História Changed Fates - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bulma, Chaos, Goku, Kuririn, Lunch, Mestre Kame, Mestre Karin, Oolong, Piccolo, Pual, Sr. Popo, Tenshinhan, Yajirobi, Yamcha
Tags Dragon Ball, Universo Alternativo
Visualizações 23
Palavras 1.928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Leiam as notas finais!!

Capítulo 3 - O Rei Macaco Vs. O Rei Demônio!!


Alguns momentos depois, a Equipe do Dragão já haviam conseguido 3 Esferas e estava rumando em direção da quarta. Eles desceram numa clareira, onde viram um homem um tanto quanto gordo, vestindo uma espécie de quimono laranja com listras negras, carregando uma espada, ele tinha um colar com uma esfera alaranjada com uma estrela vermelha no meio. Ao seu lado havia uma fogueira apagada e ossos de algo que parecia um dragão. Apenas Goku saiu do veículo, andando lentamente até o homem gorducho.

- Ei, quem é você? – Perguntou o samurai.

- Meu nome é Son Goku. – Respondeu o garoto.

- Nome estranho, eu sou Yajirobe.

- Olha, eu não tenho tempo para isso, me dê logo essa Esfera do Dragão no seu pescoço.

- Não.

- Não, sério, você precisa me dar ela, agora.

- Por que eu deveria, até onde eu sei, você não é diferente desse cara que eu matei, ele também queria a Esfera. – O homem chamado Yajirobe apontou para o esqueleto ao seu lado.

- Eu preciso da Esfera para reviver meu melhor amigo que foi morto por um demônio.

- Oh, nossa, me desculpe, isso é realmente muito convincente, toma aqui essa Esfera do Dragão para você, “Senhor Quero-Reviver-Meu-Amigo”. – Debochou Yajirobe cruzando os braços.

- Você vai me passar essa Esfera ou eu vou ter que tirá-la à força?

- Gostaria de ver você tentar.

- Você que pediu. - Goku partiu para o ataque, Yajirobe logo percebeu que seu oponente era rápido, e tentou bloquear o golpe, mas no segundo antes de ser atingido, Yajirobe viu os cabelos negros de Goku se tornarem dourados por um único instante. Quando o golpe atingiu o braço do samurai, ele foi lançado numa rocha que estava próxima, abrindo uma cratera nela.

- Seu moleque, você quebrou meu braço!

- Já disse, você que pediu.

Yajirobe tentou rebater o argumento, mas viu que não podia ganhar essa. – Tá bem, tá bem, leva a Esfera.

- Obrigado. – Goku pegou o orbe, e estava se dirigindo aos seus amigos quando algo chamou sua atenção, ele olhou para cima por um momento, até que um ser verde humanoide, com escamas no corpo e asas, surgiu. – Quem é você?

- Tambourine. – Respondeu o monstro, sua energia era maligna, então Goku ficou bastante atento. – Son Goku, foi você que matou Cymbal?

- Quem é Cymbal? Como você sabe o meu nome?

- Creio que Cymbal seja aquele dragão gordo que eu matei. – Disse Yajirobe entrando na conversa.

- Então foi você que matou meu irmão? Você não parece grande coisa. – Tambourine tinha um sorriso maléfico no rosto. – Bom, sendo assim, você vai pagar caro.

- Ei, não me ignore, como você sabe o meu nome? – Goku perguntou mais uma vez, agora um pouco mais irritado.

- Eu sei seu nome pois meu pai, o grande Piccolo, me mandou matar os Artistas Marciais dos últimos torneios. – Respondeu o demônio.

- Então foi você que matou Kuririn? – Goku estava começando a ficar um pouco nervoso.

- Quem? O monge careca? Sim, fui eu mesmo, mas não é algo para se gabar, ele não era lá grande-

- Maldito! – Goku interrompeu Tambourine com um grito. – Eu vou matar você!

- Você? Me matar? – Tambourine explodiu em risadas. – Não me faça rir, garoto.

- Você vai ver! – Goku ativou a Forma Dourada e partiu para cima do demônio verde.

Com um único movimento, Goku atravessou o peito de Tambourine com um chute, matando seu oponente com um único golpe. Assim que o corpo sem vida de Tambourine atingiu o chão, Goku desativou a Forma Dourada e caiu com um joelho no chão, amparando o corpo com a mão no chão. – Droga, essa forma ainda suga bastante energia.

Bulma saiu correndo do avião e parou ao lado de Goku. – Você está bem?

- Só um pouco cansado, Bulma, não precisa se preocupar.

