1. Spirit Fanfics >
  2. Chave da felicidade >
  3. Identidades

História Chave da felicidade - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Volteeei ♡

Com um capítulo fresquinhos pra vocês nessa quarentena kk

Vou orar por todos vocês gatinhos !! Tomem bastante chá quente para se previnir do corona Vírus! Melhor remédio!

Vamos a mais uma leitura ✩

Capítulo 8 - Identidades


Fanfic / Fanfiction Chave da felicidade - Capítulo 8 - Identidades

Marinette ~ 

Doce. Molhado. Macio. O beijo mais sueve e tímido que dei, demorou cerca de três segundos. Separamos nossos lábios. Pensei em olhar para o chão, mas fui atacada de surpresa. O beijo se tornou profundo, doce e cheio de prazer. Senti um leve mordiscar nos lábios inferiores que deixara minha pele oriçada. Minha cintura foi puxada pra si colando nossos corpos. Por mais que estivesse espantada, eu estava gostando da ação.

 O desejo , a excitação, o gosto. Era a primeira vez que sentia e gostava dessas sensações. Senti sua língua invadir minha boca gentilmente. Eu não sabia o que fazer. Era nosso segundo beijo, e eu nunca utilizei a língua. Mas acho que não preciso de manual, pois logo senti o contado das línguas se acariciarem de modo delicioso. Soltei um som involuntário. Apertei seus braços tentando conter minha excitação. Mari não perca o controle.. 

E ele me soltou dando seu último selar. Me olhou intenso. Estávamos ofegantes. Seus olhos estavam um tanto intensos, chegava a me devorar como um leão devora sua presa. Era estranho , mas estava sendo um tanto provocativo.  Aos poucos me soltou virando-se de costas.

- Melhor descansar.. amanhã vamos para as china.. 

Adentrou numa porta do alto do prédio, o segui de imediato. Eu não faço a mínima idéia de onde seja. Mas conseguimos entrar em um dos apartamentos. Fui direto para a o quarto com suíte que ele me apontou. Desfis a transformação. Fui ao banheiro me lavar. Joguei uma água no corpo , lavei os cabelos e desfrutem da água quente. Tempo o suficiente para pensar em muitas questões.

Vingança, herói, mortes, beijos, tantas coisas que me aconteceram em três dias. Estou vivendo mais do que nos meus dezessete anos. Isso é bom.. não é? 

Me Enrolado em uma toalha lilás que peguei no armário. Fucei o guarda roupa tentando encontrar algo que pudesse usar de pijama. Uma a blusa rosada me serviu de camisola. Penteei dos cabelos pensando .. por que ele ficou tão sério depois do beijo? Fiz algo errado?. Será que ele não gostou?.. 

Será que é melhor lhe dar boa noite? Ponderei e corri até a porta. Eu queria ter certeza que ele não iria ir embora der repente do nada. Abri a porta do quarto e andei o corredor  até chegar na sala .

- chat eu.. - estou estática.

Chat? É você mesmo? Um louro semi nu de olhos verdes completamente puros. Eu nunca tinhas visto ele sem máscara e uniforme. O homem a minha frente  era perfeito deus grego. Mesmo com suas cicatrizes no ombro e na costa, que ainda lhe deixava mais sexy.

- H-Há M-ME desculpa moço  - me virei o mais rápido possível.

Ouvi uma risada de trás de mim. 

- Não, me desculpe você. Achei que já estava dormindo..

Essa voz? - CHAT? - perguntei.

- É.. quem achou que seria? 

- Eu não sei, nunca te vi sem máscara! Minha nossa!! - como assim é ele? 

- Marinette , pode se virar... - virei-me lentamente vendo o mesmo já com sua blusa vestida. - esta com fome? Fiz uns sanduíches..

Me sentei a mesa , e por mais que eu desviasse o olhar quando se encontravam, eu ainda sim não parava de encara-lo.

- Esta tão surpresa assim?  - começou a rir de mim.

- Chat! Você nunca me mostrou sua identidade! Eu to ...- passada! Eu beijei esse homem? 

- Decepcionada? 

- Não! De jeito nenhum moço.. 

- Adrien.. eu tenho um nome Marinette. - sorriu.

Por alguns instantes eu associei ele com Adrien Agreste. Apesar da grande semelhança impecável, não tem como ele estar aqui sendo que Adrien esta exatamente nesse momento em Paris .

- Louça lavada, hora de dormir.. 

- espero que o dono do apartamento não fique bravo.. - pensei em voz alta.

- Não vai...

- como sabe? -  arqueei a sobrancelha.

- Por que Ta olhando pra ele.

HÁ? ADRIEN MORA AQUI? ENTÃO TO USANDO A ROUPA DELE?... 

acho que é hoje que não durmo! 

Jogada na cama, rolei pra lá, rolei pra cá.. pensei que depois de um dia agitado a insônia iria embora.. mas isso não mudou..sai novamente do quarto e achei Adrien dormindo sobre o sofá enrolado em um lençol. 

Me cheguei perto. Perto o suficiente para sentir sua respiração em meu rosto. Talvez perto de mais. Ele passou seu braço sobre meu corpo, me derrubando sobre ele, levando-me para baixo de si. 

Seu corpo se encontrara em cima do meu, sua cabeça apoiada em meu colo, apesar dos olhos fechados e do silêncio que jazia no cômodo, eu sei que ele esta acordado. E sei também que de algum modo lembra da minha insônia que tenho desde menina. 

Ali com ele me sinto segura, aquecida, aconchegada. Um sorriso brotou em meus lábios. O máximo que podia fazer era agradecer mais uma vez. Apoiei minha cabeça sobre a almofada , deslizei os dedos por aqueles cabelos dourados.

- obrigado.. - sussurrei ouvindo o som da chuva preencher o silêncio. 

Seu sorriso foi minha confirmação de que estava a me ouvir... 





Notas Finais


Capítulo curtinho, mas espero que tenham gostado!! ♡

Um avanço para nosso casal preferido♡

Mais tarde posto outro

Bzu bzu
✩✩✩✩✩


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...