História Chans - The red-eyed girl - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Papyrus, Sans, Toriel, W. D. Gaster
Tags Amor, Asriel, Chara, Comedia, Drama, Frisk, Hentai, Luta, Sans, Undertale
Visualizações 37
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heya pissoas, me desculpem por sumir, e que a escritora está passando por dias ruins, (Beeeem ruins) e também, eu não abandonei a fanfic, eu só não to com a criatividade dos céus, mas hoje eusinha estou!

Bom, esse cap vai mostrar o ponto de visão da Chara, Uhullllll!

Um aviso antes:
A partir do capítulo 3, músicas serão trazidas, e conectadas com o personagem. Na minha opinião, a música que caberia bem nos 4 eram.

Chara — Bleak December de Set it off (I Love you Cody Carsson!)

Sans — Wolf in Sheep's Clothing também de Set It Off

Frisk — Innocence de Avril Lavigne (Amo demais ela, olha que fizeram a música igualzinha aqui no Pará)

Asriel — Stitches de Shawn Mendes (Maravilindo! Amo I Know What You Did Last Summer)

Enfim, Enjoy!

(Me mata)

Capítulo 2 - Você fode meu psicológico garoto


Fanfic / Fanfiction Chans - The red-eyed girl - Capítulo 2 - Você fode meu psicológico garoto

°• Chara •°

Os dormitórios estavam vazios, perfeitos para fazer um "Tur" e procurar o quarto, que irei dividir com o tal, do Sans. Afinal, hoje seria o dia que íamos nós conhecer melhor. 

Começo a andar, pelos corredores quando percebo que alguém está me perseguido, e não e a primeira vez, que me acontece isto.  

— Quem está ai! — Pergunto morrendo de medo — Fala logo!— Assim, ninguém respondeu me deixando ainda mais nervosa. 

Comecei a correr, desesperada, e chegar ao quarto 223 que e o meu, pego a chave, com as mãos tremendo e quando fui abrir, uma mão tocou meu ombro 

— Buuuh — Virei de lado, e fitei o humano atrás de mim. 

— Frisk! Você quase me mata! — Gritei nervosa, aquela sem olhos me paga!

— Desculpe Chara, pensei que era Azzy — Falou ela, timidamente, as vezes tenho orgulho de minha irmã. 

 — Aham — Cerrei os olhos — Você gosta dele, não é!?

— Hã! Que!? não! — Percebi que ela havia ficado corada. — Você sabe que eu não gosto dele!

— Que? Mentindo para irmã? — Olhei para figura que parecia um tomate — Que feiooo, Friskynny Lispector!

— Não me chame assim, Charaline Lispector! — Ela provocou. 

— Olha! Que eu parto sua cara! — Brinquei, cerrando os punhos. 

— E eu corto sua Nutella! — Ela ameaçou, bem ameaçado. 

— Pegou pesado, Maninha — Falei rindo e ela fez o mesmo. — Enfim com quem vai dividir o quarto? — Perguntei com um sorriso maroto. 

— Asriel Dreemurr! — Falou rapidamente. 

— AAAAH, E REAL! — Gritei eufórica. 

— Shiu! Alguém pode nós ouvir! — Sussurrou envergonhada — E quieta a raba ai!

— So sorry — Respondo com o mesmo tom. 

Passamos horas batendo papo, e percebemos que era hora de jantar, já que não podíamos sair da escola depois das 23:00 em ponto, saímos de meia ainda, e fomos ao refeitório, nós despedimos e fomos a mesa onde nossos colegas de quarto. 

Peguei minha bandeja, e fui a minha respectiva mesa, com meu respectivo colega de quarto. Olhando atentamente para ele, ando em sua direção, e me certifico que está tudo bem com meu rosto. 

— Olá — Falei me sentando. 

— Olá, você e Charaline Lispector? — Falou ele — Não era: Chara Dreemurr?

— Não, Toriel diz assim, porque foi ela que criou eu e minha irmã, já que minha mãe havia morrido — Respondi um tanto vermelha. 

