História Certo e Errado (Larry Stylinson) (2K17) HIATUS. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Larry, Stylinson
Visualizações 54
Palavras 1.566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Capítulo Dezenove.


Louis.

Antes de ir para a reunião, dei uma passada no banheiro, apenas para ajeitar o cabelo. Na verdade, nem estava desejando entrar naquela sala, seriam mais três horas de falatórios sem pausas, seria um saco.

Parei em frente ao espelho e suspirei. E pensar que tudo isso depois me daria em uma dor de cabeça grande. Estava com a sensação de que fui infiel, aquilo foi algo anormal, já não consigo me sentir o mesmo de antes.

Abriram a porta do banheiro e me peguei num susto. Suspirei, percebendo ser Patrick.

‘’Ah, você também veio arrumar o cabelo, não é?’’

‘’Sim. ’’ O analisei andar até meu lado e se encarar no espelho. Ele era bem bonito, não tanto quanto meu Harry, mas sua fisionomia era muito perfeita. Os olhos castanhos e intimidadores eram o que mais chamavam a atenção, ainda mais quando se viraram para mim bruscamente. Não me dei por vencido, em segundo algum desviei o olhar, ficamos nos encarando por alguns segundos, até que fui pressionado por seu corpo levemente na parede gélida.

‘’O que pensa que está fazendo?’’

‘’É rápido, querido, vamos nos divertir um pouco, não consigo te tirar da cabeça desde ontem.’’ Meu Deus, isso não pode estar acontecendo.

‘’Mas e o Marcus? E seu relacionamento? Não creio que ele concorde com isso. ‘’

‘’Ele não precisa saber de nada o que acontecer aqui, certo? Vai ser rápido. ’’ Quando me dei conta, Patrick agarrou-me pela cintura e me fez sentar sobre o mármore da pia. Ficou entre minhas pernas e iniciamos um beijo calmo, não relutei contra aquilo, apenas assenti ciente de que isso não adiantaria em nada.

"Seus lábios são doces... Do jeito que imaginei quando te conheci."

''Pensei que você me odiasse. '' Acariciei suas bochechas macias com a ponta dos dedos, o olhar fixo em sua boca bem chamativa e quente.

 ''Nunca, mas pelo visto te perdi para o Harry, hm?''

''Lamento sua perda. '' Ele voltou a me beijar, de uma forma que nunca fui tocado em toda minha vida, era um beijo lento, caloroso, então ergueu minha camisa rapidamente, passando os beijos para a barriga.

"Espera, tenho certeza que o Harry irá acabar sentindo sua falta e virá te procurar aqui, vamos para minha sala.” Ele baixou minha camisa e me puxou para descer da pia de uma vez.

'Mas nós temos uma reunião!''

 ''E quem se importa com isso? Estamos aqui para nos divertimos!'' Andamos para fora do banheiro, ele segurava em meu pulso, talvez não querendo que eu pudesse me soltar, mas logo escorregou a mão até tocar a minha e entrelaçá-las.

Ele tinha um escritório privado apenas para si. Nele, havia quadros chiques pelas paredes, uma escrivaninha rústica com luminária embutida, algumas prateleiras contendo livros e documentos, confortáveis poltronas sobre um tapete cor mercúrio. Apagou as luzes e deixou apenas o sol entrar pelos feixes das persianas, deixando todo o ambiente pouco iluminado. Nos beijamos novamente, suas mãos tocavam as laterais de meu corpo até eu estar contra a parede novamente. Arfei contra seus lábios, puxando seu corpo contra o meu com vontade, já sentindo sua ereção tocar sobre minha barriga.

''Vamos, me diga o que deseja. '' Sussurrou contra meu ouvido. Por Deus, ele era o demônio quando se tratava de provocações. Já cheio de excitação e não ligando para mais nada, agarrei os cabelos em sua nuca e aproximei a boca de seu ouvido, prestes a dar o troco.

''Me chupe. ''

Ele sorriu e logo suas mãos tratavam de desabotoar a minha calça, apressado, cheio de vontade, ele olhou fixamente para mim, se ajoelhando em minha frente. Abaixou minha calça na altura de meus joelhos e passou a lamber minha forte ereção com sua língua, ainda por baixo da cueca. Em uma de suas leves mordidas acabei gemendo pela dor, ele sorriu assistindo a minha situação.

''Está gostando?'' Não fiz a menor questão de responder, apenas gemi manhoso quando novamente, aqueles lábios lindos e carnudos voltaram a tocar-me. Num piscar de olhos, já estava sem roupa da cintura para baixo, e Patrick pôs a metade de meu pênis dentro de sua boca, sugando vagarosamente. Puxei seus cabelos num reflexo, boquiaberto com tamanha experiência. Porra, Marcus deve ser muito feliz.

''Oh meu Deus!'' Gemi num reflexo quando sua mão separou minhas pernas, e escorregou por entre elas, até dois de seus dedos tocarem minha entrada.

"Você é tão gostoso... Porra, que delicia." Ele continuava seus movimentos, quando, um toque de celular pode ser escutado, que não era o meu. "Marcus, por que você é tão preocupado?"

 "N-não atenda!"

