História ChanBaek Talks - Capítulo 5


Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 69
Palavras 2.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi leitoras!!!

Avisando logo

Esse capítulo vai ser muito longo e um pouco triste,então se preparem pra chorar ;"")

E eu coloquei essa foto do Chanyeol,pq ela tá muito fofa.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction ChanBaek Talks - Capítulo 5 - Capítulo 5

Crianças para sempre, crianças para sempre,pele macia de bebê se transforma em couro.

 Não seja dramática, é só uma plástica,ninguém irá te amar se você não for atraente.    

 Oh, Senhora Cabeça de Batata, me diga:É verdade que dor é beleza? Um novo rosto vem com garantia? Um rosto bonito vai tornar isso melhor? 

 (Melanie Martinez:Mrs.Potato Head)

 *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.* 

 5 anos atrás...

O maior se jogou na cama sorrindo abertamente depois de ter recebido uma ligação,e de todas as pessoas que o ligaria quem ele menos esperava era ser Byun Baekhyun.

Barrou Chanyeol pelo corredor da escola e disse claramente olhando em seus olhos:"Vamos marcar de assistir um filme hoje?"

Poderia ainda se lembrar das palavras que saíam da boca do pequeno, "Claro!Eu te espero lá..Às 8:00." Se sentia o homem mais feliz do mundo,ele estava de encontro marcado com o garoto mais bonito e popular da escola,sua alegria era imensa que ele poderia defini-lá como as galáxias. 

 -Chanyeol..._Ouve a voz de seu Omma.

 -Sim Omma?_Pergunta ainda feliz.

 -Vem nos ajudar a por a mesa da janta._Pede a ajuda do filho,Junmeyon,era quem criou Chanyeol desde sempre. O Park foi achado na lata de lixo,ainda um bebê,estava frio e quando Junmyeon ainda era casado com Yifan,o encontraram chorando na lata de lixo,não havia bilhete,não tinha nenhuma informação útil,a única coisa que tinha sobre Chanyeol era seu nome.

 Então,Junmyeon resolveu cuidar dele,até Chanyeol crescer para poder descobrir a verdade.Mas,Suho nunca teve coragem de o contar,o menino é tão feliz -mesmo tendo problemas com socialismo e com sua vida "amorosa"-,e não sabia como Chanyeol poderia ficar depois de saber a verdade.O Kim mais velho é de uma família de classe média,o que resulta em alguns problemas financeiros,mas o maior nunca teve preocupação com isso,ele sábia que quando terminasse a faculdade iria ajudar seu Omma com tudo.Suho nunca fez Chanyeol se preocupar com a aparência ou com os padrões da Coréia,ele só dizia "Seja você mesmo,não esconda que está feliz através de uma máscara fake,mostre a verdade mesmo se te julgarem."E o maior seguia esse concelho,nunca se preocupou de ser bonito ou não,ele só queria ser ele mesmo. 

 O maior sorriu antes de dar a resposta ao mais velho.

 -Sim Omma._Se levanta e vai ajudar seu Omma. 

 -Por que estava todo sorridente desde que chegou em casa?_Pergunta o acastanhado ao maior,Chanyeol cosou a nuca olhando para os lados em nervosismo. 

 -E-Eu...Vou sair,c-com uma pessoa..._Mal termina e percebe Junmeyon dando um sorriso malicioso para si,o olhava sem entender o motivo daquele sorrisinho do mais velho.

 -Por acaso,seria com aquele garoto que você gosta?_O pergunta o maior entendeu nesse momento o que o mais velho queria dizer, e arregalou os olhos em surpresa.

 -N-Não...É que...Aish!_Tenta in ventar uma desculpa mais Junmyeon o conhecia melhor que qualquer um. 

 -Não minta,Chanyeol! 

 -Aish Omma!É ele sim!_Responde se dando por vencido. 

 -Sábia meu pequeno!_Beijou a bochecha de Chanyeol.

 - Iai?Vai com que roupa?Que horário vão? Em que lugar vão?Compre algo pra ele._Fazia inúmeras perguntas que estavam confundindo a cabeça de Chanyeol. 

