História .cheer lider - cellan - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 19
Palavras 840
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oioi, trouxe mais um cap
sem mais enrolações, vambora

Capítulo 2 - .can i sit next to you boy?


Alan acordou com dores em suas costas.   Ao olhar para o lado, percebeu que Ximenes o olhava.

— Bom dia, aleijado. — Ferreira sorriu. — Como você ‘tá?

— Ah, vai se foder, Alan! — sorriu para o amigo. — ‘Tô com uma dor do caralho na perna, mas, fora isso, ‘tá tudo bem.

— Amigo, você não sabe o susto que eu levei quando ouvi seu grito. — disse. — Muleque, eu saí correndo, pulei a mureta e quase voei em de você.

Rodrigo gargalhou.

— Então, quer dizer que você pulou o muro né, Alan? — brincou.

Os dois deram boas gargalhadas até o enfermeiro chegar com o café da manhã de Saiko.

Enquanto o outro comia, Alan olhou o celular. Havia uma mensagem de Tom avisando que estava indo pro hospital.

— Bom, Saikinho, vou indo, ok? — disse, se levantando. — O Tolledo está vindo ‘pra ficar com você.

— Ok, obrigado, cara, de verdade. — disse Rodrigo.

Ferreira sorriu para o garoto e saiu do quarto. Andou rapidamente até a recepção e etregou seu cartão de acompanhante.

Encontrou com Tom na entrada, que emprestou seu carro para o outro, contando que o passasse a matéria do dia que faltaria e o buscasse no dia seguinte.

Os dois se despediram e Alan dirigiu até sua casa.

Ao chegar, tomou um banho, trocou suas roupas e decidiu jogar um pouco em seu pc.

¥

No dia seguinte, Alan acordou cedo, colocou o uniforme, pegou sua mochila, tomou café, fez suas higienes e foi para a escola.

Chegou um pouco atrasado, mas a professora de artes o deixou entrar e o mandou escolher uma dupla.

Olhou em volta e percebeu que havia apenas uma pessoa sem dupla, mas não viu quem era.

— Ei, garoto, posso sentar aqui?  — perguntou.

— Claro, Alanzinho. — respondeu o menino.

Alan sorriu ao perceber que o garoto era Rafael Lange.

Pegou a cadeira e colocou ao lado da sua.

— Hm, o trabalho é sobre o que? — Ferreira perguntou, tentando puxar assunto.

— Fazer uma pintura sobre o que é bonito ‘pra gente e, quando terminarmos, interpretar a pintura um do outro.

Alan assentiu, pegou um quadro em branco e começou a pintar. O garoto não percebia o que estava fazendo, havia se perdido em seus próprios pensamentos, até que olhou para seu quadro.

O menor corou imediatamente ao perceber o que havia feito. Alan Ferreira havia pintado o um menino loiro de olhos azuis sentado na grama. Estava de noite e no olhar do menino, estava presente o reflexo das estrelas.

— Hm... Esse... sou eu? — Rafael perguntou, olhando intensamente para o quadro.

— Eh... Uh... Olha e-eu tenho que ir no banheiro! — Ferreira se levantou rapidamente. — Professora posso ir ao banheiro?

Sem nem esperar a resposta da mulher, Alan saiu.

Ao chegar ao banheiro, entrou na última cabine.

— O que caralhos ‘tá acontecendo comigo? — sussurrou para si mesmo. — Por que esse garoto ‘tá mechendo tanto comigo?

Ficou mais cinco minutos dentro da cabine e, com medo de levar sermão da professora, lavou o rosto e voltou para a sala.

Rafael havia terminado seu quadro e observava a paisagem através janela com um olhar vazio.

Alan decidiu ver a pintura do garoto e se surpreendeu a ver olhos castanhos e um topete de mesma cor.

— Esse sou eu? — perguntou impulsivamente.

— “Acho que tenho que ir no banheiro”.— o outro brincou. — Sim, é você. Eu te acho bonito. — disse, fazendo o outro corar.

— E-eu também te acho bonito.

Então, o sinal tocou. 

— Te vejo por aí, Alanzoka — o outro sorriu se levantando e saindo da sala.

Alan suspirou.

— O que caralhos acabou de acontecer? — disse para si mesmo.

— Hey! — Galaxy chamou. — Vamos matar a próxima aula? Preciso da sua ajuda com um... lance.

— Claro! — Alan sorriu, andando até o outro.

Os dois saíram da sala e foram até as arquibancadas do campo de futebol. Alan se sentou em um dos bancos e Galaxy ao seu lado.

— Então... Você precisa da minha ajuda para...? — Alan tentou começar.

Galaxy riu, nervosamente.

— Hm... Alan, então... — suspirou. — Eu estou gostando do Rafael Montes há dois meses e não sei como tomar uma iniciativa. — falou, rapidamente.

Alan arregalou os olhos, abriu a boca e fechou de novo.

— G-Galaxy... E-Eu não sabia que você... — olhou para o chão. — É... Bom... Me deixa pensar...

— Hm... Eu não devia ter te contado. — deu um sorriso triste.

— Ué... Por que? — Alan perguntou, perplexo.

— Agora você ‘tá pensando sobre isso e vai começar a me tratar diferente e... — foi interrompido.

— Você ‘tá louco? — Alan quase gritou. — Eu ‘tava pensando em um bom jeito de você se confessar ‘pra ele!

Os dois ficaram ali um bom tempo pensando em como Galaxy poderia se confessar.

— Já sei! — Alan berrou. — Que tal você chamar ele para um jantar e PÁ! 

O outro olhou para o céu pensativo.

— Mas e se a resposta for “não”? — Disse, apreensivo. — Eu vou ficar com cara de mané lá!

— O “não” você já tem. — Ferreira disse. — Arrisque-ce, pequeno Galaxy.

— “Pequeno Galaxy”? — riu. 

— Você preferiria “Grande Galaxy”? — ironizou.

Os dois riram e, com muita insistência da parte do menor, Galaxy aceitou o plano.


Notas Finais


é isso.
obrigada pra quem chegou aqui
até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...