1. Spirit Fanfics >
  2. Change Is Love (Hosie) >
  3. Getting in trouble

História Change Is Love (Hosie) - Capítulo 10


Escrita por: Saaah737 e lallizinha

Notas do Autor


Me perdoem qualquer erro, boa leitura a todos!

Capítulo 10 - Getting in trouble


Fanfic / Fanfiction Change Is Love (Hosie) - Capítulo 10 - Getting in trouble

Pv' Hope Mikaelson

Música:
Use Me (feat.070 Shake) - PVRIS

- Renda-se Mikaelson, eu venci!
- Spencer falou mantendo firme a ponta da espada que tinha em mãos centrada no meio de meu pescoço, enquanto eu permanecia deitada imóvel no chão - não venceu porra nenhuma, você trapaceou! - Rebati fingindo indgnação, ela me seduziu e isso não foi justo - Da próxima vez se concentre apenas no treino e não terá problemas - falou rindo e revirei os olhos, treinar Esgrima com ela era apenas um passatempo divertido, nós não usávamos todos aqueles uniformes do esporte que nós deixavam como astronautas, Spencer não tinha medo de correr riscos e admirava isso nela, porém é claro que nesses treinos me segurava ao máximo pra não machuca-la,

afinal tinha super força e na maioria das vezes como agora permitia sua vitória, era engraçado o quanto ela se achava melhor do que eu, mau sabia ela... Geralmente treinavamos na quadra vazia, quando não tinha nenhum outro aluno do clube, éramos só eu e ela por motivos óbvios tínhamos um lance nada sério, ainda assim era possível Alyssa cospir marimbondos por me ver com ela, Spencer é tão desapegada quando eu e pouco me importava com o ciúmes bobos da minha amiga, não levava a Chang e nenhuma outra garota a sério

- Em que diabos você tanto pensa Hope.. vamos lute! - Gritou nada gentil prescionando ainda mais o aço ponte-agudo em minha garganta o que me fez sorrir maliciosa - Acho que se precipitou um pouco amor
- mordi meu lábio inferior, contendo um breve sorriso e a morena de pé franziu o cenho confusa, ela diminuiu a pressão que fazia com a espada e foi o momento perfeito, dei-lhe uma rasteira, fazendo-a cair de costas chão, enquanto sua espada ao escapulir de suas mãos caiu a alguns metros dela, me apressei em engatinhar para ficar sobre seu corpo e prendi uma de suas mãos acima de sua cabeça, enquanto precionava meu outro braço em seu pescoço, aproximei meu rosto, ficando a centímetros do dela

- Parece que o jogo virou Hastings
- sussurrei entre nossos lábios e a garota limitou-se a levantar um pouco a cabeça ainda sobre meu aperto, apenas para morder meu lábio inferior, puxando o levemente e me fazendo suspirar
- E o que fará a respeito Hope?
- perguntou presunçosa e soltei seu pescoço apoiando meus cotovelos no chão, sorri maliciosa descendo meu olhar lentamente de seus olhos até seus lábios carnudos e não pensei em mais nada quando os selei, era um beijo intenso e repleto de desejo, nos separamos por alguns segundos quando o ar se fez necessário, voltei a beija-la levando uma de minhas mãos até sua cocha cravando de leve minhas unhas e dando alguns apertões, Spencer segurou meu rosto me puxando para mais perto,

Intensificando o beijo ao pedir passagem com sua língua que rapidamente cedi, aproveitei para chupar sua língua a fazendo arfar entre nossos lábios, a morena dava leves puxões em meu cabelo, causando uma sensação gostosa, explorei cada parte de sua boca e finalizei o beijo com alguns selinhos, a garota parecia resmungar um pouco mas não me importei, precionei sua cocha em meu quadril, deslizei meus lábios para seu queixo e em seguida para seu pescoço deixando chupões e mordidas no local, o que fez Spencer bagunçar ainda mais meus cabelos, soltei um gemido abafado e continuei trabalhando em seu pescoço, mas parei quase que imediatamente

quando ouvimos o som de alguém pigarrear na quadra, sai de cima da morena em um sobre-salto me sentando rapidamente ao lado de seu corpo, Spencer se manteve imóvel deitada no chão, seus olhos foram fechados com força, seu peito subindo e decendo rapidamente, parecia frustrada e não estava tão diferente de mim - E..eu não queria atrapalhar o momento de vocês, mas é que preciso realmente falar com a Hope - a morena apontou para minha direção e engoli em seco, suspirei pesadamente antes de dizer algo

