História Chamas de Fênix - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bleach
Personagens Hinamori Momo, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Karin Kurosaki, Personagens Originais, Toushirou Hitsugaya
Visualizações 28
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fanart é foda dms❤️

Capítulo 4 - Me chamo Karin Kurosaki!


Fanfic / Fanfiction Chamas de Fênix - Capítulo 4 - Me chamo Karin Kurosaki!

{momentos antes do desmaio de Karin}




Toushirou on

Pude ver ela no chão, com um pouco de seu sangue se espalhando em sua volta. Iria ajuda lá. Até rangiku me parar.

Eu: o que está fazendo Matsumoto?! Preciso ajuda lá!

Rangiku: taichou, creio que ela não precisa de nenhuma ajuda.

Falou para mim apontando para Karin. Quando segui seu olhar, vi Kurosaki materializar uma zanpakutou em seus mãos ao meio de chamas tão vivas que chegavam a quase cegar.

Em momentos depois, ela estava lutando com ele, como se nem estivesse sido atingida.

No meio da luta escutava "uma prodígio!" "Versão feminina de Hitsugaya!" Entre outros...

Quando ela conseguiu ganhar daquele Shinigami, começou a fazer um escândalo por ele ter a incomodado. 

"Típico dos Kurosaki"

Quando ela estava indo embora, reparei q iria cair. Usei o shunpo, e a peguei nos meus braços a tempo de não cair no chão.

Eu: Karin! Não desmaie!

Mas já era tarde demais quando falei. Ela já tinha fechado os olhos e amolecido o corpo.

Eu: Matsumoto!

Rangiku: sim, taichou?

Eu: pegue a zanpakutou de Kurosaki e me acompanhe para leva la ao 4° esquadrão!


Estávamos á caminho do 4° esquadrão para cuidar da ferida de Karin



Rangiku: taichou acha que ela vai ficar bem?

Eu: os Kurosaki não são do tipo que morre facilmente...

Ri internamente com meu comentário, apesar de que Karin morreu com um simples atropelamento...


Em uma sala da 4° divisão...

Coloquei Karin em uma cama delicadamente, devido ao seu machucado, que poderia piorar.

Rangiku: unohara taichou, a Karin vai ficar bem?

Unohara: bem, não é apenas um machuca superficial, mas ela irá ficar bem sim.



Quebra tempo

Passou um tempo que eu é rangiku estávamos ali, esperando por um bom sinal de Kurosaki. Até que dispensei Matsumoto para que continuasse o trabalho -o que eu acho bem raro- já que o capitão e a tenente estavam fora de seu esquadrão.

Rangiku: tem certeza taichou? Eu posso ficar se quiser.

Eu: tenho. Pode ir Matsumoto. E termine a papelada que deixei.

Rangiku: Pode deixar taichou!

Até parece. Ela vai ficar bebendo saquê que eu sei!

Unohara permitiu que eu esperasse ela acordar no quarto. E assim eu fiz. Fiquei sentado observando ela dormir, já com seu ferimento curado. Claro. Esta cansada! Afinal, desenvolveu sua zanpakutou, lutou contra um Shinigami, com um grande ferimento. Pode parecer fácil para mim, mas ela é apenas uma garota.

Olhei atentamente para seu rosto. Não me controlei. Roubei um beijo dela. O beijo que nunca saberá que houve.

Depois de alguns minutos, ela despertou.

Olhou pra mim com uma expressão confusa. A qual achei graça.

Karin: quem é você? Onde estou?

Eu não acredito no que ela disse. Ela não se lembrava de mim? Pelo que escutei de seus gritos, ela se lembrava de seu irmão, sua família creio também. Mas... Ela não se lembrava de mim?

Toushirou off






Notas Finais


Tá, o próximo eu faço maior ok❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...