1. Spirit Fanfics >
  2. Charisk um amor quase impossílvel >
  3. Gaster...

História Charisk um amor quase impossílvel - Capítulo 18


Escrita por: laykazyng

Notas do Autor


Porque estou postando essa hr? simples! fui pra um fazenda e la n tinha sinal e meu whatssap bugou ( pq eu escrevo minhas historias por whatssap) e eu perdi tudo e tive que reescrever 2 vezes.

Capítulo 18 - Gaster...


POV chara

depois que frisk me falou oque tinha acontecido eu insisti para leva-la para o hospital ou para ligar pra undyne, mas ela é muito teimosa e me falou que estava "bem" mas eu sei que ela não esta, ela esta muito machucada eu dei alguns remédios para a mesma acho que ela esta melhorando.

Frisk: cha-chara! - frisk chama o meu nome ela estava deitada no quarto. Me levanto da cadeira e vou a onde ela esta.

Chara: frisk? esta tudo bem? - digo entrando no quarto

Frisk:E q-que eu to com um pouco de fome - ela diz me dando um sorriso docé, nem parecia que ela foi atacada a 1 hora atrás.

Chara: ... - não digo nada e apenas dou um sorriso pra ela tambem e saio do quarto para pegar sua comida. Pego um prato e coloco bastante comida pra ela, e boto bastante carne tambem que eu sei que ela gosta.

Chara: To entrando querida - digo num tom sarcastico

Frisk: puff, querida? essa é nova - ela diz sorrindo

Chara: aqui esta sua comida - digo pegando um cadeira me sentando, boto o prato ensima de uma pequena escrivania e ajudo Frisk a se sentar na cama.

Frisk: Nossa que prestativa - ela diz num tom ironico

Chara: Não enche - digo revirando os olhos, pego o prato que estava ensima da pequena escrivania - vamos coma - digo entregando o prato pra ela

Frisk pega o prato mas acho que a mesma ainda esta muito fraca e por isso quase deixou o deixou cair, mas eu segurei rapidamente.

Chara: Vou lhe da na boquinha, mas ve se não fica mimada - digo com cara de deboche.

Frisk: ... - apenas abre a boca

Chara: Você vai querer ir pra escola amanhã? - digo

Frisk: Vou (mastiga) eu quero ver o (mastiga) azzy, pra perguntar como (engole) estão as coisas no castelo - ela diz e eu boto outra colherada em sua boca

Chara: Entendi, você ainda parece fraca mas acho que até amanhã você se recupera...Mas tem certeza que não quer ir até a polícia?

Frisk: Chara, ta tudo bem - ela diz sorrindo gentilmente pra mim, mas como ela não quer que eu fique preucupada sendo que dois... DOIS HOMENS ATACAARAM ELA SEM MOTIVO??!

Chara: ta ta - digo revirando os olhos - agora coma.

<enquanto isso>

POV W.D gaster

Leo: entendi o seu plano, mas você não acha que muitas pessoas vão morrer não? - ele diz

W.D: E você se importa? - digo

Leo: Não..- ele fala enquanto vira o rosto

W.D: então eu já vou indo - digo dando de ombros e saio laboratorio

Estou quase chegando no endereço que o garoto me deu, tenho certeza que não vai ser dificil convencelo - penso, e acabo deixando um pequeno sorriso escapar...

Segunda feira 06:36

POV frisk

Eu acordo com meus dois braços doloridos mas isso não vai me impedir de ir pra escola, me levanto e vou tomar um banho e depois escovo os dentes e boto a minha roupa de sempre, um sueter azul com listras roxas e um short marrom com um tênnis comum. Depois eu vou pra cozinha e vejo chara sentada na cadeira enquanto comia seu céreal quando ela me ver ela se levanta e me beija.

Chara: bom dia - ela diz depois que se separamos do beijo

Frisk: bom dia

Chara: Quer comer alguma coisa? - ela diz se sentando novamente

Frisk: No caminho eu como um sorverte - digo me sentando do lado dela

Chara: 6:52 da manhã e você vai querer sorverte? - chara diz enquanto arqueava sua sombracelha

Frisk: Qual o poblema? - digo dando uma leve risada

Chara: nenhum, mas já que você quer parar pra comer sorverte vamos indo pra escola - chara fala botando o prato na pia e pegando sua machila, e eu faço o mesmo nos saimos de casa ela tranca a porta e bota no bolso da sua mochila e saimos andando, no caminho até a sorverteria conversamos sobre coisas aleatorias, quando chegamos lá pedimos o sorverte e graças a chara não enfrentamos fila e depois de terminarmos partimos em direção a escola.

Quando chegamos lá vimos Asriel na entrada da escola, provavelmente estava nos esperando e pela sua cara não deve ter acontecido algo de bom...