- Droga Penélope ...e sobre o que é?
- perguntei impaciente abraçando meus joelhos claramente irritada, de novo isso?! Já se passaram duas semanas e eu precisava urgentemente de sexo, mas ficava complicado com a Park sempre me atrapalhando e com Alyssa sempre ocupada com Bryce - Eu é... Uh
- olhou para a morena ao meu lado confusa como se perguntasse seu nome silenciosamente - Spencer Hastings - respondeu forçando um sorriso e limitando-se a virar sua cabeça na direção de Penélope para encara-la, mas logo voltou sua atenção para o teto do lugar - tanto faz, não posso dizer na frente dela
- a Park pontuou e revirei os olhos, enquanto Spencer finalmente se sentou, olhando para Penélope curiosa

- Qual é?! Eu não conto seja lá o que for para ninguém, mas também não vou sair daqui, Jajá o pessoal da Esgrima chega! - deu de ombros e suspirei mais uma vez - Fala logo Pen, Spencer é confiável - insisti e a Park negou com a cabeça - não é esse tipo 'comum' de segredo Hope, preciso falar com você sobre cachorros - arqueei minhas sobrancelhas confusa - como assim cachorros? - perguntei sem entender - você sabe ...Cachorrões que matam pessoas - falou fingindo fazer um gesto de garras com as mãos, e finalmente compreendi o que ela dizia

- Oh... Tudo bem eu só.. preciso pegar minha mochila - apontei para a arquibancada onde meus pertences estavam e Spencer me olhou incrédula - Espera você vai mesmo me deixar aqui para simplesmente falar de cachorros com sua amiga?! - gritou indgnada e neguei com a cabeça - não é o que pensa, é uma coisa só nossa compreende?! prometo que te compenso em outra hora - beijei sua bochecha e me afastei com Penélope que apenas acenou sem jeito para a garota que continuou ali sentada no chão pensativa

Música: Itch - Nothing But Thieves

- Então... Você e ela estão namorando ou tentando algo parecido? Quer dizer, não é a primeira vez que te vejo com ela
- A Park perguntou enquanto caminhamos para fora da quadra
- O que?! Não Pen, de jeito nenhum, não namoro lembra? E também Spencer é como eu, fica com a metade da escola - dei de ombros com um sorriso nós lábios
- Isso não me parece algo com que deveria se orgulhar - falou quando já estávamos nos corredores do colégio
- você é bem hipócrita - Rebati mordendo meu lábio inferior convencida, antes de Maya Penélope conseguia ser pior
- É talvez eu seja.. Mas descobri que é muito melhor estar com alguém que você realmente gosta, do que simplesmente ser uma vadia que fica com várias pessoas, enfim Hope, nem todo mundo é como a... Tentou dizer mas a interrompi

- Não ouse dizer o nome dela Penélope, você sabe muito bem que ela destruiu o que eu tinha de mais importante e nunca mais quero me apaixonar por alguém, como foi com ela - tudo bem, não precisa ficar nervosa me desculpe?! - falou suspirando algumas vezes e assenti dando de ombros - mas voltando ao que realmente interessada, o que queria falar comigo? - questionei confusa e a morena suspirou mais uma vez - você viu a movimentação do lado de fora da escola mais cedo?

- Sim eu vi que tinha muita gente, mas passei pela entrada dos fundos, é sobre o senhor Alfred né?! Tia Bex me contou - falei simples, sabia da morte do segurança da escola, mas não estava interessada em ficar no meio da multidão de alunos do lado de fora, mandei uma mensagem para Spencer e simplesmente fomos treinar aproveitando a quadra vazia
- Sim, mas se antes Rebekah só tinha suspeitas sobre ser um lobo o responsável, agora é melhor que ela tenha certeza

- Penélope concluiu e paramos de caminhar ficando ao lado de nossos armários, alguns alunos já transitavam pelo local, mas não havia problema em que alguns deles escutassem parte de nossa conversa, já que o colégio inteiro estava falando sobre a morte violenta do senhor Alfred - Isso é realmente ruim, se for mesmo um de nós... Pode atrair caçadores - falei em baixo som, apenas para que Penélope escutasse - O que faremos a respeito? - ela perguntou preocupada e suspirei antes de dizer algo

