1. Spirit Fanfics >
  2. Changes >
  3. You are The Music in Me

História Changes - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente, espero que gostem do capítulo de hoje!!
Se puderem, continuem comentando, é muito bom saber a opinião de vocês!!
Beijão e boa leitura! <3

Capítulo 9 - You are The Music in Me


Fanfic / Fanfiction Changes - Capítulo 9 - You are The Music in Me

Scarlett estava na biblioteca depois da aula estudando. Ou melhor, ela estava tentando estudar, mas só ficava pensando na briga que tivera com a mãe no dia anterior.

Flashback on

"Você não vai participar desse musical e pronto!"- A mãe da loira exclamou.

"Mãe, eu só vou ajudar no figurino e na divulgação. Não vai tomar muito o meu tempo. Além disso, vou ficar livre de todos os trabalhos do semestre."

"Você sabe que tem mais o que fazer do que participar dessa palhaçada. Pode muito bem dar conta de todos os trabalhos, pelo menos não vai perder uma tarde por semana nisso. Não adianta discutir. Você sabe que tem que cuidar do seu corpo, ir na academia, tem seu compromisso com a agência e tem que estudar outras matérias. Ou vai continuar com aquelas notas horríveis em química que só deus sabe como você passou de ano?"- Ela suspirou- "Eu sei que você é um rostinho bonito, mas precisa ser mais do que isso."

"Mãe, eu sei que tenho minhas responsabilidades, mas vou conseguir dar conta de tudo e ..."

"Minha resposta é não, Scarlett."

As lágrimas já escorriam pelo rosto da loira quando ela assentiu com a cabeça e foi para o seu quarto.

"Hey, maninha, não liga pro que ela falou, ok? Ela tá com a cabeça quente..."- Seu irmão apareceu em seu quarto.- "Quer um abraço?"- Ela balançou a cabeça positivamente e sentiu os braços malhados do mais velho em volta do seu corpo.

Flashback off


"Oi, Terra chamando Scarlett..."- Shawn balançou a mão na frente da garota, tirando-a de seus devaneios.

"Oi, desculpa, tava com a cabeça em outro lugar."

"Percebi."- Ele sorriu e se sentou na cadeira vaga ao lado dela.- "Não sabia que ficava aqui estudando depois da aula."

"Às vezes eu fico, principalmente quando preciso estudar algo que eu acho muito difícil porque aqui consigo ir atrás dos monitores e tem outros livros didáticos."

"Entendi... E qual é essa matéria que está tirando seu sono?"

"Química."

"Até que tenho facilidade nessa matéria. Não sou o gênio da química, mas posso te ajudar se quiser."

"Sério? Eu aceito sem dúvida."

"Mas tem uma condição..."

"Lá vem..."- Ela revirou os olhos.

"Preciso de ajuda pra ensaiar as falas do musical e algumas músicas... A maioria é dueto..."

"Não sei, Shawn, não vou mais participar do musical, saí da organização pra ter mais tempo pra estudar..."

"Sério?!"- Ela assentiu.- "Mas o ensaio vai ser meia-horinha por semana, uma hora no máximo. Eu te ajudo em física e depois você me ajuda nisso, pode ser?"

"Tá, tudo bem."

"Pode ser toda quinta depois da aula?"

"Não sei se dá, tenho teste de líder de torcida essa semana e se for aprovada os ensaios vão ser quinta..."

"Que bonito hein, loira. Não pode me ajudar porque tá sem tempo, mas vai ser líder de torcida..."

"É que..."

"Não precisa se explicar."- Ele riu fraco.- "Sexta então?"

"Sexta é um bom dia, combinado."

[...]

A semana havia passado devagar, por algum motivo –ainda desconhecido– a loira esperava ansiosamente pela sexta que parecia não chegar nunca. 

Na quinta, o teste de líder de torcida havia sido ótimo. Scarlett e Julie foram aceitas na equipe com facilidade e, como o esperado, os ensaios seriam toda quinta depois da aula. Com isso a mãe da loira não se importaria, pois sempre apoiou a filha nesse quesito. Isso poderia parecer contraditório para todo mundo, uma vez que a mais velha havia vetado a participação da filha no musical devido a falta de tempo da mesma. Mas, para a mãe, ser líder de torcida era fundamental no colegial, já que deixaria a filha sempre nos holofotes e ajudaria com créditos para a faculdade.

E finalmente a sexta chegou. Foi difícil convencer a mãe da loira que ela iria somente estudar com Shawn, mas a mais velha se deu por vencida e concordou. 