 -O-Omma,ainda não sei que roupa irei usar,mas...Verei com que roupa irei._Responde. 

- Eu vou com ele ao cinema e...Ele quer passar uma noite comigo._Cochicha a última parte. - Só comigo.

 -Ok!Aaaaah,meu bebê tá crescendo!_ O abraça. 

 -Omma!_Sorrir entre o abraço,o mais velho o solta,Chanyeol percebe ele soltar pequenas lágrimas.

 -O que foi?_Pergunta-o doce,e com uma expressão preucupada. 

 -N-Nada,é que...Meu f-filhote tá já um rapaz e daqui a pouco...Vai pra longe de mim. _ Diz limpando o rosto com o pano dos pratos, o maior enchugou as lágrimas do acastanhado, segurou o rosto de Junmeyon e disse: 

 -Não se preucupe! Eu serei seu bebê pra sempre!_Dito isso abraça o mais velho,o acastanhado afaga os cabelos escuros de Chanyeol,se permitindo chorar entre o abraço. 

 -Eu tenho um filho de ouro mesmo.Agora, vamos arrumar a mesa._Chanyeol sorriu.

 -Claro!

 *.*.*. *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*. 

 O Park já se encontrava na frente do cinema a espera de Byun,o maior usava uma blusa branca com mangas curtas por debaixo de um suéter cinza e uma gravata vermelha, seus cabelos estavam partidos ao meio,com um exagero de gel líquido,e seus tradicionais all star's com seus óculos fundo de garrafa,ele tinha em mãos um buquê de rosas brancas e uma caixinha de bombon's dos preferidos do menor. 

 Chegou ao caixa e comprou dois ingressos para a sessão de Senhor dos Anéis,enquanto comprava os ingressos,o maior sentia olhares de nojo sobre si,tanto das outras pessoas que tinham ido assistir o filme,quanto os funcionários do cinema,escutava cochichos vindos das pessoas que estavam a espera da mesma sessão "Nossa que garoto feio?","Não acredito que um bagulho desse veio ver o filme acompanhado?!","A namorada desse garoto deve ser cega?","Quem namoraria esse horroroso?" Chanyeol ouvindo aquilo se sentia triste,ele também tinha sentimentos como todos,como poderia fingir que ele não fazia parte de uma sociedade?Ou que ele não era humano e sim uma aberração?Resolveu deixar esses pensamentos de lado e focar no filme que iria assistir com Baek.Que começaria a uns minutos futuramente, o Park os colocou no bolso da calça laranja claro e esperou em pé na porta de entrada do cinema. 

 Equanto esperava Baekhyun chegar, andava de um lado para o outro,pensando no que iria dizer ao menor quando ele chegasse. 

 -Cham...Cham...Oi Baekkie! Você está lindo essa noite e...Não esse não tá bom!_Respirou fundo e começou de novo. - Oi Baekkie! Comprou essa roupa linda hoje?Sim!?Pois ela combina co...Ainda não está bom!_Respirou fundo mais uma vez. - Oi Bakkie!Sábia o por que de ter aquecimento global? Porque você é queima por onde passa...Aaah!Que droga!_Quase grita,respira e inspira de olhos fechados. - Ok Chanyeol você consegue. - Encoraja a si mesmo. - Oi Baekkie!A noite está linda hoje, porque você tá fazendo parte dela._ Sorriu sozinho. -Perfeito!_Exclamou como se tivesse sido "Eureca". 

 Se sentou no banco que havia perto da entrada do cinema e continuou tentando lembrar da cantada que daria a Byun.Estava muito feliz e queria que Baekhyun chegasse logo.

 *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*. 

 Já eram 8:34 da PM,Chanyeol estava frustrado por Baekhyun não ter ainda aparecido no cinema,a sessão que iriam assistir estava para começar,mas o menor não havia chegado.  

Chanyeol olhava de um lado e olhava do outro,e nada de uma figura pequena e fofa vindo em sua direção.