- O que fazemos de melhor Pen, agir como adolescentes normais, continuar frequentando festas, jogando futebol, vai ficar tudo bem! Não é problema nosso, a alcatéia da cidade tem um Alfa, não sabemos quem é... Mas tenho certeza que ele vai dar um jeito nisso - E se não der Hope? Seremos expostos e quando caçadores começarem a aparecer não irão apenas atrás deles, mas de nós também - ela falou mais baixo que o normal e neguei com a cabeça
- Relaxa, vai ficar tudo bem e se algo der errado... Cuidamos dos nossos
- levei uma mão até seu ombro esquerdo já que a mesma estava de frente para mim e dei um leve aperto tentando passar algum tipo de conforto, olhei no fundo de seus olhos queria ser confiante na frente dela, não teria como nada dar errado, estávamos bem e apenas isso importava no momento

- Agora mudando um pouco de assunto... Vai ter uma festa na piscina na casa da Mani - ela afastou minha mão de seu ombro e se virou para colocar algumas coisas em seu armário, enquanto me recostei de lado no meu, a fitando confusa
- Normani vai dar uma festa?
- perguntei surpresa, é verdade que a garota era presença marcada em todas as farras do colégio, mas a morena nunca foi de dar eventos ela mesma - Sim ela vai, Maya me disse, mas não é por agora, daqui a duas semanas - respondeu e dei de ombros também colocando algumas coisas em meu armário

- Droga, daqui duas semanas você disse... Preciso arranjar algo para fazer neste final de semana
- é seu pai né? - me olhou e assenti suspirando pesadamente - É... ele irá ficar em casa e não quero estar no mesmo ambiente que ele tanto tempo se é que me entende
- dei de ombros me recostando no armário atrás de mim, até que uma idéia surgiu em minha mente
- Merda Hope... Está sua cara de que vai aprontar não me engana, diz logo - virei meu pescoço para olhar para a morena ao meu lado e sorri

- Lembra da festa dos lobos certo? É neste final de semana, então...
- mordi meu lábio inferior e a garota se afastou do armário se posicionando em minha frente com uma expressão nada boa
- Você perdeu a cabeça de vez Hope? Eles... Eles mataram sua mãe, o que acha que farão quando descobrirem que tem uma raposa infiltrada no galinheiro deles?! - É uma festa a fantasia Pen, nunca vão saber que sou eu - garanti e Penélope me fuzilou com o olhar como se estivesse pronta para me matar a qualquer momento o que me fez engolir em seco - A resposta é não!
- Ela usou seu tom de Alfa para me repreender o que me deixou surpresa, seus olhos oscilando entre tons de dourado e verde escuro, Penélope estava de fato ficando irritada, mas não é como se eu fosse realmente ouvi-la de qualquer forma

- para de drama Pen, é só uma festa!
- cruzei os braços e dando de ombros
- não é só uma festa Hope! se perceberem sua presença lá, podem achar que você está buscando um meio de 'vingança' ou até mesmo querendo assumir a liderança, que por mais que você não suporte a idéia é um direito seu, afinal você e  Alex são os herdeiros de Klaus Mikaelson e Hayley Marshall
- Quanta idiotice eu não quero ser babá de vários lobos Park, só quero ir a algum lugar divertido que me deixe longe de casa por tempo suficiente - Penélope suspirou algumas vezes fechando seus olhos e logo os abriu ao me fitar séria
- Se você vai, eu também vou!
- O que?! Não, de jeito nenhum, eu não quero que se arrisque por mais uma de minhas loucuras - Se não quer que eu vá com você, é só não ir na porcaria da festa sua idiota!
- Ela diz ríspida e nego com a cabeça

- Você sabe que preciso ir, é a única forma de conseguir mais...
- Drogas? Isso só prova que devo ir com você Hope - Ela cruza os braços dando um passo a frente, e abaixo minha cabeça me recostando ainda mais no armário, estava esperando por uma bronca ou algo assim, infelizmente ela já havia me dado conselhos um bilhão de vezes e agora eu estava viciada?! Não! Claro que não! - Eu não vou dizer que avisei... Mas a minha vontade é de acertar sua cara neste exato momento - Ela falou derrepente e arregalei os olhos em seguida levantando meu olhar para encara-la

- Pen eu... Tentei dizer mas fui interrompida - Não Hope! Vou ser direta Okay? Eu digo como vai ser! Irei a está festa com você, por que não deve ser nada fácil estar em... como posso dizer... levou a mão até o queixo pensativa - não é fácil estar em abstinência - completou e neguei com a cabeça - eu não estou em ...tentei dizer outra vez e novamente Penélope me interrompeu - Sim Hope... Você está! Como eu disse vou a festa, para garantir que não fará nenhuma besteira, depois disso quero que me prometa ou melhor jure, que nunca mais vai usar nada!

