História Changes... - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Ed Sheeran
Personagens Chay Suede, Ed Sheeran, Personagens Originais
Tags Chay Suede, Ed Sheeran, Famosos, Fotografia, Gravidez, Viagem
Visualizações 143
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


No episódio anterior...

Eu e o Ed fomos tirar o sangue para o teste e o silêncio durante o caminho foi muito estranho, a gente só trocou algumas, poucas, palavras desde que a gente "discutiu", isso é um saco, eu conversei com o Gustavo e decide e ir falar com o Ed, mas ele está de malas feitas...

Capítulo 37 - Trato É Trato.


Fanfic / Fanfiction Changes... - Capítulo 37 - Trato É Trato.

São Paulo, 29 de junho de 2017.

Eu cheguei e fui direto para o quarto, eu me deitei e fiquei encarando o teto, eu realmente não entendo ela, a gente estava tão bem, eu estou com raiva de mim por ter pedido ela em namoro, mas estava tido tão bem que eu achei que ela iria aceitar, que merda que eu fui fazer!

Depois de algum tempo pensando eu decide me levantar e arrumar minhas coisas, eu vou ir logo para os Estados Unidos, eu estava colocando uma camisa na mala quando eu ouvi uma batida na porta, eu fui na direção da porta respirei fundo e abri. Ele me encarou e então olhou por cima do meu ombro e viu a mala aberta, ela voltou o olhar para mim.

-O que foi? Você vai embora? -Ela pareceu surpresa e triste.

"Eu não entendo essa mulher"

-Vou. -Foi a única coisa que eu falei.

-Mas você já comprou a passagem?

-Não, eu vou mandar uma mensagem pro Stu agora. -Eu falei ela ficou olhando para o chão. -Tudo bem? -Eu perguntei, ela me encarou e sorriu, como eu amo o sorriso dela.

-Tudo, eu vou deixar você arrumar as malas então. -Ela falou e saiu.

-Camille. -Eu falei e ela se virou para me encarar. -O que você ia falar? -Eu perguntei me aproximando dela.

-Deixa para lá. -Ela falou e se virou.

-Qual é Camille. -Eu falei segurando a mão dela, ela se virou e me encarou.

-Eu, sinto muito. -Ela falou e eu sorri.

-Eu também. -Eu falei e dei um sorriso de lado.

-Tem como você ir amanhã é que, você tem que assistir um filme de terror comigo e assistir de dia não tem graça. -Ela falou e eu dei risada.

-Eu vou ter mesmo que ver esse filme? -Eu falei e ela sorriu.

-Se você for ficar. -Ela falou dando de ombros.

"Como a gente briga e se acerta tão de repente?"

Eu sorri e dei um beijo nela, ela correspondeu o beijo e passou as mãos no meu cabelo, eu abracei a cintura dela e a apertei um pouco. Quando o beijo terminou ela me encarou sorrindo, eu também sorri.

-Sem compromissos? -Ela falou olhando nos meus olhos.

-Sem compromissos. -Eu falei e a beijei de novo.

Sim, eu quero compromisso, quero casar, ter filhos, mais do que o que já vamos ter, eu quero tudo isso, mas sabe, o que eu quero não importa tanto assim se não for com quem eu quero, e eu sei que é cedo para saber mas eu realmente estou achando que amo ela, ela me faz rir e esquecer os problemas como ninguém, mas ela também me faz ficar confuso e pensativo como ninguém ela me faz sentir de tudo e eu adoro isso!

-Então, vamos terminar de ver Harry Potter. -Eu falei a abraçando de lado e indo na direção da sala.

-Caramba, são muitos filmes. -Ela falou e eu sorri.

-São os melhores filmes do mundo então é bom que sejam muitos. -Eu falei e me sentei no sofá, ela se sentou apoiada em mim.

-Eles até que não são ruins, mas não são os melhores. -Ela falou e eu balançei a cabeça negativamente.

-Você não sabe dar o devido valor a uma obra de arte dessas em forma de filme. -Eu falei e ela deu risada.

