História Charterhouse: Que o pesadelo comece - YOONSEOK - Capítulo 6


Escrita por:

Visualizações 163
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura❤

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Charterhouse: Que o pesadelo comece - YOONSEOK - Capítulo 6 - Capítulo 6

O relógio sobre o criado-mudo de Yoongi indicava que eram meia noite em ponto. O pálido se preparava para descer até a biblioteca para procurar informações da Charterhouse, vestiu calças e camisa na cor preta, e a única coisa que levaria era uma velha lanterna que rupiou do guarda noturno horas antes.

Hoseok mesmo contra gosto havia topado participar dessa busca, estava tão curioso quanto o azulado, mas não tinha a audácia e nem a corajem que o mesmo tinha. Não vestiu uma roupa específica como o outro, vestira apenas sua roupa de dormir casual, que consistia em uma camisa longa na cor branca e um short de estampa de bolinhas.

- Está pronto? - perguntou Yoongi para o moreno, colocando a mão sobre o ombro alheio. Recebeu apenas um aceno positivo - Ok, se lembra do plano?

- Sair com cuidado, ficar atento a tudo, não fazer barulho e voltar rápido pra cá - repetiu o plano pela milésima vez, verivando os olhos.

- Isso...Vamos! - puxou o moreno junto a sí rumo a porta do quarto.

Antes de girar a maçaneta o de cabelos azuis suspira pela última vez e finalmente toma coragem para abrir a porta. Yoongi parecia confiante com a decisão de descobrir o que estava acontecendo de errado, mas na verdade ele sentia tanto medo quanto o Jung. Medo não so de ser pego fora da cama e receber um castigo horrível do senhor Park, mas também tinha medo no que estavam se metendo. Seu medo era grande, mas sua teimosia e curiosidade falava mais alto.

Abriu a porta, colocando apenas sua cabeça para o lado de fora, girando a para direita e esquerda visualizando se o caminho estava livre. Saiu a passos mansos pelo corredor, que agora parecia mais escuro e sombrio do que nunca. Mesmo tentando fazer o mínimo de barulho possível a madeira do piso rangia levemente.

Yoongi caminhava sempre um passo a frente, ja o moreno caminhava atrás na intenção de usar o copo magro do pálido com algum tipo de escudo. Desceram as escadas sorrateiramente, e logo estavam no saguão do casarão.

A biblioteca ficava um tanto quanto longe de onde estavam, teriam primeiro que passar por um corredor extenso e depois atravessar o refeitório inteiro, ai somente depois encontrariam uma área comum, um tipo de jardim interno, no centro dele havia uma grande cúpula de vidro, o lugar onde queriam chegar.

Antes de atravessarem o corredor escuro, o azulado verificou se havia algum sinal de algum guarda por perto. E para a infelicidade de ambos, um senhor baixinho e gordinho dormia sentado em uma cadeira em frente a uma das portas do corredor. Para chegarem ao seu destino teriam que passar por ele.

- Escuta, Hobi, tem um garda nesse corredor. Vamos andar de fininho, ok? - perguntou afagando os fios negros do garoto a sua frente. Recebendo uma confirmação do mais alto.

Começaram caminhar lentamente, tentando reproduzir nenhum tipo de barulho, Hoseok estava quase desistindo do plano para voltar para suas cobertas quentinhas, mais ja tinha topado, ja estava ali e não poderia desistir agora.

Yoongi sempre os guiavam, quanto mais próximos chegavam do guarda, mais a tensão aumentava. Em certo momento ele olhou para trás e viu que o moreno ja não o seguia, estava estático no meio do caminho.

O azulado fazia sinais com as mãos para que o mesmo continuasse, mas foi em vão, então teve de retornar até o outro e segurar nas mãos alheias para puxa-lo e ao mesmo tempo trasmitir um pouco de segurança.

- Ei, ta tudo bem. Vamos, estamos quase passando por ele, falta pouco - sussurrou ao pé do ouvido do Jung, fazendo o Estremecer com o tom grosso demais.

O mais baixo não disse mais nada, apenas agarrou a mão suada do moreno tirando-o do maldito corredor escuro em segurança.

Assim que pisaram no refeitório se sentiram um pouco mais aliviados, Hoseok normalizou sua respiração minimamente. Puxou o mais baixo para perto do balcão, onde tomaria um pouco de água para aliviar um pouco de seu nervosismo.

- Você está bem, Hobi? - perguntou analisando o rosto do garoto.

- Sim, estou...é so que.... - não sabia se proceguia ou não com a fala.

- Só oque? - perguntou Yoongi arqueandoa a sobrancelha.

- Pode parecer loucura, mas eu sinto que tem alguém nós seguindo - falou rapidamente como se retirasse um peso das costas.