Cada carro que parava na frente do cinema,Chanyeol sentia uma pontada de esperança de ser Baekhyun,por não acabava sendo o menor. 

 O Park já estava nervoso por Byun está demorando demais,mas ele esperaria por Baekhyun. 

 *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.* 

 8:59. Faltava menos de segundos para Byun chegar,mas até ali nada! Não havia nenhum sinal de Baekhyun,para o maior,então ele pensava. 

 Ele poderia ter tido uns imprevistos?!Ou tinha algo para fazer que ainda não tinha chegado!?Ou ele chegaria quando o filme começasse? !.Era o pensamento do maior. 

 Então ele suspirou pesado, olhando para seus tênis ele queria chorar,mas não faria isso na frente de um monte de gente,mas continuava a ter o pensamento do menor ir.

 *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*. 

 9:20 da PM Baekhyun não tinha ido ao encontro que haviam marcado. 

 Chanyeol já sentia as lágrimas descerem por suas bochechas,já sentia sua coração caindo mais um pedaço,percebeu que aquilo era uma brincadeira de mal gosto consigo.

 Horas atrás tinha ficado com fome,e entra o comeu os bombons que havia trazido para o menor, seus olhos ainda lacrimejavam, aquela pontada forte no peito fazia com que se sentisse mal amado por quem ele ama.

 Ele odiava sentir aquilo,aquela pontada dolorida,aquele ferimento nos seus sentimentos que Byun brinca ainda mais com o maior. Pobre Chanyeol. 

 O filme havia acabado,muitos casais saíram de lá testemunhando Chanyeol choroso e triste.Os casais que passavam por ali o olhavam com dó,pena ou o enojavam.

 "Coitado,deveria ter levado um fora da namorada!?" "Entendo o porque dele não ter ninguém com ele." "Esse garoto nunca saiu daí...Grr que ódio dele." "Ele devia ter ido embora,invés de esperar por alguém que não viria." "Ele não sabe comprar roupas mais bonitas não?Aish,que nojo de pessoas assim."

 Chanyeol não se sentia mal pelos comentários maldosos,se sentia mal por todos brincarem com seus sentimentos,mais uma vez levou um bolo de alguém que gostava,levou um fora daquele que amava. 

 O maior resolveu ir embora, já que Baekhyun não havia parecido, pegou as rosas que tinha comprado para ele,e apenas as jogou no lixo mais próximo. 

 Começou a andar de volta pelo caminho de sua casa,o Park nunca foi de reclamar mas,era muito melhor ele ter um carro ali,mas entendia seus pais não terem condições baixas para comprar um.

 Deveria ter trazido um casaco penou escondendo suas mãos da atmosfera fria e as colocou dentro do bolso da calça laranja claro,o maior estava com seu nariz vermelhinho e as bochechas coradas. 

 Mesmo assim,não resistia nas lágrimas que insistiam em descer.

 O maior teve o seu encontro em um completo fracasso. 

 Tudo que queria era chegar em casa e se aprofundar nos jogos online em seu PC,e comer algo melhor do que bombons com avelãs e chocolate.

 *.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

 Enfim chega em casa,e é logo recebido por seu Omma.

 -Como foi?Ele foi bonzinho? Deu os presentes pra ele?_O maior não respondeu,o que foi piorar ainda mais seu coração partido, tudo que fez foi correr para asus quarto e aprofundar suas mágoas ali. Enterrou a cara no travesseiro e se entregou ao choro.

Suas lágrimas pareciam não parar de caírem,seu coração frágil mais uma vez Foi despedaçado por Byun Baekhyun. 

O maior parecia não aguentar mais aquilo do pequeno,parecia birra mas,por que aquilo sempre se repetia?Depois de seus olhos estavam bastante inchados,Chanyeol se levantou da cama e foi até o banheiro.

Pegou uma lâmina setindo o corpo trêmulo,levou a peça de ferro e riscou uma linha na pele branca, suas lágrimas naquela noite se misturam ao sangue.

