História Chains - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 331
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Onde...


—AHHHHHHH

Gritei

— PARA. PARA. TÁ DOENDO

— É por isso que eu tô fazendo

E ela pressionou mais contra a minha pele:

— AHHHHHHHHHGG

Minha mãe esquentou um... ferro(? e ficou pressionando contra a minha pele, me marcando

Doía, doía muito...

Por que ela estava fazendo aquilo?

É o que eu me perguntava todo dia

.

.

.

Às vezes mamãe me privava de comer quando eu fazia algo de errado, eu passava dias com fome e naquele quartinho. Eu não gostava de obedecer a mamãe, já que ela me pedia para fazer coisas que iriam me machucar, mas se eu não fizesse... bem... ela quem me machucava, e me machucava mil vezes pior.

.

.

.

 

—Emile, por que você não veio semana passada?— Perguntou minha professora

—Eu... bem... — Fiquei desconcertada, não sabia o que responder

—Aconteceu alguma coisa?

—Sim, minha mãe teve que ir ao médico, ela estava mal

Inventei uma mentira bem a tempo

— Ah— Disse surpresa a srta— Ela está melhor?

— Sim senhora— "Infelizmente", pensei

—hmm— ela começou a me analisar

— O que foi?

Ela me encarou, sua expressão mudou para medo, eu não entendi o porquê, provavelmente foi a cara que eu havia feito no momento...:

— N-nada. Tenha um bom dia— E sorriu

Percebi que essa foi a minha deixa.

E logo voltei para casa cantarolando uma música qualquer.

.

.

.

"Hmm... legal" disse Lily

— Não é? Eu aprendi na escola— Disse orgulhosa

"Sabe... eu posso te ensinar mais coisas...muito mais"

—Hm. Duvido 

"Um dia você vai entender"

—Hm

.

.

.

Eu me escondi debaixo da minha cama, apertava muito forte Lily, eu estava com medo... muito medo

Mamãe havia enlouquecido, ela estava quebrando tudo da casa e repetindo:" Aquele idiota miserável, merece morrer" 

Crack

Crack

Silêncio...

— Emile~ Querida? 

Me encolhi

— Oi?— Ela abriu a porta do meu quarto— Venha cá

Eu não a obedeci, eu tremia muito

— Emile— Ela endureceu a voz — Agora

Fui até ele, relurante, e ela disse:

— Nós vamos sair

— Para onde?

Ela ri baixo, o que me assusta

— Você vai ver



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...