1. Spirit Fanfics >
  2. Champagne Supernova >
  3. Capítulo Único

História Champagne Supernova - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo Único


How many special people change

How many lives are living strange

Where were you while we were getting high?

(“Champagne Supernova”, Oasis)

 

Bruna passou o baseado para Fernanda e fungou. Estava chorosa desde aquela tarde, e nem o álcool, nem a cocaína e nem a maconha a acalmaram. Seus olhos estavam vermelhos, Fernanda não sabia se pelas drogas ou pelo choro, e sempre que ela falava, sua voz saía cortada.

"Eu não entendo.", Bruna disse, talvez pela quinta ou sexta vez naquele dia, "Por que ela faria isso?"

Fernanda tragou. As estrelas fluorescentes começavam a se mover no teto da área, e ela se sentia letárgica. Se não estivesse com o peito tão apertado, ela dormiria dentro da piscina mesmo.

"Eu não sei, Bru…", respondeu, tragando outra vez, "Mas ela sempre foi assim. Você sabe disso."

Bruna pegou o baseado e o levou aos lábios. Não disse nada por alguns segundos, e Fernanda pensou que ela repetiria a máxima pela sétima vez, mas o que ela disse em vez disso foi: "Ela sumia, eu sei.", fungou novamente, "Por dias de vez em quando, mas abandonar a gente? Depois de tudo?"

Ela não estava acusando Cassandra de ingratidão, Fernanda sabia disso. Se realmente tivesse alguma acusação em suas palavras, seria algo sobre falta de amor, de confiança. As três tinham passado por muita coisa juntas desde que se conheciam, há quase oito anos, e Cassandra ter ido embora acarretava mais do que um vazio nelas. Fernanda sentia que tudo tinha sido jogado no lixo, inclusive ela mesma.

A letargia pesava em seus olhos. Alguns pontos de sua visão estavam escuros, e o mundo demorava a voltar ao foco quando ela abria os olhos depois de piscar.

"Talvez ela precisasse de um recomeço.", Fernanda comentou.

Bruna fez um gesto de desprezo. "Não defende ela.", sua voz era um pouco irritada, "Ela não merece isso."

Fernanda riu. Não sabia de quê estava rindo, mas riu.

A água da piscina estava fria. Fernanda ainda estava lá dentro, sem nenhuma peça de roupa, a pele dos dedos enrugada, e tremia de frio. Mas não queria sair dali.

Ela tocou as pernas de Bruna e as separou. Encarou o piercing christina em sua virilha, que brilhava com a luz refletida, e o tocou com um dedo. Bruna não reagiu de outra maneira que fosse encará-la, curiosa.

"Tem mais farinha?", a voz de Bruna perguntou. O baseado tinha acabado.

"Não.", Fernanda disse, "Acho que eu cheirei o resto que tinha."

Bruna fez uma careta. Esticou o corpo e pegou mais da maconha para fazer outro baseado. Ela acendeu e Fernanda deu o segundo trago.

A esfera do piercing de Bruna era uma pedra vermelha. Fernanda olhou para o teto que cobria a área com a piscina e viu supernovas fluorescentes. Então voltou os olhos a Bruna.

"Eu quero te chupar.", disse, “Quem sabe você esquece a Cass um pouco.”

Bruna tragou o baseado e considerou. "Vai em frente.", disse, e se deitou na toalha esticada no chão.

Fernanda colocou o rosto entre as pernas dela e a lambeu. Tinha gosto de champagne.

O sol começou a se erguer pouco depois, sincronizado com o orgasmo de Bruna. Liam Gallagher cantava dentro da cabeça de Fernanda, e ela entoava a música enquanto beijava as coxas suadas da amiga.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...