- Ela rosnou segurando meus ombros praticamente me prensando contra o armário, não conseguia dizer nenhuma palavra, apenas olhei no fundo de seus olhos, ela parecia realmente decepcionada comigo, o que por incrível que pareça fez eu me sentir... Suspirei antes de responder
- tudo bem, eu prometo que vou... tentar - falei firme e a morena me soltou se afastando um pouco, ela estava pronta para dizer algo, mas Maya se aproximou a abraçando por trás, em seguida Alyssa, Bryce, Landon e Ali - Merlim... Vocês estavam demorando tanto para ir ao refeitório nos encontrar, que tivemos que buscá-las - Ali falou um pouco impaciente, mas não consegui dizer nada, já que Penélope ainda me encarava séria apesar de tudo, sua expressão suavizou quando ela mesma quebrou o silêncio desviando o olhar de mim, para nossos amigos

- Quanto exagero Ali, a gente só estava conversando - garantiu e forcei um sorriso - E sobre o que falavam? querem compartilhar conosco? - Alyssa pergunta presunçosa e me apresso em responder - nada disso é uma coisa nossa, né Penélope?! - A olhei torcendo para que a mesma mudasse de assunto - Claro, não era nada de mais! - a Park deu de ombros e começamos uma conversa descontraída, ficamos por ali por mais um tempo, até que finalmente o sinal tocou indicando que deveríamos ir para nossas salas

Música: Royals - Lorde

- Eu e Alyssa seguimos pelos corredores pouco vazios, teríamos a  aula de história juntas - Hey, quer ir ao banheiro comigo? - ela pergunta derrepente e arqueio minhas sombrancelhas - Eu não estou... Tentei dizer - Não para isso Hope
- completou presunçosa e acenei positivamente com a cabeça assim que entendi o que ela queria dizer
- claro, vamos logo! - prendi meu lábio inferior entre os dentes contendo um sorriso, estava sem sexo a alguns dias e Alyssa parecia ser a opção perfeita para mudar isso, já que meu lance com Spencer era sempre interrompido,

na maioria das vezes por Penélope, estou começando a achar que ela faz de propósito, eu e a Chang demos meia volta indo em direção aos banheiros, mas senti um corpo  colidir contra o meu de maneira tão forte que me levou ao chão, fazendo a pessoa também cair em cima de mim - Mas que inferno! - Gritei irritada fechando meus olhos com força, mas quando os abri fiquei ainda mais irritada ao perceber quem era, Merlim... ela estava tão perto que eu poderia até mesmo... nem fudendo Hope! afastei os pensamentos, tinha que ser ela é sempre ela...

- M..Me desculpe e...eu não vi você
- Ela disse claramente sem jeito, apoiando seus cotovelos no chão para tentar se levantar - pensei em diversas palavras de baixo calão para xinga-la ou coisa do tipo, mas travei, nada saía com aqueles olhos chocolate fixos nos meus, isso era assustador, abri e fechei a boca várias vezes tentando dizer algo e quase me engasguei quando percebi para onde Josie olhava, sua respiração quente batendo contra meu rosto, quase me fazendo perder o foco, engoli em seco e pigarreei despertando sua atenção outra vez
- Você é... Você p..pode... Tentei dizer e a morena parecia entender
- Oh... Claro - ela parecia pouco atordoada e saiu de cima de mim se levantando as pressas, logo fiz o mesmo e notei Lizzie e Alyssa nos obsevando  com  expressões confusas - queria dizer algo, mas optei pelo silêncio, não tinha tempo para perder com ela, desviei o olhar e passei pela Saltzman me afastando e arrastando Alyssa comigo, Lizzie parecia fazer o mesmo com Josie na direção contrária a nossa no corredor...