Asriel: CHARA! FRISK! - ele diz gritando e vem correndo até nos - finalmente vocês duas chegaram

Frisk e Chara: Oque aconteceu? - falamos em onissonio, depois nos entre olhamos e rimos um pouco

Asriel: E o papai e a mamãe Chara, eles tiveram uma briga feia por causa de você e a Frisk e o fato de você ter fugido de casa... e eu sinto falta de você e a frisk tambem - ele diz com uma cara triste enquanto olhava pra baixo

Frisk: Eu não posso voltar...E eu tambem não quero, sabe? - eu digo dando um sorriso forçado

Chara: E eu tambem não quero, principalmente depois do que ela disse - chara diz enquanto vira o rosto pro lado

Asriel: ta ta tudo bem entendo - ele fala enquanto da de ombros e saí andando até a sala de aula e nos o acompanhamos depois de um tempo o professor Gaster entrou na sala, ele botou os livros encima da mesa e tirou da bolsa um carderno com varias anotações e rabiscos...

Gaster: Hoje vai ser uma aula um pouco diferente... - ele diz e fecha o caderna bota as suas mãos na mesa e olha pra turma - Algum de vocês sabem algo sobre as almas especiais humanas?

"Mas as almas não são todas iguais?" - alguma menina da sala diz

Gaster: Bem... A maioria sim mas existem 7, 7 almas especiais e unicas - ele se vira e começa a escrever algo no quadro- Paciencia, Bravura, integridade, perseverança, paciencia, bondade, justiça e por ultimo... A determinação - ele escreve tudo no quadro

Gaster: Paciencia ,a alma azul, ou seja, ela é uma virtude do ser humano baseada no autocontrole emocional, a paciência é quando um indivíduo suporta situações desagradáveis, injúrias e o incômodo de terceiros sem perder a calma e a concentração.

Gaster: Bravura, é a alma laranja é a de alma relacionada a coragem e bravura o portador dessa alma não tem medo do perigo e é uma alma que gosta de mostrar para os outros que ela é capaz.

Gaster: integridade, é a alma de cor azul escuro é a alma da inocência, pureza ou castidade, o que é íntegro, é justo e perfeito, é puro de alma é de espirito.

Gaster: Perseverança, a alma roxa a Perseverar não desiste de seus objetivos devido ao fato de manter-se firme e fiel a seus ideais e propósitos. A perseverança é uma virtude bastante valorizada e apreciada em todos os âmbitos.

Gaster: Paciencia, e a alma da cor ciano ou azul claro, ou seja, ela é uma virtude do ser humano baseada no autocontrole emocional, a paciencia é quando um indivíduo suporta situações desagradáveis, injúrias e o incômodo de terceiros sem perder a calma e a concentração.

Gaster: Bondade, é A alma verde significa bondade ou a gentileza, pessoas que possuem esse sentimento são gentis ou delicados, apresentam uma postura ou forma de agir que demostra cortesia, suas ações ou atitudes são finas, educadas, nobres ou corretas.

Gaster: Justiça, a alma da cor amarela,  a portadora da alma tem uma sede insaciavel por justiça pelos seus ideais e oque o mesmo acha certo mesmo estando no lado "certo" ou "errado" da "historia".

Gaster:Agora irei falar sobre a alma da determinação, a alma mais forte que é da cor vermelha , a determinação além de ser a alma mais forte é a mais perigosa o mesmo pode errar varias vezes mas continuara tentando até conseguir.

gaster: A varios livros antigos que dizem que as almas podem materializar armas. Mas é claro que muitos dizem que isso não passa de um mito ou algo do tipo, mas eu acredito e conheço três pessoas com almas especiais... - ele diz dando um sorriso de lado.

"Quem?" - algum dos alunos perguta, mas gaster apenas ignora a pergunta e volta a olhar pro caderno

Eu prestei atenção em tudo oque ele disse... até agora essa é a aula mais interessante do ano todo, olho para Chara que estava com uma cara preucupada não sei o porque olho para frente novamente e Gaster estava olhando o seu relogio de pulso percebo que ele da um sorriso e olha diretamente pra mim, eu achei isso bem estranho então me viro pra falar com chara.

Frisk: hey cha- antes que eu terminasse de falar começo a ouvir inumeros gritos de pessoas desesperadas, barulhos de tiros e pessoas correndo... 

"Oque é isso?"

"Oque diabos esta acontecendo?"

"VAMOS MORRER?"

algumas coisas que as pessoaa murmuravam, o professor Gaster sai da sala e olha o corredor.

gaster: Eu vou ali ver oque esta acontecendo - ele diz e depois vai embora

Chara: Acho melhor a gente sair daqui...






































continua....



Notas Finais


fazer a pesquisa das almas deu um trabalhão slk :^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...