Depois da aula, Scarlett se encontrou com Shawn e Peter, uma vez que Claire fez questão que a garota almoçasse em casa com eles. Chegando lá, a matriarca foi muito simpática como sempre e depois do almoço as duas conversaram até Shawn lembrá-las de que eles precisavam estudar.

"Vamos ficar lá fora, tem mais espaço."- Ele sugeriu e ela concordou, seguindo o rapaz até os fundos da casa.- "Então, vamos começar?"

"Vamos."- Ela riu fraco.- "Tá, eu tenho muita dificuldade na parte de físico-química, mais especificamente soluções... Fico toda perdida quando tem aula prática."

"Que bom. Quer dizer não é bom você ter dificuldade, mas é bom ser nessa parte porque é uma das que sou melhor."- Ele passou a mão pelos cabelos sem graça.- "Vamos começar com a base, preciso saber o que você já sabe..."

"Os conceitos gerais eu sei, quer dizer, mais ou menos."- Ela riu.

"Sabe o que são soluções saturadas, insaturadas, misturas e etc?"

"Uhum. Me perco quando começa a parte dos cálculos..."

"Entendi. Abre a apostila, vou te explicar com exercícios."- Ela assentiu.- "Ele te dá uma solução base com o número de mols, por exemplo, e a quantidade de solvente... É só fazer uma regra de três. Não é difícil."

"Pra você não é."

"Tô falando sério, Lett. Uma dica é anotar os dados e depois vê o que a questão pede. Deixa eu te mostrar..."

Aos poucos Shawn foi mostrando para a loira que a matéria não era um bicho de sete cabeças como ela imaginava. Era só ter paciência e praticar. Em um certo momento, a garota parou e ficou observando ele falar. Seus cachos perfeitamente bagunçados caíam sobre a testa do rapaz lhe dando um charme especial, sua voz rouca explicando a matéria com tanta vontade prendia a atenção da loira. Naqueles minutos de devaneios, ela observou a tatuagem que ele tinha entre os dedos, era um pequeno elegante que ela nunca havia percebido antes.

"Lett?"- Ele a chamou.- "Acho melhor pararmos por hoje, o que acha?"

"É... Eu... Pode ser."

"Vou fazer uns sanduíches pra gente."

"Não precisa, acabei de fazer."- Claire apareceu com uma bandeja com dois sanduíches e dois copos de Nescau.- "Não esqueci do seu favorito."- Ela sorriu e pisocu para a garota.

"Orbigada tia."- Os dois jovens falaram ao mesmo tempo e riram.

"Eu não tinha visto essa tatuagem antes..."- A loira comentou.

"Na verdade, você viu quando a gente tava na casa de praia..."

"Sério?! Não acredito que não me lembro, que vergonha..."- Ela abaixou o olhar.

"Tudo bem. Essas coisas acontecem."- Ele sorriu gentilmente.- "É o animal preferido da minha mãe, além de significar boa sorte, determinação e sabedoria... Passei por uns momentos complicados e fiz pra lembrar do apoio que tive não só da minha mãe, mas da minha família também e lembrar que é sempre preciso ter sabedoria e determinação para passar pelos momentos difíceis..."

"Que lindo... Sabe, achava que você era diferente..."

"Isso é bom ou ruim?"

"É bom. Achei que você era um pouco arrogante e metido, mas você é legal e gentil. Deveria deixar todo mundo ver esse seu lado."

"É complicado... Quando muitas pessoas sabem que você é bonzinho, mais pessoas vão querer se aproveitar de você..."- Ele suspirou.- "Enfim, acho que tá na hora de você me ajudar."

"Já aviso que não sou atriz e não canto bem."

"Primeiro, você canta muito bem. Segundo, duvido que não saiba atuar nem um pouquinho."

"Não duvide da minha incapacidade."- Eles riram.

"Aqui está o roteiro. Só temos o início ainda e algumas músicas que eles vão encaixar depois..."

"E qual é a história?"

"É sobre um casal que enfrenta algumas dificuldades, mas fica junto no final pelo o que eu entendi... Só espero que não tenha nenhuma cena de beijo."

"Não quer beijar as gatinhas do colégio?"

"Não é nem isso. É porque a garota que vai fazer par comigo é a namorada do meu primo."

"É teremos um problemas se tiver beijo."- Ela riu fraco.- "Mas por que não ensaia com ela? Ela vive aqui."

"É complicado... Ela se acha muito boa, já que sempre faz a peça, acha que os ensaios no colégio são o suficiente."

"Entendi... Então vamos, que parte quer ensaiar?"

"Podemos começar com a música Você é a Música em Mim? Ela que começa cantando e tenho medo de errar a entrada..."

