1. Spirit Fanfics >
  2. Cheer Up! >
  3. Capítulo Único

História Cheer Up! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


tô participando do mês allHina ♥
a palavra de hoje é "Contraditório" e o casal ItaHina.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Hinata respirou fundo antes de sair da sala. Desejava mesmo, com todas as forças, que Itachi e sua gangue já tivesse ido embora; não que os odiassem, mas vivia bem assustada nas últimas semanas por causa do Uchiha mais velho. O mesmo vivia a lhe encarar durante a aula de música e às vezes, até mesmo fora dela. Também costumava a parar no corredor, apenas para ficar lhe olhando como se ela tivesse feito algo muito errado. 

O que era praticamente impossível, porque, fala sério, era Hinata de quem estamos falando. A garota tinha poucos amigos e era banhada numa timidez perto de garotos. Principalmente, se os garotos eram tão marcantes como o Uchiha mais velho. 

Admitia que antes de tudo isso começar também o observava, mas quem não? O garoto exalava um ar de badboy e, curiosamente, a única aula que ele nunca fugia era a de música, – que ela também fazia –, o que lhe dava a oportunidade perfeita para o observar.  

E, céus, ele era muito bonito. Os longos cabelos eram tão negros quantos seus olhos, que demonstravam o puro tédio ao encarar a classe. E, para piorar, seu estilo o deixava mais presente, poucos realmente mexiam com ele e quem o fazia, se dava mal. Como se não bastasse os genes terem o abençoado, ainda tinha seu irmão que, pelos deuses, era tão bonito quanto. 

A Hyuuga saiu da sala onde estava escondida faz uns minutos, com toda cautela do mundo, pois não queria e sequer gostava de chamar atenção – perdeu a mínima vontade depois que Itachi começou a persegui-la. Olhava atentamente para os corredores, mas não enxergava nada além de poucas pessoas. Seu coração ficou mais aliviado, tinha medo que um dia ele influenciasse alguém para lhe bater (desconfiava muito disso e sua mente já tinha lhe dado milhares de possibilidades). 

Aproveitou para relaxar um pouco. Ele provavelmente já deveria ter saído com os meninos e ela estaria, pela primeira vez, livre de Itachi. Hoje estava sendo um dia normal para si – mesmo que em grande parte ela tivesse fugindo dele –, tinha até mesmo se encontrado com Ino no meio do caminho para o estacionamento, onde pegaria uma carona com a mesma. Conversaram sobre várias coisas, Ino até tentou lhe arrancar sobre o quê o Uchiha queria com ela, porém Hinata sequer sabia. 

Quando elas viraram o corredor, Hinata travou. Estava tão distraída que esquecera de prestar atenção por onde estava indo e, bom, lá estava ele. 

Sua postura era despreocupada e ele parecia bem atento aos sons ao seu redor, pois quando Hinata entrou ali a primeira coisa que ele fez foi lhe encarar. Seu irmão e seu amigo estavam ao seu lado e, antes que Hinata pudesse tomar qualquer atitude, o moreno e companhia já estavam caminhando até si. A Hyuuga travou e Ino segurou seu braço com força, tentando tirá-la do meio do caminho deles. 

Quando despertara de seu transe, tentou sair, mas parou ao ouvir a voz grave lhe chamar. Virou-se lentamente, o olhando quase suplicando por sua vida. 

— Hinata — ele repetiu. Ela quase desmaiou ali mesmo, nas semanas de caça de gato e rato, era a primeira vez que ele falava com ela. Tão rápido quanto chegou, ele se lhe deu as costas, virando-se para os amigos apenas para dizer: — Não sei se consigo. 

— Você consegue sim, irmão. Boto fé. — Kisame, um garoto que sempre parecia estar passando mal pois quase sempre estava azul, lhe apoiou e Hinata se perguntou, “consegue o quê?”.

— Hinata — ele, de novo, a chamou. Agora olhando intensamente em seus olhos, com a voz mais profunda do que nunca. A Hyuuga se sentiu hipnotizada e não conseguiu responder, mas não fora preciso. — Estou apaixonado por você. Por favor, vá a um encontro comigo. 

Ino, que ainda estava ao seu lado, quase gritou. Metade das pessoas do corredor estavam chocadas e a outra metade pareciam falar alto demais sem se importar com algo. 

—… Eh?! — foi o único som que saiu da boca da Hyuuga. 

Hinata estava em choque, então na verdade, todas aquelas vezes em que fora parada no corredor eram tentativas de declaração? Não, não podia ser. Tinha planejado sua fuga até os EUAs, pensando que seria sua única saída ao bullying que iria sofrer, quando, na verdade, era uma declaração? 

A garota ficou pálida por uns instantes, até que seu rosto fora tomado por um vermelho escarlate e, antes que pudesse fazer algo a respeito, caiu desfalecida nos braços da Ino. 

— Gente, a Hinata está desmaiada! 

E, bom, Itachi teria que ficar sem resposta até Hinata acordar de novo, mas não seria um problema. Aquela era uma das melhores hipóteses que passava na mente do Uchiha desde que – de maneira bem contraditória –, ele resolvera finalmente se declarar.

 


Notas Finais


esse aqui é uma ideia q eu tinha fazia muiiito tempo, queria mt fazer uma shortfic, mas como provavelmente eu n conseguiria, escrevi essa fanfic XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...