-Ok, Eduardo, não exagera. -Ela falou e eu sorri.

-Eduardo? -Eu perguntei e ela se virou para mim sorrindo.

-É Edward em português. -Ela falou e eu sorri.

-Por isso que às vezes tem gente que me chama assim nos comentários. -Eu falei me lembrando de não entender ao certo o porque daquilo. -Até que soa legal. -Eu falei dando de ombros.

-Pois é Eduardo. -Ela falou rindo. -Agora você já pode dar play no filme? -Ela falou e eu dei risada.

-Para quem não está afim de assistir até que você parece empolgada. -Eu falei e dei um beijo no topo da cabeça dela.

-Eu estou mais ansiosa para quando a gente for assistir o filme que eu escolher. -Ela falou e eu dei play no filme. Eu realmente não gosto da ideia de assistir um filme de terror, mas trato é trato.

-Meu Deus, esse é o final? -Ela perguntou e eu dei risada.

-Sim. -Eu falei e ela me encarou.

-Nossa, agora eu realmente gostaria que tivesse mais filmes! -Ela falou e eu sorri.

-Eu falei que eram os melhores! -Eu dei um grito empolgado.

-Não é isso. -Ela falou rindo. -É como quando aquela série que você gosta mas não é fã acaba e você fica querendo mais. -Ela falou e eu sorri.

-Camille Oliveira, você pode falar o que quiser, mas eu sei que assim que eu for embora você vai assistir tudo de novo. -Eu falei e ela sorriu.

-Eu não prometo nada. -Ela falou e deu um sorriso de lado. -Eu vou tomar um banho e depois eu escolho um filme de terror para gente assistir. -Ela falou se levantando e eu revirei os olhos.

-Já que eu sou obrigado. -Eu falei e me levantei, ela deu risada.

-Eu vou pegar leve com você. -Ela falou e me deu um selinho, eu a puxei mais para perto e intensifique o beijo, ela mordeu meu lábio inferior e eu sorri. -Vamos. -Ela falou se afastando de mim e me guiando para o quarto dela.

-Sempre que você quiser. -Eu falei e ela deu risada.

P.O.V Cami.

Nós saímos do banho, eu pedi uma pizza e nós fomos para o sofá, eu peguei o controle e coloquei Insidious, que não dá muito medo, mas é bem legal. Cinco minutos depois do filme começar a campainha tocou.

-Deve ser a pizza, eu vou abrir. -Eu falei me levantando do sofá.

Eu fui até o portão, era a pizza, eu paguei e voltei para casa, eu fui para o sofá e coloquei a caixa da pizza sobre a mesinha de centro, abri e peguei um pedaço, o Ed também pegou um, ele parece estar nervoso.

-Calma, majestade. -Eu falei sorrindo. -Não é tão ruim assim. -Eu falei e dei uma mordida no meu pedaço de pizza.

-Mas assusta, eu sou medroso. -Ele falou e eu dei risada. -Não é para ficar me zoando depois. -Ele falou e eu me segurei para não rir. -Pelo menos não em público. -Ele falou sabendo que eu não aguentaria não zoar ele.

-Ok, eu não vou te zoar em público. -Falei ainda rindo e dei um beijo na bochecha dele e nós voltamos a atenção para o filme.


Notas Finais


Tarde? Sim, mas o importante e que saiu kkkk. Enfim desculpem a demora é que dia de sábado é difícil.. mas e aí o que acharam? Eu não consigo ver esses dois brigados então sim eles voltaram kkkkk!

Gente eu vi no Face que o Ed disse que Happier vai ser o próximo single (possívelmente o último) do Divide e mano se isso for verdade eu vou pirar!! Quem me conhece sabe que Happier (apesar de amar Perfect) é a minha favorita do ÷, então eu tô muito empolgada, todo mundo que Dive como single e eu também mas Happier é uma relação profunda de amor 💙💙💙💙
O que vocês acham disso?

Beijão e até o próximo capítulo 😘✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...