A primeira noite que fez aquilo,e não acabaria aquele serviço tão cedo...

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

 Atualmente...

 -Kyung,como você estava quando Eu estava fora?_Perguntou ao mais novo que corou ao receber essa pergunta de alguém que ele gostava,sim!Kyungsoo amava Chanyeol em segredo,e o amava verdadeiramente sem ter esses padrões de beleza. 

 -E-Eu consegue me formar em Literatura juvenis!_Responde corado metendo uma garfada na boca de comida. - E você? 

 -Me formei em clínico geral._ Respondeu orgulhoso. 

 -Nossa!_Exclama alegre por seu amado ter seguido seu sonho, Chanyeol rir com o comentário do menor.

 Enquanto conversavam como todos da mesa,o Park sentia o olhar de Baekhyun sobe si. Um olhar de...ciúmes? Ele encarava Do com um olhar mortal,mas Chanyeol não se preucupou pois,mesmo ainda o amando fortemente,era difícil falar mas teria que dá uma lição em todos os anos que Byun não havia retribuído seus sentimentos.

Depois de comerem,cada um se dirigem aos quartos que Junmeyon fez o favor de reservar na própria casa. Chanyeol esuava andando até seu quarto vago,até ser prensado na parede por uma figura pequena e ruiva. Era ele,Byun Baekhyun. 

 -O que foi?_Tentou ser firme pra não gaguejar,por está com vergonha de ter Baek tão perto de si,ele sentia a respiração do ruivo batendo contra seu rosto. - P-Por que não m-me deixa em paz?_Sente lágrimas em seus olhinhos Chanyeol era muito frágil,por causa do tempo traumático de escola,ele tinha medo de se socializar ou ter contato visual com as pessoas.

-Eu não quero._Respondeu o menor.

-Por que?V-Você disse que n-não gosta de m-mim.En-Então, por que ainda veio atrás de mim?_Sentia as lágrimas descendo por sua bochecha.

 Byun nada respondeu,apenas fixou seus olhos nos lábios de Chanyeol,se aproximando devagar até a distância se quebrar em poucos centímetros entre ambos. 

 Até a distância ser totalmente quebrada,Chanyeol arregala os olhos em surpresa,tendo a maciez e gostinho de morango por está com os lábios encostados nos de Baekhyun. 

O maior não entende o por quê de Baekhyun fazer isso consigo ,mas tudo o que queria era sentir uma só vez os lábios macios de Baekhyun.

O menor leva suas mãos até a nuca de Chanyeol,puchando de leve os pelos da nuca,o maior se mantinha de olhos fechados aproveitando a sensação de beijar Baekhyun.O Park levou suas mãos grandes até a cintura magrinha de Baek,apertando e o trazendo mais para perto e aprofundar o beijo.

Aquelês minutos estavam sendo os melhores da vida de Chanyeol,ele estava beijando o seu amado,o se pequeno.Não conteu em sorrir durante o beijo,aquela troca de saliva fazia os corpos de ambos esquetarem,passando de um beijo calmo á um beijo quente.

Em questão de segundos,se separam por falta de ar,se entreolhando um para o lábio vermelhinho do outro,Byun encostou sua testa na de Chanyeol, fazendo o maior sorrir bobo,as borboletas em seu estômago estavam voando e sua espinha conter um friozinho.

Chanyeol pela primeira vez se sentia feliz ao lado de Baekhyun.

-Baek?_Chama o pequeno que murmura um "hum?" em resposta. - V-Você me a-ama?_O pequeno se afastou um pouco tento finalmente a visão dos olhos escuros do moreno,mesmo que por baixo daquele óculos dava pra ver o quão apaixonado Chanyeol estava por Baekhyun. - E-Então,v-Você me ama?_Byun não sábia o que dizer e ao maior.Baekhyun respirou fundo e se pensando numa resposta pra não magoar Chanyeol mais uma vez.


Notas Finais


Enton foi isso pessoar.

Bjs todo mundo.

Até o próximo capítulo.

Abraços da ILudida_Chan e Tia Kami "3"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...