Pv' Josie Saltzman

Música: Stupid Love - Lady Gaga

- O que diabos foi isso? - Lizz pergunta me puxando pelos corredores as pressas, havia acabado de esbarrar em Hope por que eu e Lizzie estávamos praticamente correndo, para não chegarmos atrasadas na aula da senhorita Robbins - Isso o que? - perguntei me fazendo de desentendida - Hora não me venha com desculpas Jô, rolou o maior clima ali, eu não sou cega, nem louca e muito menos burra!
- Sinto muito irmã, direi a mamãe para interna-la em um manicômio
- Debochei rindo, tentando desesperadamente mudar de assunto - Não vai me convencer desse jeito, desembucha logo - falou firme parando de caminhar e me puxando pelo braço para parar de andar também

- Lizzie! Estamos atrasadas! - Gritei impaciente e ela cruzou os braços me olhando de cima abaixo com uma expressão indecifrável - A aula pode esperar, agora me diga.. ela é a heroína misteriosa? - perguntou e engoli em seco - tá mais para idiota de plantão - bufei ao me lembrar do quão babaca Hope era, Lizzie me fitou séria, mas logo arregalou os olhos animada - Aí meu Deus é ela mesma! - concluiu e a encarei frustrada - Mas que droga Lizz, por que você sempre tem que saber de tudo?! - Rebati revirando os olhos, literalmente era impossível esconder algo dela - eu apenas sou observadora, agora me conta quero saber tudo - deu alguns pulinhos animada

- Não tem nada para falar Lizz
- dei de ombros, não muito contente com  aquele assunto - Qual é eu sou sua irmã, não precisa me esconder nada - respirei fundo antes de responder - A gente se beijou e foi só isso nada demais - como nada demais?! Hope é a gata mais cobiçada do time de futebol da escola - Lizzie falou me fazendo revirar os olhos - E com certeza também é a pior pessoa da escola
- completei a interrompendo  impaciente - Okay, posso pelo menos dizer ao Ryan e as meninas quem é a sua heroína misteriosa? - Lizz disse divertida colocando suas mãos para trás e dando um passo a frente com um olhar suplicante

- Primeiramente , ela me salvou naquele dia, mas isso não torna ela "minha heroína" por favor para... Segundo, ela também não é mais "misteriosa" já que você provavelmente vai abrir o bico e por último eu não ligo se você contar Lizz, tanto faz, não é como se fosse acontecer de novo, de preferência nunca mais quero ter que ver aquela garota em minha frente - Disse dando de ombros, não era totalmente mentira, não queria ver ou falar com Hope novamente, ela era tudo aquilo que eu desprezava em uma pessoa, claro que o beijo não foi ruim, mas a Mikaelson não era meu tipo, além de ser uma tremenda escrota que aparentemente não se importa com os outros - Jura?! Sinceramente Josie, não foi o que pareceu - A loira riu e neguei com a cabeça

- Elizabeth! - gritei a repreendendo
- Okay, me desculpe, prometo que não digo mais nada - Ótimo, podemos ir agora?! - insisti e a garota confirmou com a cabeça e seguimos para nossa sala.
O resto do dia estava passando lentamente, na escola não se falava em outra coisa a não ser sobre a morte do segurança - Eu estou certo e vou provar - Ryver continuava insistindo naquele papo doido de Lobisomen, enquanto eu e as meninas não conseguíamos evitar as gargalhadas - para gente ele vai ficar magoado - Hayley falou ainda rindo
- Hahahahah, você é muito engraçada Hay, já pensou em fazer stand-up?!

- o loiro debochou sem paciência
- qual é amigo, sabe que só estamos brincando com você né?! - apertei sua bochecha fazendo o mesmo bufar, estávamos todos no Intervalo de almoço no refeitório - jura?
- ele me fitou de cima a baixo, aparentemente pensando em algo
- Por que o foco da conversa é sobre eu acreditar em um mundo sobrenatural? Quando Josie ficou com a Mikaelson?! - ele comentou mudando de assunto e alternando seu olhar entre todas na mesa, engoli em seco sentindo minhas bochechas esquentarem violentamente

- É verdade então... nos diga Jô, como foi? - Rosita me fitou curiosa 
- E..eu é...tentei dizer mas Enid interrompeu - deixem ela em paz, vocês estão sendo muito irritantes, vem Jô vamos sair daqui - a morena ao meu lado falou se levantando e estranhei a ação - que babaca, vai rouba-la para você e força-la a te contar tudo enquanto não temos nada - Ryver disse colocando uma mão no peito para fingir indgnação, fazendo ambas rimos - Não é isso seu idiota, vou mostra-la uma coisa, você vem Jô? - me olhou com um leve sorriso e assenti ficando de pé, logo começamos a sair do refeitório, sobre comentários e olhares curiosos de Ryver e das meninas deixados para trás

