História Chefona dos sonhos..- Imagine Shawn Mendes - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 60
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee
Desculpa a demora pessoal mais eu tive um bom tempo de bloqueio de criatividade desculpem me.
Beijinhos
Byeee

Capítulo 5 - O restaurante


Fanfic / Fanfiction Chefona dos sonhos..- Imagine Shawn Mendes - Capítulo 5 - O restaurante

 Tomei um baita susto com Shawn que já se encontrava ao meu lado com aquele sorriso lindo que só ele tem..

-Oi- foi a única coisa que eu disse e seu sorriso se aumentou mais fazendo eu me encolher um pouco e ele da um risinho nasal e me olhar de cima a baixo, me reparando cautelosamente fazendo um ficar super constrangida. Eu nunca me senti assim por nem um cara isso é muito estranho, será que eu tô .. Aaaah não eu não quero, não, eu quero sim.. -Aaiii- disse fazendo o mesmo olhar dentro dos meus olhos.

-Tudo bem?- ele pergunta meio preocupado, só ai que eu percebi que tinha gritado. Dei um sorriso sem mostrar os dentes e assenti com a cabeça, ele foi chegando sua mão perto da minha e a minha já começava a soar frio, senti um choque quando ele colocou nossas mãos fazendo eu não tirar minha atenção de nossas mãos ali juntas uma da outra- Tudo bem por você?- ele perguntou me fazendo novamente sair do meus pensamentos e eu tirei minha mão rápido da sua.

-Estamos aqui a muito tempo!- digo séria tirando todo aquele climinha romântico fazendo sua cara mudar como se estivesse magoado e eu não aguentei- E-e-eu... -Droga guaguejei logo agora!- Eu..- ele olha dentro dos meus olhos, não aguentei um pouco aquela pressão toda e ri. Ele ficou sem entender e deu um sorrisinho fraco- Vamos a noite só está começando, e talvez você ainda possa pegar na minha mão hoje- coloquei meus braços ao redor de seu pescoço- Ou em outra coisa também- disse mordendo o meu lábio inferior e puxei um pouco.

Ele colocou nossos corpos fazendo sua boca e a minha ficarem quase coladas e disse.

-Você está mexendo com fogo garota!- ele disse sério me fazendo revirar os olhos e da um risinho. Só que depois nossos olhos se encontraram e ele tentou se aproximar um pouco mais e eu recuei um pouco e me soltei dele ouvindo um resmungo- Porra..- haha, eu tava "amando deixar ele assim", bem não sei.

Quando nos sentamos para vê os cardápios, o restaurante era um restaurante nobre e confortável e tinha um cantinho com um meio que sofá e uma mesa aonde eu e ele reservamos ops eu reservei querida, nunca tinha vindo aqui e como achei ele meio simples quis vim nesse conhecer e nada melhor do que não vim com seu amor... Aiiii Deus!

Enquanto esperávamos a comida ficamos conversando.

-E aí deve ser difícil colocar aquele lugar em ordem não é..- ele estava se referindo ao meu trabalho- Bem, eu compreendo meu pai também tinha uma empresa- ele disse me fazendo levantar as sobrancelhas de surpresa- Ele sofreu tanto pra colocar aquela empresa pra cima e agora está aí um belo de um desgraçado cachaceiro(com todo o respeito)- cheguei a abrir a boca em um O - Bem, ele nunca foi um bom pai ele também não fazia por onde ele batia na minha mãe e tentava me bater também, mas eu não deixa.- ele disse e deu um sorrisinho bobo, oloko kkkk.

Logo depois nossos pratos foram servidos e começamos a comer, rimos um pouco e depois veio a melhor parte.

-O que desejam comer?- o garçom pergunta eu levanto minhas sobrancelhas e mordo o meu lábio inferior e olho pra Shawn.

-Aah, eu.. Eu não sei- ele diz fazendo agora o garçom também levantar as sobrancelhas.-Bem..- ele se embolou- Pode ser o que a senhorita estiver com vontade- ele olha pra mim e o garçom também.

Eu fico queita.

-Eu tenho algumas coisas se vocês quiserem vê- diz o próprio garçom inocente.

-Por mim tudo bem- dei de ombros e Shawn fez o mesmo.

Escolhemos algo simples um pavê maravilhoso de limão cecíliano.

Quando já tínhamos terminado ele foi pagar a conta mesmo eu falando.

Flashback on

-MENDES!- disse já com raiva- Agora! Eu não quero que você paguei isso, ainda nem recebeu o pagamento, pode precisar desse dinheiro depois!- todos nos olhavamos, mas eu tô pouco me fudendo pra eles.

Flashback off

Mais ele venceu correndo pro caixa, eu iria atrás dele mais meu telefone tinha tocado, mais eu não conhecia quem era e não era pra mim.

-Vamos pequena viajadora do tempo- disse ele com um sorrisinho lindo. Resmungo.

Quando cheguei em casa ele olhou pra mim e a gente ficamos naquilo, ficamos olhando um para o outro 2 minutos.

-E.. E...- eu guaguejei deoga- Tenho que ir!- disse já pondo minhas mãos na porta..

-Espera..- Quando virei meu rosto..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...