História Chá da Tarde - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Chá, Chá Da Tarde, Chuva, Cronicas, Original
Visualizações 6
Palavras 558
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Literatura Feminina, Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá :3

Fiz esse trabalho esse ano antes das férias e recebi ele corrigido agora e decidi postar dksjksn

Bem, espero que gostem :3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Todos os dias eu a vida passar enfrente a janela, ela seguia reto com una feição triste que fazia eu me perguntar "Pelo que ela passou?". A jovem usava sempre um uniforme escolar, eu nunca soube seu nome, nem para onde iria, mas imagino que não seja para a casa

Eu a via passar sempre no meio da tarde. Até que certa vez, quando estava voltando do supermercado, tarde demais para vê-la, percebi que ela não apenas ia, algum tempo depois ela aparecia fazendo o caminho contrário.

E lá estava eu novamente, esperado para ver quando ela finalmente passaria, porém tinha um problema, era a primeira vez que chihia desde que comecei a observação.

Esperei ansioso, não sabia se ela viria ou não. Quando já estava começando a sem esperanças, ela finalmente apareceu, toda encharcada, não isabela nem capa, nem trazia um guarda-chuva.

Ela passou correndo, e, como sempre, eu admirava-a, mesmo sem saber o que ela fazia. Algumas casas depois da minha, a vida parar, ela parecia decidir se iria ou não continuar e nesse momento eu não me segurei, peguei o guarda-chuvq próximo a sofá, sai de casa e corri em sua direção.

Chegando perto dela, segurei o guarda-chuva para que nos protegesse, ao não sentir mais a chuva caindo sobre si, ela olhou para trás, olhou para mim, era a primeira vez que via um olhar daqueles, era tão cheio de emoções, mas ao mesmo tempo era totalmente vazio.

"Eu te acompanho, não sei onde vai, mas se permanecer na chuva ficará doente" Falei olhando-a amigavelmente, ela apenas concordou com a cabeça e seguimos o caminho, andávamos e a chuva cuidava da trilha sonora.

Sentia algo dentro de mim queimar, imagino que talvez seja a ansiedade e alegria em descobrir onde iria a pessoa que eu tanto observava. ou talvez outra coisa que não saberia descrever.

Depois de algum tempo andando, ela parou, e foi só aí que me dei conta, estávamos na frente do cemitério. Quado ela foi adentrar o local, a entreguei o guarda-chuva e fiquei em uma parte coberta, apenas a observando.

Ela andou até estar na frente de um túmulo específico, se abaixou e pegou a mochila em suas costas, que mesmo a observando por todo esse tempo, nunca percebi que carregava. Da mochila ela tirou um conjunto de chá e começou a servir. Observar aquela cena só me fazia indagar mais ainda.

Uma xícara estava em sua mão e a outra estava na frente do túmulo, a estudante bebia o chá calmamente, porém sorria como se escondesse lágrimas.

Assim que bebeu toda sua xícara, derramou o chá da outra sobre onde o corpo estaria enterrado, guardou a cerâmica r voltou para perto de mim, enquanto estendia o guarda-chuva para que eu pegasse e assim o fiz.

"Obrigado" Ela disse com um peso em sua vez e isso fazia algo dentro de mim doer, porém eu me alegrava, finalmente sabia como era sua voz.

"De nada" Falei com um sorriso no rosto. que ela correspondeu de uma tristeza forma.

Eu gostaria de saber o porquê daquilo que eu acabara de presenciar, porém não queria acabar com sua privacidade, ela tinha seu espaço e eu iria respeitar, por isso andávamos em silêncio, até que ela, como se lesse minha mente, se pronunciou.

"É uma promessa, prometemos que sempre tomariam os chá à tarde... Não sei se fosse o contrário ela cumpriria, mas para mim, é extremamente importante".


Notas Finais


Eaiii, o que acharam? :3

Não tenho muito o que dizer sobre essa história :v

Mas espero que tenham gostado e até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...