1. Spirit Fanfics >
  2. C.E.O ( Traição) Imagine Jeon Jungkook Hot >
  3. Temporada 1 Episódio 5 - A Morte.

História C.E.O ( Traição) Imagine Jeon Jungkook Hot - Capítulo 6


Escrita por: MissBunny788

Notas do Autor


♔Plágio é Crime 🚫♔

♔Não tenho nenhuma intenção de ofender os idols citados.♔

♔Conteúdo totalmente fictício, nada é real!♔

♔Conteúdo, simplesmente de fã para fã!♔

♔Se não gosta desse tipo de conteúdo, não leia!♔

♔Se for se inspirar na minha história, de os devidos créditos.♔

♔Não autorizo cópia das minhas capas.♔

♔Seja criativo!♔

♔Bom meus amores, não esqueçam de comentar. Aceito críticas construtivas♔

Capítulo 6 - Temporada 1 Episódio 5 - A Morte.


Fanfic / Fanfiction C.E.O ( Traição) Imagine Jeon Jungkook Hot - Capítulo 6 - Temporada 1 Episódio 5 - A Morte.

ANTERIORMENTE


Jimin: Bom a sua filha...


CONTINUAÇÃO


                    JIMIN ON

Fizemos os procedimentos e a cirurgia ocorreu bem, porém o estado da S/N ainda era grave.

Estou muito preocupado com ela e com o bebê, não sei por que mais eu sinto que devo proteger ela e o filho(a). Assim que terminamos a cirurgia, eu tirei as luvas, e peguei a prancheta, e comecei a fazer as marcações sobre a cirurgia da S/N, saindo da sala e indo direto falar com a família dela. Quando eu cheguei perto vi uma Sra. chegar perto de mim e perguntar sobre a S/N, percebi que era a mãe dela, então eu me pronunciei.


Jimin: Bom a sua filha... O estado dela ainda é grave:.- disse.


S/M: Como assim Dr. ela vai morrer?.:- perguntei.


Jimin: Não sabemos ainda Sra., o que eu tenho para dizer, é que a gravidez da paciente S/N, é uma gravidez de risco. E ela pode perde o bebê, porém a sua filha também, quase ficou tetraplégica, então foi uma cirurgia muito delicada. Devemos esperar ela acorda, para que possamos fazer os exames nela. E ver como ela está. Bom se a Sra., me der licença, irei ver os outros pacientes:.- disse.


S/M: Okay!. Obrigada Dr. Park.:- disse dando um sorriso fechado.


Me afastei dos pais da S/N, e eu fui em direção a sala dos outros pacientes.

                   Jimin OFF


                Jungkook ON

Vi que o médico que fez a cirurgia na minha esposa, estava falando com a minha sogra. Tentei escutar algo, porém não consegui, depois que ele se afastou, eu cheguei perto da minha sogra perguntando o que aconteceu com a minha amada.


JK: Então o que aconteceu com a S/N?.:- perguntei, esperando uma resposta, estava bastante aflito.


S/M: Bom Parabéns, o estado dela ainda é grave, quase que ela ficou tetraplégica, por sua culpa e culpa da sua secretária, eu juro Jungkook, se ela ficar na cadeira de rodas, eu faço a sua vida um verdadeiro inferno.:- falei, bom eu sabia que ele deveria saber sobre o seu filho(a), que a S/N está esperando, porém eu não irei contar, quem deve fazer isso é a S/N, então iremos esperar ela acorda.


JK: O que?. Não pode ser?.:- falei. Me sentindo muito culpado, por ter feito ela quase ficar tetraplégica, porém eu não irei sair daqui desse hospital, até que ela esteja bem, e acorde.


                Jungkook OFF


                        Q.D.T

 

                      S/P ON

Já estávamos mais de 14 horas na aquele hospital, esperando notícias da minha filha, e nada. Esse silêncio já estava me matando. Cheguei perto da minha esposa a abracei, passando conforto a ela. E disse.


S/P: Meu amor, vai ficar tudo bem. Ela é forte:.- disse.


S/M: Espero mesmo, espero que ela fique bem, não vou aceitar. Perder a minha filha, por causa do Jungkook.:- falei.


S/P: Calma, meu amor, calma, tenha fé e vamos confiar em Deus, e deixar ele fazer o melhor para a nossa filha:.- falei.


                      S/P OFF


                    Jimin ON

Fui em direção a minha sala, quando eu estava chegando perto da porta, ouvi uma das enfermeiras me chamando, falando que a S/N, estava com complicações. Fiquei desesperado, larguei o que eu ia fazer e fui direito, para o quarto que ela estava, quando eu cheguei lá. Vi que os seus batimentos cardíaco, estava muito alto, e estávamos quase perdendo ela.

Chamei os meus enfermeiros para, fazer os procedimentos, e tentar controlar os seus batimentos, porém nada estava funcionando. Do nada a sala ficou em silêncio, e o monitor cardíaco começou a apitar, indicando que ela tinha acabado de falecer. Começamos a fazer a reanimação, mas não estava funcionando. Olhei para minha equipe e disse.


Jimin: Fizemos um bom trabalho:.- disse, com voz de choro.


Enfermeiro: Fizemos o que podíamos Sr., mas Deus sabe de tudo e isso foi o melhor para ela:.- falei.


