1. Spirit Fanfics >
  2. Chaos - ALLHINA >
  3. Capitulo 22

História Chaos - ALLHINA - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem se o capitulo não estiver bom ou conter alguns erros, passando por alguns problemas pessoais...

Boa leitura!

Capítulo 23 - Capitulo 22


Fanfic / Fanfiction Chaos - ALLHINA - Capítulo 23 - Capitulo 22

 

    — Sasuke, ei! — Hinata chamou pelo o Uchiha que já estava de saída do pequeno café que havia aberto em Konoha com decoração ocidental, enquanto ela estava chegando — Café sem açúcar? — Ela leu o que estava escrito no copo que o rapaz segurava e fez uma careta.

    — Eu não gosto de doces — Ele explicou e os lábios foram de encontro a bebida quente.

    — Isso é estranho. Já tentou adoçar com canela? Não fica tão doce e deve ser melhor do que esse líquido preto amargo.

    — Como você está, Hyuuga? — Sasuke perguntou por pura educação, naquele dia seu humor não estava dos melhores por questões que ele nem sequer entendia — Veio encontrar Naruto?

    — Oh sim! Ele já está aí dentro, não é? — Ela colocou a mão esquerda no peito e espiou pela janela de vidro, encontrando rapidamente uma cabeleira loira conhecida.

    — Vocês estão juntos?

    — Algo assim.

    — Você é rápida — Disse com seu tom de voz gélido de sempre — Você sabe que Naruto e Gaara são melhores amigos, não sabe?

    — O que? Você não é o melhor amigo de Naruto? — A Hyuuga sorriu em pura confusão.

    — Você sabe que Naruto é querido demais por aí.

    — Eu não sabia... que ele e Gaara eram tão íntimos...

    — Você está vermelha.

    — E-estou? — Ela questionou e seus olhos buscaram seu reflexo no vidro da cafeteria; na sua cabeça passava mil e um cenários onde Gaara descobriria seu "relacionamento" com o Uzumaki e por motivos que ela enxergava muito bem quais, pensar no ruivo ainda a afetava daquela maneira — Desculpe... eu tenho que...

    — Você está com febre? — Num ato inesperado, Sasuke colocou sua mão direita livre no rosto feminino e por alguns segundos sentiu a maciez que o rosto exalava.

    — Não... é que... Ah merda — A Kunoichi resmungou e parou para aspirar o ar quente de Konoha naquela manhã, buscando se acalmar — Eu preciso ir, ok? Lembranças para Itachi.

    — Até mais, Hyuuga — Ele sorriu discretamente e deu as costas para mulher que entrou a passos arrastados na cafeteria.

    Hinata Hyuuga estava acostumada a lidar com certos sentimentos dentro de si, principalmente os que envolvia Gaara no Sabaku, e era por isso que ela estava conseguindo seguir em frente tão bem, mas aquilo que tamborilava no seu peito era totalmente novo. Estava ela com medo de seu relacionamento com Naruto ser revelado para Gaara? Parecia tão infantil. Ambos eram adultos deveriam aceitar que coisas assim pudessem acontecer. Além disso, a Hyuuga não tinha mais esperanças que a relação com Gaara pudesse emergir do fundo do poço onde ela tinha enterrado toda a paixão avassaladora que sentia pelo rapaz, contudo imaginar ele decepcionado com ela a machucava como se tivessem enfiado uma kunai em seu peito sem aviso prévio.

    Ela sentou na frente do loiro e foi recebida com um leve tocar de lábios, que estavam felizes em se esbarrarem novamente.

    — Não sabia que você e Sasuke eram amigos — Naruto disse baixinho enquanto acenava para uma atendente.

    — Eu também não sei se somos amigos — Ela riu apoiando os braços na mesa de madeira rústica — Eu vou querer um capuccino — Pediu para a garçonete de cabelos loiros platinados e um olhar entediado no rosto.

    — É... eu também. 