"Pode sim."

O rapaz mostrou a música, ensinou a melodia para ela, botou a parte instrumental de fundo e acompanhou tocando o violão, indicando quando ela deveria começar.

"Na na na na

Na na na na, sim

Você é a música em mim"- Ela começou a cantar docemente.

"Você conhece as palavras Era Uma Vez

Elas te fazem ouvir?

Tem uma razão

Quando você sonha

Você tem uma chance pra encontrar

Um pouco de risada ou felicidade para sempre"- Ela olhou pra ele buscando uma aprovação e recebeu um olhar encantado do moreno 

"Você é a harmonia, pra melodia

Que está ecoando dentro da minha cabeça

Única voz

Acima de ruídos

Como um amigo comum

Hmm, você está me puxando" - Ele se juntou a ela nos trechos, mantendo seus olhos fixos no dela.

"Quando eu ouço minha música favorita

Eu sei que nós nos pertencemos" - Ela cantou e, em seguida, sentou em cima da mesa.

"Oh, você é a música em mim

Yeah, ela vive em todos nós

E nos trouxe aqui, porque

(Porque) você é a música em mim

Na na na na (oh)

Na na na na (Sim, sim, sim)

Você é a música em mim" -Eles cantaram juntos. Na porta que dava acesso ao lado de trás da casa, estavam Claire e seus filhos admirando a cantoria, mas ambos os jovens estavam tão concentrados que não os viram ali.

"É como se eu te conhecesse antes de nos encontrarmos

Não posso explicar isso

Não tem nome

Eu cantei pra você palavras que nunca tinha dito

E isso foi fácil, muito fácil" - Ambos cantaram completando os trechos um do outro.

"Porque você vê o real em mim, eu vejo

Como eu sou, você entende

E isso é mais do que eu já conheci

Para ouvir sua voz (ouça sua voz)

Acima do barulho

E sei, eu não estou sozinho

Você está cantando para mim, ooh, yeah

Quando ouço minha musica favorita

Eu sei que nós pertencemos

Você é a música em mim

Está vivendo em todos nós

E nos trouxe aqui porque

Você é a música em mim" - Ele cantou sozinho, enquanto se sentava ao lado da garota mexendo a perna no ritmo da música. No fundo, aquelas palavras eram verdadeiras para ele. Ultimamente ele se sentia inspirado a escrever novas músicas e isso era graças a loira que o encarava com um brilho no olhar.

"Juntos nós vamos cantar

Nós temos o poder de cantar

O que sentimos

Conectado e real

Não pode manter tudo dentro" - A loira se juntou a ele.

"Na na na na (oh yeah)

Na na na na (oh yeah)

Na na na na (Sim, sim, sim)

Você é a música em mim" - Os dois terminaram a música em perfeita sintonia. Aqueles dois jovens pareciam ter nascidos para cantar juntos. Era a primeira vez que eles cantavam aquela música e ela havia ficado perfeita, igual no dia do karaokê. 

Eles se olharam por um tempo, não precisavam trocar uma palavra, o sentimento surgia por si só.  Ah, como Shawn queria beijá-la naueke momento, mas não podia. No entanto, era inegável a química que rolava entre os dois e aos poucos eles iam começar a perceber isso.

"Uau, isso foi... Foi perfeito. Estou sem palavras."- Claire disse, aplaudindo os jovens.

"Nós... Eu... Não sabia que estavam aí."- Lett disse envergonhada.

"Vocês são incríveis. Por que não fez o teste para participar, Lett? Eu sei que minha namorada vai ser a protagonista, mas vocês dois combinam muito..."- Ele disse a última parte mais baixo, porém de maneira audível.

"Eu falei que ela era incrível, mas não quer que as pessoas saibam desse dom."- Shawn disse revirando os olhos.

"É que eu sou tímida e não me acho tão boa."

"Scarlett, você é modelo, como pode ser tímida?"

"É diferente. Lá sou eu, o fotógrafo e a câmera. E não uma centena de pessoas me encarando esperando que eu arrase oi estrague tudo."

"Não pensa nisso, minha menina, você é ótima, jamais estragaria tudo."- A loira sorriu.

"Lett, você canta muito bem, sabia? Eu adorei."- O irmãozinho de Peter a elogiou.

"Você acha mesmo?"- Ele assentiu.- "Então vem me dar um abraço e um beijo porque eu já estava com saudades de você, pequeno."- O garotinho sorriu façeiro e correu até a garota.


Notas Finais


P.s.: A música é "You are The Music in Me" do High School Musical.
Adoro esses filmes, então provavelmente vai ter mais alguma citação dele :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...