Jimin: É Deus sabe mesmo, bom eu vou avisar a família sobre o falecimento da paciente.:- disse.


Enfermeiros: Okay!.:- dissemos em uníssono.


Saí da sala da paciente, indo em direção a sua família. Quando eu cheguei perto, percebi que a mãe da S/N, o pai, os seus sogros, e um moço jovem, na faixa de 25 anos, acho que era o marido dela, vieram tudo correndo na minha direção, perguntando como a S/N estava, eu olhei para eles e disse.

Jimin: Bom não tenho notícias, muito boas...:- fiz uma cara de choro e a mãe da S/N perguntou.

S/M: O que aconteceu com a minha filha ?.:- perguntei.

Jimin: Bom a paciente Jeon S/N, acabou de falecer, fizemos tudo o que podíamos, porém ela não resistiu, com licença.:- disse.


                      Jimin OFF


                   Jungkook ON


Não acredito, não pode ser verdade, não, eu não posso perder a minha esposa, a minha garota. Olhei para o céu e disse.:- Meu amor, me desculpe, me desculpe por favor. Saiba que eu te amo, e sempre vou te amar.


Olhei para o pai da S/N que vinha na minha direção, e me deu um soco no rosto e disse.


S/P: EU TE ODEIO, EU TE ODEIO JUNGKOOK, EU PERDI A MINHA ÚNICA FILHA, A MINHA ÚNICA GAROTINHA, POR SUA CULPA, POR CULPA DA SUA TRAIÇÃO, ME RESPONDE, POR QUE O PORQUE VOCÊ FEZ ISSO COM ELA?:.- Gritei, dando socos no rosto o Jungkook.


JK: Eu não sei o por que eu fiz isso com ela, me perdoa:.- disse.


                 Jungkook OFF


                   Sra/Jeon ON


Eu decidi, fazer um velório digno a S/N, afinal ela merece, ela era uma moça linda, delicada, fofa, inteligente. Ela era tudo o que uma sogra queria, para ser a mulher do seu filho. Então eu fui ajudar a mãe da S/N preparar a papelada.


S/M: Não precisa fazer isso.:- falei para a Sra. Jeon.


Sra./Jeon: Preciso sim, eu quero fazer isso, a S/N foi como uma filha para mim, e ela merece um enterro digno.:- falei.


S/M: Obrigada, muito obrigada mesmo:.- falei.


                 Sra./Jeon OFF


                     Jimin ON


Depois que a S/N morreu, eu resolvi ir para a minha sala novamente, porém parei quando a minha equipe de enfermagem me chamou, e falou que eu tinha que ver uma coisa que nem eles, estavam acreditando.

Assim que eu entrei na sala que a S/N estava, vi que o monitor, começou a funcionar, e vi que ela abriu os olhos e olhou para mim e disse.

                    Jimin OFF


                     S/N ON


S/N: Dr. onde eu estou ?.:- perguntei a ele.


Jimin: Olá você está no hospital, eu irei chamar os seus pais:.- disse, quase saíndo da sala. Mas parei quando eu escutei a S/N me chamar.


S/N: Por favor não, eu lhe peço não faça isso:.- disse.

Jimin: Por quê?:.- perguntei. E disse.:- Os seus pais, sogros e o seu marido precisa saber, que você está viva novamente.


S/N: Como assim viva novamente ?.:-perguntei.


Jimin: Você morreu a cinco minutos atrás e voltou a vida.:- disse.


S/N: Não é melhor deixar assim, ninguém precisa saber que eu estou viva, afinal eu fui traída, e não quero ver o meu ex-marido aqui na minha frente.:- disse.


Jimin: Então como você quer fazer isso ?:.- perguntei e disse:.- Isso pode dá um B.O e daqueles


S/N: Simples, no meu enterro, o caixão ficará fechado, por favor Dr.?.:- perguntei a ele, juntando as minhas mãos, e pedindo a ele, com uma carinha fofa.


Jimin: Tudo bem Sra. se você quer desse jeito, faremos desse jeito, mas depois eu preciso falar com você:.- disse.


S/N: Tudo bem Dr. Obrigada:.- dei um sorriso a ele, e ele retribuiu com um sorriso, saindo da sala.


                    Jimin OFF

     

                      S/N ON


Nossa que estranho, não sei por que, mas eu sinto que eu conheço ele de algum lugar, será?... Acho que não, acho que eu devo estar ficando louca...

                       

                       Q.D.T


O Dr. Jimin voltou, e me perguntou como eu estou, eu disse que eu estou bem, então eu perguntei a ele. Como o meu bebê está e ele me disse.


Jimin: Bom Sra. o bebê está bem, porém a sua gravidez é de risco, você vai ter que ficar internada, por um tempo.:- disse.


S/N: Uffa que bom, bom eu irei tomar, todos os cuidados possíveis, obrigada Dr.:- disse e continue:.- Bom o que o Sr., queria conversar comigo?.:- perguntei.


Jimin: É... eu acho que eu estou ficando louco, mas...


Continua...


Meus amores, me desculpem por qualquer erro ortográfico, eu li e reli 4 vezes, então me desculpem se vocês acharem algum errinho tá?. Beijos 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...