 "Está louco?" Ele tirou suas mãos de mim, me fazendo gemer pela falta de contato. Pegou o celular de seu bolso, atendendo logo em seguida. Ligou o viva-voz e o colocou em cima de mim, voltando a tocar em minha ereção. Mordi os lábios e em seguida tapei a boca para não gemer e nos entregar. ''Oi, Marcus... Ah, a reunião. Eu tive um imprevisto, acho que não poderei ir. '' Enquanto as vozes ecoavam ao outro lado da linha, agora ele beijava meu pescoço e o sugava, provavelmente deixando várias marquinhas por minha pele.

''Ok, também não estou a fim de ir, então vou pra sua sala, podemos nos divertir.''   

''Não, pelo amor de Deus. Não estou lá agora. '' No desespero, quis me livrar dele e sair rapidamente dali, mas Patrick interviu, prendendo-me pelo pulso.

''E onde você está então?''

''Sabe que nem eu sei? Preciso desligar agora. '' Encerrou a ligação e jogou o celular em qualquer canto.

"Ele pode vir aqui atrás de você...”

"Ele não virá." Me puxou para uma das pequenas poltronas da sala, onde me empurrou com toda força.

''Não se preocupe com nada, Louis. '' Enquanto isso passou a chave na porta, a trancando. ''Ninguém irá nos incomodar a partir de agora. '' Tirou o cinto da calça, sensual, e veio até mim. ''Estenda os pulsos. '' Rapidamente fiz, e ele os prendeu de uma maneira que não fosse possível soltar. ''Agora se vire para mim. '' Me virei de costas para ele, expondo todo o meu corpo nu, empinando a bunda ao máximo que podia.

 "Ah... Isso dói." Gemi ao receber um forte tapa de suas grandes mãos em meu traseiro.

''Pensei que amasse, pois ontem nem você nem o amor da sua vida reclamaram. ''

''Perdão? Ele costuma me bater com mais força. OH!’’ Recebi um tapa com o dobro da força, fez-me jogar o quadril para trás ainda mais. Seus dedos voltaram a me roçar, de uma maneira provocante, tudo em mim estava extremamente arrepiado.

“Harry deve-te foder com toda a força não é”? Sua puta... Imagina se ele sabe o que estamos fazendo aqui. ’’

''Se concordou em me dividir uma vez, terá que concordar na segunda, hm? Tente fazer melhor que ele, se for capaz, e duvido muito que seja. '' Provoquei, balançando o quadril levemente. Ele abaixou sua calça juntamente da cueca, seu pênis projetou para fora, duro e excitado.

“Olhe para isso”... Nem Marcus nunca me fez explodir de desejo dessa maneira. ‘’

''Jura? Uau, um dia ainda estava desejando fodê-lo, mas suas palavras me fizeram perder as esperanças. ''

''Porra, eu adoraria foder vocês dois juntos, deve ser excitante demais... Vamos marcar, hm?'' Seu pênis roçou em minha lombar, gemi com as sensações, tentando soltar os pulsos.

"Isso está me machucando."

 "Cale a boca, porra, quero ouvir apenas os seus gemidos."

''Hmm... '' Gemi manhoso quando apenas sua glande me invadiu, quente e macia, não me contive ao contorcer todo o corpo em prazer.

"Mais alto!" Ele bateu um mim outra vez, me fazendo gritar pela força que usou.

''OH, PORRA, ME FODE COMO UM HOMEM!'' Provoquei, sentindo todo meu interior se arder quando me penetrou com força, até que senti suas coxas se encontrarem com as minhas. Suspirei pesadamente, gemendo manhoso quando nos separamos um pouco. Suas fortes mãos puxaram meus cabelos para trás, de uma maneira que ficasse apenas de joelhos na poltrona, então depositou alguns beijos e chupões por meu pescoço e ombros, a fim de me distrair da dor.

‘’Me fode com força... Paty. ’’ Pedia, o provocando.

"Você gosta bem rápido não, é? Sua vadia." Ele me xingava de todas as formas possíveis. "Vamos ver se quando sair daqui você conseguirá ao menos andar." Pegou fortemente em minha cintura, se chocando contra meu corpo com toda a força que tinha, me fazendo tombar para frente com o impacto, e consequentemente me fazendo gritar pela dor de sua investida.

"PORRA, ISSO." Patrick continuou os movimentos, dando investidas fortes e rápidas mais vezes.

''Estou perto, Louis, tão perto... '' Sussurrou, deitando o corpo contra o meu. Mal consegui responder, sua mão passou por baixo de meu corpo e me masturbou rapidamente, logo tive um orgasmo, gemendo o mais alto que pude, dando o que desejava. Ele se retirou de mim, gemi com a falta de seu delicioso tamanho, então ejaculou sobre minha lombar, gemendo, exausto. Nos beijamos desajeitadamente, a procura do fôlego, e retirou algumas mechas de cabelos de meu rosto.

~*~

‘'Louis... '' Harry entrou em nosso quarto. Eu estava deitado entre os lençóis, ainda exausto. ''Por que não apareceu na reunião?''

''Eu... '' Bocejei, colocando a mão sobre meu rosto.

''Você?... Por que seus pulsos estão arroxeados?''

''O que?'' Os observei, xingando Patrick mentalmente. Queria morrer depois desse flagra.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...