- Ótimo, pois a luta ainda não acabou.

- O que quer dizer?

- O Radar do Dragão capitou 3 Esferas se movendo rápido nesta direção, achamos que é Piccolo. – Respondeu Bulma com um olhar de preocupação. – Você tem certeza que está bem? Se achar que não, é melhor irmos agora.

- Não, é melhor acabarmos logo com isso, se for Piccolo, eu vou por um fim nisso. – Goku olhou Bulma no fundo dos olhos e deu um largo sorriso. – Volte para o avião, Bulma, diga a todos que não se preocupem, eu vou acabar com a raça dele, vai ficar tudo bem.

- Certo. – Bulma começou a se afasta, com um olhar preocupado dirigido ao seu velho amigo.

- Yajirobe, eu acho melhor você ir com eles. – Disse Goku, olhando para o samurai gordo que se aproximava dele.

- Por que?

- Por que Piccolo provavelmente está vindo nesta direção.

- Piccolo? O demônio Piccolo?

- Esse mesmo.

Yajirobe não falou mais nada, apenas se dirigiu para a aeronave, mas antes de entrar, ele olhou para Goku. – Ei, garoto, pega. – Então ele atirou uma pequena semente verde. - É uma Semente dos Deuses, ela cura seus machucados e recupera sua energia.

- Eu sei o que elas fazem. – Goku respondeu pegando e engolindo a Semente. – Tem gosto de cura.

- Eu não vou nem perguntar. – Falou Yajirobe entrando na aeronave, se juntando aos outros.

Goku não teve que esperar muito para Piccolo dar as caras, uma enorme aeronave preta apareceu na linha do horizonte. A medida que ela ia se aproximando, todos podiam sentir o poderoso ki maligno que nela estava. Quando a nave estava acima de Goku, um homem pulou dela. – Aí está ele. – Goku disse para si mesmo, assumindo uma postura mais séria e entrando em posição de combate. Um homem verde e alto caiu de pé na frente de Goku, ele tinha a pele enrugada e escurecida, duas antenas brotavam de sua testa, os músculos de seus braços eram rosados. Ele vestia um manto azul com o símbolo “demônio” no meio, uma capa vermelha e sapatos marrons. – Você é Piccolo, o cara que mandou Tambourine matar Kuririn e roubar minha Esfera do Dragão, não é? – Vociferou Goku.

- Suponho que sim, e você tem mais Esferas do Dragão em sua posse, não é? – Rebateu o demônio.

- É realmente o demônio Piccolo! – Exclamou Yajirobe de dentro da aeronave. – Ele voltou!

- Tenha calma, garoto, Goku pode cuidar disso, eu tenho certeza. – Tranquilizou Mestre Kame.

- Você deve ser forte, garoto, já que você foi capaz de matar os meus filhos. – Disse Piccolo com um meio sorriso.

- Eles eram o aperitivo, você será o prato principal! – Goku falou, cerrando os punhos. – Você está morto!

Piccolo ri, uma risada macabra que gelou as espinhas de todos que estavam próximos, exceto Goku. – Você não parece conhecer o meu poder, a minha ferocidade! Faz um tempo que eu venho desejando matar alguém, mas você não parece ser merecedor da minha fúria! – Ele continuou sua risada, até que ela parou, deixando apenas um sorriso.

- Cale a sua maldita boca! – Exclamou Goku, avançando na direção de Piccolo, desferindo dois rápidos socos, que foram bloqueados com facilidade pelo demônio.

- Você é rápido, garoto, mas não rápido o suficiente! – Piccolo falou empurrando Goku com os dois braços e tentando dar uma rasteira no garoto, mas o mesmo pulou para desviar, dando uma cambalhota no ar e dando um chute com os dois pés no rosto de Piccolo, que recuou dois passos e segurou seu nariz.

- Já mandei você calar a boca! – Goku não deu tempo para ele se recuperar e já partiu para cima dele. Piccolo estendeu um braço tentando dar um soco no garoto, felizmente, Goku estava atento, fazendo uma manobra no ar e deu uma cabeçada na barriga de Piccolo, mas ao invés de ser arremessado para três, o Rei dos Demônios agarrou Goku pelos braços, girou-o no ar, colidiu o corpo do garoto contra o chão e em seguida o arremessou para longe.

- Você está muito confiante por ter acertado alguns golpes, garoto! – Piccolo continuou seu ataque estendendo uma das suas mãos e atirando um poderoso raio de energia na direção de Goku.