    — Tudo bem? — Hinata riu naturalmente quando viu os lábios de Naruto se espremerem em um suspiro.

    — É que... Sasuke não tem muitas amigas... — Ele revelou e viu a Hyuuga gargalhar alto — O que? É só que... quando Sasuke conversa com uma mulher, quase sempre é com muitas segundas intenções envolvidas.

    — Você está com ciúmes?

    — Não...! Não tenho esse direito, certo?

    — Do que você está falando, Naruto? — Hinata passou as mãos nos cabelos longos, os soltando do coque frouxo que usava.

    — É só que... não temos nada sério para eu poder ter ciúmes, sabe? — Ele perguntou sem esperar uma resposta com um olhar nada feliz nas feições bonitas — Esquece.

    — Você quer ter algo mais sério?

    — Não quero nada que você não queira.

    — Você sequer gosta de mim, Naru.

    — Mas eu posso aprender a gostar... não seria difícil — A mão de Naruto foi até a mão livre de Hinata e a apertou carinhosamente.

    — Não? — A Hyuuga interrogou e viu o loiro acenar positivamente — Então... vamos ver no que vai dar, ok? Não precisamos apressar nada...

    — Você parece preocupada com algo — Ele se afastou dela assim que a garçonete voltou com copos de isopor cheios e depositou na pequena mesa.

    — Impressão sua — Sua mente se distraiu por alguns instantes, se ela assumisse um caso com Naruto isso significaria de alguma maneira quebrar a confiança de Gaara? — Ei, que você acha de bebermos esse café a caminho da sua casa?

    — Eu acho uma ótima ideia — Ele afirmou contente e se levantou no mesmo instante que a mulher.

    Porém antes que dessem partida rumo ao apartamento minúsculo do Uzumaki, o loiro grudou as duas testas e pressionou a sua boca na de Hinata em um beijo inocente que durou apenas alguns segundos, mas que fez algumas borboletas no estômago da Hyuuga acordarem.

    Se ela já havia sido interessada romanticamente em Naruto uma vez, ela poderia uma segunda, não é? Como ele disse... não era tão difícil, isso porque o relacionamento deles era fácil e leve.

 

..

 

    Quando a noite banhou a vila, Hinata correu até a casa dos Yamanakas para ajudar Ino a decidir qual roupa ela usaria para o encontro que teria com Sai mais tarde. Ao que tudo indicava, eles estavam marchando para algo mais sério.

    Satisfeita com o corpo que vestia um cropped lilás, Ino deu umas voltinhas, recebendo aplausos animados da Hyuuga que estava sentada em uma pilha de roupas. Depois de milhares experimentadas, finalmente a loira tinha se decidido por algo.

    — Você está linda — Hinata expressou com um sorriso pequenos nos lábios.

    — Mas...? — Ino colocou uma blusa pequena nas mãos da Hyuuga — Esse é um presente meu para você usar com sua raposinha. Experimente.

    — Obrigada, meu amor. Todavia… é algo sobre Naruto que tem me deixado ansiosa.

    — Oh, o que aconteceu? — Perguntou sentindo o coração apertar devido a feição triste que o rosto da Hyuuga ganhou.

    — Você sabe algo sobre Naruto e Gaara serem melhores amigos? — Ela tinha o tom de voz melancólico enquanto tirava sua yukata para vestir o presente da amiga — Não sei o que fazer se isso for verdade, tenho medo de Gaara ficar magoado comigo.

    — Oh meu deus! Esqueci que você saiu da vila antes, não é?

    — Então é verdade?!

    — Hina... sim... mas se Naruto não te abordou sobre, talvez não seja problema algum — Ino comentou, tirando um short jeans da pilha de roupas e jogando para Hinata que aceitou a peça.

    — Naruto é um cabeça oca — Ela ergueu a cabeça buscando conforto nos olhos azuis — E se Gaara ficar tão chateado comigo ao ponto de...

    — Ao ponto de que, Hina?

    — De não querer mais nada comigo... nunca mais.