— Oh, entendo — Ele havia olhando para o lado, e murmurado algo, que não deu para entender. 

Enfim, as vezes você conhece pessoas, que são duas caras, e espero que ele não seja, tendo pavor dessas pessoas. 

°• Quebra De Tempo •°

Todos estavam deitados, alguns dormindo, já outros fazendo plano para sair dos dormitórios. Eles mal sabiam, que Toriel e bem esperta, e colocou câmera de vigilância, a comando de Undyne. 

Me virei de lado, e vi que Sans, estava dormindo, tranqüilamente, tentava fazer esforço para dormir, mas esse maldito sono nunca chegava. Resolvi pegar um livro para ler, mas havia trazido só 5 livros, e conseguiria ler todos só hoje. 

Bufo, e pego um livro qualquer, seu nome era: A culpa e das estrelas (Charrisy- Best Livro e Filme, Chorei nos dois ;-;), Este livro e bem famoso, eu havia encontrado ele no banco da escola, e quando fui perguntar de quem era, estava escrito: Charaline aceite isso, como um pedido de desculpas. Era de Alphys, eu havia brigado feio com ela. 

Até que deu, 00:56 e meus olhos já davam sinal de cansados, eu queria ler mais o livro, mas os olhos não deixavam, maldita hora que não havia trazido a garrafa de café! Minha mãe sempre dizia: Quando ler um livro, termine-o, para saber seu final feliz, não o descarte, nem deixe de lado, se prometeu ler, leia! Não deixe para depois! Pois o fim, baterá a sua porta. 

Essa frase sempre me deixava encabulada, mas fazer o que? Deixei o livro cair sobre meu rosto, e disse. 

— To lendo, viu mãe! — Assim cai no sono, com o livro ainda no rosto

°• Dream-Sonho •°

Chara estava deitada em sua cama, com sua parte de cima nua, apenas o sutiã a protegia, quem estava em cima da garota, era Sans, com seu sorriso de sempre, com as mãos em volta de Chara, começou a dialogar com ela. 

— Nossa, está um dia lindo lá fora — Ele começou a conversar, e ela apenas assentia — Como vem passado?

— Mais ou menos — Ela falava ofegante. 

— Esta tudo bem, Kiddo — Ele falava sorrindo malicioso (Charrisy- Tenho um problema enorme, com hentai), logo retirando o casaco e em seguida a camisa. — Vamos nós divertir essa noite — Ele falou beijando a menor. 

— C-Claro — Ela falou, corada. 

°• Dream-Sonho negative •°

Puta merda!

Me levantei, ofegante e suada, Sans ainda estava dormindo, e pego o meu celular, e vejo que falta apenas uma hora, para o despertador tocar, calço minhas pantufas, e saio do quarto, indo até a quadra do dormitório, Toriel havia permitido que a gente, ficasse lá quando acordamos cedo. 

Passei a mão pelo pescoço, e me sinto um pouco ofegante, e corada, um mista de emoções, imagina o que ele vai pensar, se eu contar que tive um sonho, excitadamente, foda? Iria aceitar, isso e fingir que nada aconteceu, Iria pensar que sou uma tarada? Ou me pegar na mesma hora? Oro para que seja a primeira. 

Pera ai! Você não vai contar nada, Charaline! Boca fechada na não entra mosca!

Me levanto, e começo a andar pela quadra deserta, ninguém a vista, nem siquer uma alma, assim terei tempo para pensar na cagada que eu sonhei. 

Você fode meu psicológico garoto!


Notas Finais


Até eu fiquei corada, kddddkskskskkdkss

Espero que tenham gostado, bom essa imagem eu salvei na amino, juntamente com outras.

Aviso: O próximo cap, vai ser duas semanas depois do ocorrido, e Chans estará cada vez mais real!
Ele será mais real, que o ar que respiramos!

Beijocas da Charrisy!!

Até o próximo capítulo! ƪ(˘ᴗ˘)┐


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...