1. Spirit Fanfics >
  2. Changes (Cole Sprouse, Lily Collins) >
  3. Separados novamente

História Changes (Cole Sprouse, Lily Collins) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura, espero que gostem do capítulo novo.
Obrigada por ler!!!!!

Capítulo 5 - Separados novamente


Fanfic / Fanfiction Changes (Cole Sprouse, Lily Collins) - Capítulo 5 - Separados novamente

           Cole ficou chocado ao voltar para a boate e ver Lily na pista dançando como se não tivesse perdido a irmã. Ele escorou no balcão e pediu uma bebida enquanto observava ela dançando. Ela lembrava muito a Amanda na noite que ela tinha ficado com ela pela primeira vez.

            Lily parou de dançar ao ver que Cole a observava e foi até onde ele estava.

            _Eu estou surpresa em te ver aqui. _Disse ela sorrindo.

            _Faço minhas as suas palavras. _Disse ele dando uma golada na bebida.

            _Eu não vou ficar em casa sofrendo para sempre.

            _Amanda é sua irmã.

            _Minha vida não acabou junto com a dela e pelo que vejo, nem a sua.

             Cole riu do comentário dela. Ela tinha razão, mas ele estava ali por outros motivos. Precisava de um álibi e agora tinha. Lily poderia provar que ele estava na boate naquela noite e não tinha ligação com a morte de Justin.

            _Você não sabe o que fala.

            Lily pegou o copo de Cole e bebeu um pouco depois suspirou. Ele olhou para ela, o rosto era tão familiar e atraia seus olhos, mas ele não deixaria se enganar, ela não era Amanda, nunca seria.

            _Eu sei que você se lembra de Amanda quando me vê, mas eu gostaria que você não me odiasse por causa disto. _Disse ela voltando para a pista de dança.

             Cole voltou o rosto para outra direção não queria ver Lily dançando, não porque a odiasse, mas porque sentia que a fragilidade causada por sua perda recente poderia pregar-lhes peças e ele não queria magoar Lily.

             

_Onde está seu uniforme Cole? _Perguntou o encarregado da fábrica quando ele chegou ao trabalho.

_Eu não dormi em casa e não deu tempo de passar lá e me trocar.

_Passou a noite na rua e veio trabalhar sem dormir? E se você sofre algum acidente a culpa vai ser de quem? Da empresa é claro! _Disse o homem com ironia e impaciência.

_Eu não passei a noite acordado, eu só não dormi em casa. O que é bem diferente. _Frisou Cole.

_Eu vou falar com o chefe. _Disse o homem se afastando e Cole o segurou o pelo braço.

_Espera. Eu estou de luto e nem devia ter vindo trabalhar. Não complica a minha vida ainda mais. Estou pedindo numa boa. Por favor!

_Pois se você está de luto, vai para casa. _Rosnou o homem.

_Tudo bem! Eu vou. _Disse Cole deixando o local. Teria mesmo que resolver outras coisas e passar em casa para ver o que tinha acontecido durante a noite enquanto Froy esteve por lá.

Pouco tempo depois de deixar o trabalho ele chegou a sua casa e encontrou a porta da sala encostada. A fechadura tinha sido arrebentada. Como não sabia o que lhe aguardava lá dentro ele sacou a arma e entrou tentando fazer o mínimo de barulho possível.  Froy poderia estar por lá esperando por ele ainda mais depois do fim que Justin teve.

Cole olhou por toda a casa e não encontrou nada. Depois de colocar a fechadura da porta do quarto no lugar da fechadura da porta da sala ele foi fazer suas malas. Pegou algumas poucas roupas e objetos pessoais dentro do armário e colocou em uma das bolsas de Amanda.

  A lembrança do último dia ao lado dela fez Cole desabar. Aquele quarto que tinha sido cenário do amor entre eles era também o lugar onde Amanda tinha sofrido nas mãos dos melhores amigos que ele teve em sua vida.

Cole abraçou uma peça de roupa de Amanda sentindo o cheiro dela e chorou. Jurou a ela que Froy e Lima pagariam por ter feito mal a ela e por não ter dado a ela nenhuma chance de sobreviver ao que haviam feito.

Depois ele pegou a bolsa deixando a casa onde havia vivido toda a sua vida. Deixaria para trás toda a sua história, todo o seu passado, mas pagariam por aquilo.

Lily vinha caminhando pela calçada e Cole bufou ao vê-la.

_Cole, você vai embora?

_Não é seguro ficar aqui. Arrombaram minha casa ontem à noite e também não é seguro você ficar perto de mim. Tentaram me matar e tentaram novamente. Não quero que aconteça com você o que aconteceu com Amanda.

_Para onde você vai?

_Ainda não sei. E é melhor para você não saber para onde eu vou.

Cole fitou o rosto de Lily. Ela não tinha uma pinta sobre o lábio e isto a fazia ser diferente de Amanda.

_Que foi?

_Nada. _Disse ele desviando os olhos.

Por um momento ela pensou que ele tinha se lembrado dela e da noite em que eles se conheceram na boate.

Cole abriu a porta do carro e jogou a bolsa dentro.

_Se...  precisar de mim... é só ligar... _Gaguejou ela.

_Obrigado Lily, mas eu espero não ser necessário envolver você nesta confusão que virou minha vida. Já basta Amanda ter morrido e seu pai tem razão, sou apenas um bandido ordinário.

_Cole. _Disse Lily segurando o braço do rapaz impedido ele de entrar no carro. _Cuidado!

O rapaz abraçou a cunhada. Ela arfou fechando os olhos sentindo o cheiro dele.

_Eu vou tomar cuidado Lily.

_Eu sei que você quer vingança, mas isto só vai levar você para a morte. Deixa isto com a polícia.

Cole sorriu e depois entrou no veículo.

_Vai para casa Lily. _Disse ele deixando o local.

Lily permaneceu onde estava vendo Cole se afastando dela mais uma vez. Parecia que o destino não os queria juntos de modo algum e sempre conspirava contra os dois dando um jeito de distanciá-los. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...