sabia que estava em reunião.

— Para você, eu sou sempre Jimin e não, você nunca atrapalha. Como ele consegue transmitir tanta intimidade sem mudar seu tom imperial?

— Como vai? — o homem, que deve estar se aproximando da casa dos cinquenta, levanta me oferecendo sua mão com um sorriso gentil no rosto. — Sou Chan-yeol e você deve ser Jeon Jungkook, estou certo?

— Você é... Park Chan-yeol ? — Deus, devo parecer cada vez mais patético. — Parabéns, suas obras são muito boas.

— Obrigado.. Todos os colaboradores são muito importantes para o meu sucesso. Eu poderia passar o dia todo conversando com ele apenas sobre isso. Acontece que outro objetivo me leva até aquela sala.

— Chan-yeol já estava de saída quando você chegou — Jimin me dá um vislumbre de seu sorriso estonteante. — Ele virá aqui outras vezes, uma vez que estará lançando outro produto conosco.

— Sim, e espero que a editora tenha outras funcionários tão bonitos quanto você... — ele pisca para mim, sabendo que estou sendo observado de perto. — Cheguei tarde demais. Jimin o viu primeiro. Ele se vira na direção do meu namorado que não demonstra qualquer reação ao que ele acabou de dizer. Não é típico de Jimin ficar impassível, então acho que ele entendeu a brincadeira. Ambos se despedem e depois de um aceno, eu estou sozinho no escritório com ele.

— Sentiu minha falta, lindo?

— Sempre, meu CEO. Acontece que esse não é o motivo pelo qual estou aqui.

— Não? E eu aqui pensando que todas as vezes que você vinha ao meu escritório sua única intenção era de usar esse corpo aqui. Já começava a me preocupar de ser visto por você como um simples objeto sexual. — ele brinca.

— Bem, se você não fosse tão tentador e me fizesse esquecer todos os motivos pelo qual eu venho até sua sala, eu poderia vê-lo como um homem de conteúdo. Especialmente na cabeça de cima, se é que me entende. Ele dá a volta em sua mesa e estreita nossa distância quando me agarra pela cintura. 

— Eu posso ter muito conteúdo se não tiver uma boa distração. 

— Está vendo sobre o que estou falando? Ele deposita um beijo no meu pescoço. Me derreto com seu contato, precisando de muito esforço para me desvencilhar de seus braços. 

— Estou vendo que desta vez não estou conseguindo ser convincente o suficiente. Por que está aqui, Jungkook?Tenho certeza de que ostento um sorriso do tamanho do mundo agora.

— Advinha o que chegou para mim? — entrego o celular para ele.  É um e-mail da universidade. Jimin lê concentrado, seu sorriso se abrindo como um lindo sol num dia de verão. Ele está claramente feliz por mim. Tem como não amar este homem?

— Que maravilha! Parece que alguém está a apenas alguns passos de realizar seu grande sonho. Parabéns, meu amor. 

Amor. É a primeira vez que ele me chama de amor. Quantas surpresas mais este dia me reserva? 

Um pensamento rápido passa por minha cabeça e a pergunta foge da minha boca antes mesmo que me dê conta. Eu quero galgar cada passo da minha carreira com minhas próprias pernas. É uma questão de honra.

— Não tem dedo seu nessa história, não é mesmo?

Ele fica sério outra vez e me xingo mentalmente por quebrar o clima de celebração de agora há pouco.

— Eu quero que entenda uma coisa, Jeon. Eu seria capaz de usar minha influência para te dar o mundo se fosse preciso, mas eu sei o quanto é importante para você conquistar seus sonhos por esforço próprio e eu respeito isso. Nunca ultrapassaria um limite exposto por você.

— Obrigada. 

Meu namorado é todo sorrisos novamente, o que me leva a pensar se é possível que me apaixone por ele mais uma vez. 

— Estou orgulhoso de você. Acho que devíamos sair para comemorar qualquer hora dessas. Não é hoje que seus pais chegam? Droga, meus pais. Falei com minha omma pela manhã, mas esqueci completamente de ligar pela tarde. Olho para o relógio. São três em ponto e ainda falta algum tempo até que cheguem. Mesmo assim preciso de notícias sobre a viagem.

— Sim, eles chegam daqui a pouco. Eu vou ligar para minha omma.

Pego meu celular da mão dele e começo a discar. Jimin está com ar despojado, ao mesmo tempo misterioso, recostado contra a mesa enquanto gira seu brinco na orelha como se avaliasse minhas reações. Um, dois, três toques depois, ela atende com um tom de voz relaxado.

— Alô, Jeon.

— Oi, omma. Desculpe não ter ligado antes. Eu estava um pouco ocupado.. Está tudo bem na viagem? Ouço risos do Sr, Jeon do outro lado da linha que entendo como um indicativo de que eles estão bem. Ainda assim preciso ouvi-la falar.

— Filho, já estamos instalados em seu apartamento. O namorado de seu amigo... como é mesmo seu nome, garoto? — uma voz familiar responde baixinho. — Ah, Taehyung. Ele nos recebeu muito bem e mostrou onde será nosso quarto. A que horas você estará aqui? Tae? Se ele está lá, provavelmente foi enviado por Hope que ainda tem a chave do apartamento, mas está muito ocupado para recepcioná-los. Como meus pais entraram em contato com ele?

 O quê? Mas vocês não chegariam só às cinco? Ainda estou no trabalho, omma.

— Não se preocupe, querido, não precisa se apressar. Com um carrão daqueles que você mandou é claro que chegaríamos rápido. Agradeça ao seu chefe por nós. O motorista dele foi muito simpático.

Jimin.

Meu namorado. 

Sr. Sublime. 


Meu CEO estava tramando esse tempo todo um modo de trazer meus pais mais rápido e seguros para perto de mimEu não sei se o encho de beijos ou se armo uma batalha por manter segredo. Definitivamente, estou mais propenso à primeira opção.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...