Música: Smile - Katy Perry

- E então, o que tem para me mostrar? - perguntei não contendo minha curiosidade quando já estávamos no meio do corredor, ela me encarou brevemente e logo desviou o olhar sem dizer nada, com isso resolvi não contestar, depois de andar por mais um tempo Enid parou em frente a uma porta e retirou uma chave do bolso, o corredor vazio, parecia ser o lugar menos visitado do colégio, ficava próximo a quadra da equipe de vôlei, que eu sabia por terem me apresentado a escola no primeiro dia de aula - Não entendo Enid, o que estamos fazendo aqui?
- observei o corredor deserto e pouco escuro do local - Calma você já vai ver, agora venha

- a morena falou adentrando a sala atrás da porta que ela havia aberto e a segui sem questionar, arregalei meus olhos surpresa com o que vi
- Uaaaau - sorri sem conter minha animação, era um estúdio musical, pequeno e simples, porém ainda sim  bonito, continha duas guitarras, um violão, um piano e uma bateria, alguns microfones e alguns pufs para se sentar, era um local bem aconchegante, tinha um sofá do outro lado da sala, com uma grande janela ao lado que dava visão para todo o Jardim da escola - O vidro é especial, do lado de fora eles não podem ver aqui dentro - Ela diz apontando para a janela, do lado de fora haviam alguns alunos conversando e outros correndo pelo campus provavelmente atrasados 

- Más não entendo? Por que me trouxe aqui - perguntei confusa voltando minha atenção para ela
- nada demais, você gosta de música só pensei que talvez gostasse daqui, a senhorita Lady deixa a chave comigo sempre, mas ninguém nunca vem aqui, a maioria do pessoal do teatro além de não curtir muito atuar, também não tem outros talentos, como música por exemplo, essa sala basicamente não tinha serventia alguma, não pelo menos até você chegar - abri e fechei a boca várias vezes tentando dizer algo
- Mas aqui parece tão arrumado e...
- Eu faço questão de limpar e deixar tudo em ordem, apesar de ninguém utilizar - Enid diz e a olho surpresa mais uma vez - Aqui Jô pega, é sua
- me entregou a chave e a fitei confusa novamente - Pode vir aqui sempre que quiser, para tocar cantar ou sei lá - deu de ombros

- E não se preocupa eu tenho uma chave reserva e a senhorita Lady também - completou sorridente
- Está mesmo falando sério
- perguntei incrédula, eu basicamente teria um cantinho só meu no colégio e isso parecia incrível - Sim é sério Josie 
- confirmou rindo e sorri - Obrigada Enid, eu nem sei o que dizer
- a morena deu de ombros e se jogou em um puf do lugar - Mas eu sei exatamente o que dizer amiga, não te chamei aqui só para isso - franzi o cenho confusa me sentando no puf ao seu lado - como assim?
- Questionei curiosa - Como sabe, Amanhã é quarta-feira ...teremos uma prova de História, Eu, Hayley, Mani e Maya faremos o de costume
- que é? - insisti e a garota suspirou se endireitando no acento

- Não falei na frente de Ryver por que ele é medroso e linguarudo, Rosita não é diferente dele e por isso não consegue segurar a língua dentro da própria boca, Hay já sabe por que te chamei e neste exato momento Normani deve estar convencendo sua irmã também
- Do que diabos está falando?
- perguntei um pouco impaciente
- vamos roubar a prova! - disse simplesmente e engoli em seco tentando processar a informação
- como? - insisti para ter certeza do que ela havia acabado de dizer - Sim Jô, vamos roubar a prova na sala dos professores amanhã durante a noite e queria saber se você vem com a gente? - perguntou e por alguns segundos fiquei sem reação

- Merlim... Vocês por acaso perderam a cabeça?! E p..por que eu? Por que querem que eu vá?
- para de sempre perguntar tudo e fazer grandes tempestades em copos d'água Josie, sei lá.. só achamos que seria divertido vocês virem com a gente, tenho certeza que Lizzie topou! qual é Jojo vamos?! nunca aconteceu nada e não vai ser dessa vez que vão nos pegar - E..eu não entendo, você por exemplo é nerd e provavelmente vai fechar a prova, então por que rouba-la Enid?
- questionei e a morena deu de ombros ao me fitar com um sorriso largo - como eu disse é divertido e bom, faremos com ou sem você eae o que me diz você vem?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...