Goku se viu encurralado, neste momento ele poderia ser morto se fosse atingido por um golpe daquela magnitude, então ele focou toda a sua raiva acumulada e ativou sua Forma Dourada, usando sua velocidade para escapar do ataque com facilidade. Piccolo, ao sentir tamanho poder, entrou em choque, mas ainda assim tentou atacar o garoto. Ele arriscou um golpe de karatê no pescoço do pequeno, mas ele bloqueou com seu antebraço, sem nenhuma dificuldade, na verdade, ele não sentiu nada que não fosse uma cócega. Piccolo recuou seu braço e tentou um soco direto no rosto do lutador, que foi recebido sem nenhuma resistência.

Mas Goku ainda estava parado no mesmo lugar, ele agarrou o pulso de Piccolo, que ainda estava conectado com seu rosto, puxou-o mais para perto e deu uma rasteira, que derrubou o demônio mais velho de costas no chão, mesmo assim, Goku não soltou seu pulso. – Espero que esteja preparado. – Goku falou momentos antes de puxar com força o braço do demônio, que foi separado do corpo. Piccolo soltou um grito de agonia, segurando o local onde costumava ficar seu braço, aqueles que estavam assistindo ficaram chocados com a ação de Goku.

Piccolo esticou seu outro braço, se agarrando numa árvore distante do garoto com cauda e se puxou para perto dela. Ele se levantou com dificuldade e encarou Goku. “Como um moleque como ele pode ter tanto poder?” Pensou o demônio, ele grunhiu de dor e com um grito de raiva ele fez um novo braço crescer. – Quem é você?! – Ele perguntou entrando em pânico.

- Eu sou Son Goku, e você me deixou muito irritado. – Goku disse andando lentamente até o demônio.

- N-não, não se aproxime! – Berrou o demônio olhando com medo para o garoto a sua frente. “Não, não pode ser, não pode existir um ser mais poderoso do que eu, eu não admito isso! Eu deveria ser o Rei Demônio Piccolo, o Rei deste mundo!”, pensou o demônio verde, então ele abriu sua boca amplamente e exclamou. – Espero que você seja realmente forte, pois eu não vou me segurar com esta técnica! – Ele abriu ainda mais a boca e soltou um raio massivo de energia por ela.

Mas Goku não se importou, ele apenas desviou o golpe para cima com a sua mão e continuou andando na direção do demônio. “É melhor eu acabar logo com isso antes que a Forma Dourada roube toda a minha energia!” pensou Goku.

E, com este pensamento, Goku avançou na direção de Piccolo, dando um soco em sua barriga, fazendo o demônio curvar-se para a frente, então Goku pulou por cima dele e deu um chute em sua nuca, que o mandou voando na direção da aeronave onde se encontravam Bulma e os outros. Mas Piccolo nunca chegou a atingir a nave. Goku apareceu na sua frente, e antes que ele pudesse reagir, chutou-o para cima. – Este é o seu fim, Piccolo! Ka... – Goku juntou suas mãos ao lado de seu corpo. – Me... – Uma esfera de energia se formou entre as palmas. – Ha... – Piccolo começou a desacelerar em sua subida. – Me... – A esfera nas mãos de Goku se expandiu, Piccolo olhou para Goku, um pouco tonto, tentando entender o que havia acontecido. – Ha! – Goku disparou o Super Kamehameha, que se chocou com Piccolo antes que ele pudesse reagir. O raio de energia engoliu o demônio e desintegrou seu corpo. Goku desativou a Forma Dourada e caiu de costas no chão, exausto.


Notas Finais


Bom, por onde começar? Primeiramente, eu decidi fazer esta luta do Yajirobe com o Goku pelo simples fato de que Yajirobe já tinha enfrentado Cymbal, que também queria a Esfera dele, se uma pessoa suspeita lhe pede a Esfera e logo em seguida outra aparece pedindo a mesma, é de se esperar que esta pessoa não seja confiável, não é?
Eu decidi pular a luta contra o Cymbal por que eu quero contar as coisas do ponto de vista do Goku, e ele não viu a luta, então... A luta contra o Tambourine também foi curta, mas já era de se esperar que o Goku iria usar toda a sua raiva contra o assassino de seu melhor amigo.
Sobre a luta contra o Piccolo, eu ia deixá-la para o próximo capítulo, mas isso ia mexer na estrutura do Capítulo 4, então achei melhor deixar tudo em um único capítulo; e caso não tenham percebido, Piccolo Daimaoh não expeliu o ovo do Piccolo Junior, e agora? O que será que vai acontecer?
Espero que tenham gostado, fiquem bem e até segunda, com mais um capítulo de Changed Fates.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...