- Sério? Temos que ficar atentos a qualquer barulho daqui em diante, pode ser um guarda ou o próprio Park - disse olhando para os lados a procura de alguém.

- Se tivermos sorte será um desses, e se for algo pior, Yoongi?

- Tipo oque?

- Tipo o que a gente ta procurando, e se essa coisa tentar nós matar? - sacudiu o corpo magro a sua frente - Eu não quero morrer!

- Cala boca, Hoseok! - disse tentando ouvir melhor o barulho que soava baixo.

- Olha aqui não me manda calar a boca! Se eu to aqui é por culpa sua, idio- sua fala foi cortada pela mão do outro.

- Não! Shiii, escuta isso - disse soltando a boca do moreno.

- Isso oque? - o Jung tentava escutar qualquer tipo de som.

De repente foi ouvido um barulho de algo caindo, Hoseok deduziu que o estrondo veio da cozinha, então se direcionaram para o local, dessa vez foi o moreno que os guiou até o cômodo sem emitir nenhum ruido sequer.

A porta estava entre aberta e uma luz fraca era emitida de la. Adentraram o local e tiveram uma enorme surpresa. Suspiraram aliviados por nota que era apenas dois de seus amigos, Jin e Namjoon.

- Nossa vocês quase nos mataram do coração - falou o Jung colocando a mão sobre o peito. Assustando o platinado e o de cabelos rosa, fazendo os arregalar os pequenos olhos.

- Quem quase morreu aqui foi eu, idiota! Não sabe bater não? - falou Jin se levantando da cadeira que estava.

- O que estão fazendo aqui na cozinha? - perguntou Yoongi curioso.

- Não esta meio óbvio o que estamos fazendo, Yoongi? - disse Namjoon apontando para a mesa que estavam ele e Jin.

So então o pálido notou que os dois estavam no meio de um jantar, a mesa estava bem arrumada, a louça suja sobre o forro indicava que a comida tinha sido algum tipo de massa, arriscaria dizer que era uma macarronada e com um vinho para acompanhar.

- Ta, mais porque estão comendo a essa hora? E como entraram aqui? - perguntou o Min.

- Conversei com o cozinheiro para me deixar preparar um jantar aqui esta noite, nós queríamos um momento a sós - respondeu Jin sem paciência para a lerdesa do azulado.

- Vem Yoon, não percebe que eles estão no meio de um encontro? - disse o Jung, puxando o mais baixo para a saída do cômodo.

So então o Min finalmente entendeu o que estava rolando ali, estavam os dois em um jantar no meio da noite, regado a vinho. É claro que tinha algo entre os dois. Como não percebera antes? Então encarou os dois com um sorriso malicioso, fazendo os ficar envergonhados e com o rosto corado.

- Ei, ei ei - disse Jin chamando a atenção do Min e do Jung - E vocês estão fazendo oque fora da cama? - perguntou curioso, cruzando os braços e lançando seu melhor olhar julgador.

- É, estamos...- o pálido olhava para o moreno tentando arrumar alguma desculpa - O que estamos fazendo fora da cama? - Coçou a nuca - Diga a eles Hobi - jogou a bomba para o outro.

- Estamos indo à biblioteca - respondeu simplista puxando o braço do azulado para fugirem logo daquela situação.

- Hum...sei - disse Namjoon - sorrindo malicioso - E como pretedem entrar lá?

- Puts! Verdade eu não tinha pensado nisso - falou Yoongi frustado.

- O que vocês querem lá? Está tarde pra uma leitura - disse o de cabelos rosa.

- Você não entederia...- disse Hoseok.

- Se me disser, eu te entrego a chave - disse Jin mostrando um molho de chaves.

- Ok, nós vamos procurar um livro sobre a Charterhouse, satisfeito? Agora me da essa chave - disse o azulado tentando pegar a chave das mãos de Jin.

- Porque querem saber desse livro? - perguntou o platinado.

- Tem alguma coisa errada acontecendo aqui, e eu acho que esse livro pode ter alguma informação - disse o Jung.

- Como assim? - perguntou mais uma vez Namjoon.

- Olha, você não entederia. Me da a chave - pediu Yoongi juntando as mãos em forma de súplica.

- Eu e Namjoon vamos também! - disse o de cabelos rosa.

- O que? Não! - afirmou Hoseok.

- Se eu não for, não entrego as chaves. É pegar ou largal!

E assim seguiram os quatro, Jin e Namjoon, mesmo alheios a situação, foram guiados pela curiosidade. Mal sabiam eles aonde estavam se metendo.




Notas Finais


Desculpem qualquer erro...
E muito obrigada pelos favoritos e comentários...Amo vcs❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...