    — Você ainda está completamente caidinha por esse ruivo, não é?

    — Eu achava que não mas parece que sim — A Hyuuga falou, colocando as duas mãos na cintura, fazendo uma pose para a loira que assobiou.

    — Super atraente — Ela sorriu e puxou a amiga para um abraço — Você precisa se deixar permitir esquecer esse kage, meu amor. Porque não dá uma chance para Naruto?

    — Eu juro que adoraria ter algo com ele... mas é óbvio que ele é apaixonado por Sakura — Respondeu não conseguindo evitar um riso triste — Sinto como se eu fosse sua estepe e ele a minha.

    — Converse com ele sobre Gaara, ok? Uma hora ele vai descobrir que vocês dois estão juntos — Ino colocou a mão na cabeça de Hinata, bagunçando levemente a franja que estava com as pontas desfiadas.

    — Eu realmente não presto, hm? Dormindo com o melhor amigo do meu ex namorado...

    — Oh, não diga isso — Ela proferiu sentindo o coração apertar por ver a amiga se colocar tão para baixo daquela maneira — Você nem sabia. E além disso, você só está um pouquinho perdida, hm? Todos nós estamos.

    — Obrigada, Ino. Por tudo — Com a voz embargada por segurar as lágrimas, que antes eram de tristeza e agora de felicidade por ter alguém como a loira na sua vida, Hinata agradeceu.

    O que importava é que no final de tudo, ela ainda teria Ino e então se ela tivesse a melhor amiga do seu lado, tudo ficaria bem.

 

..

 

    A saudade tomava conta de todo corpo de Hinata naquela manhã quando desceu e invés de treinar, resolveu cuidar do jardim que antes pertenceu a sua mãe. Estar ali, em meio a terra e as flores, sempre lhe trazia uma sensação boa.

    — Hyuuga-san — Um empregado a chamou e então ela se virou sorrindo quando deu de cara com os safiras a olhando felizes — Naruto Uzumaki está aqui.

    — Você pode nos deixar sozinhos, hm? — A voz feminina era regada de gentileza.

    Assim que a Hyuuga se viu exclusivamente com o loiro, ela pulou em seus braços procurando a sua boca rapidamente para diversos pequenos beijos.

    — Wow, isso tudo é saudade? — Naruto indagou recebendo como resposta um suspiro longo e o fim dos beijos.

    — Vamos nos sentar, ok? — Agora o tom de voz tinha uma seriedade que normalmente Naruto não via na kunoichi e então ele não disse nada, meramente a acompanhou para o jardim que florescia bonito e sentou-se ao lado dela na grama verde — Precisamos falar sobre Gaara.

    — Gaara?

    — Sim... você sabia que eu e ele tivemos um relacionamento, não sabia? — Hinata questionou com os olhos se tornando nublados como um dia chuvoso.

    — Ah... sim, mas o que é que tem? — Então quando ele viu a Hyuuga revirar os olhos cansada ele entendeu aonde aquele assunto queria chegar — Eu nunca parei para pensar nisso, Hina.

    — Não quero jamais ser um obstáculo na amizade de vocês Naru...

    — Eu não acho que Gaara ficará chateado... eu não pretendo esconder nosso relacionamento de ninguém, se escolhermos ir para frente com isso.

    — Você sempre tem as respostas na ponta da língua, hm? — Hinata comentou puxando o rosto masculino para mais perto que o seu.

    Naruto tinha razão. Bastava que eles fossem sinceros com Gaara, e também com eles mesmos para que as coisas se ajeitassem e ninguém saísse com o coração partido. As vezes ela esquecia como as coisas poderiam ser simples — pelo menos na teoria.



 


Notas Finais


Gente.

E esse Sasuke fofoqueiro???

Hinata e Ino sempre se apoiando não importa o que aconteça deixa meu coração sempre quentinho...

Comentem o q vcs acham que vem por ai nesse rolo naruxhina :P será q vai pra frente? ou será q gaara vai atrapalhar esse romance?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...