1. Spirit Fanfics >
  2. Chega De Esconder - Yoonkook >
  3. Capítulo 3

História Chega De Esconder - Yoonkook - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Hey My Flowers!! Tudu pão?



Boa leitura<3

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Chega De Esconder - Yoonkook - Capítulo 3 - Capítulo 3

Autora On

Yoongi não estava nem aí se iria ser pego, com a touca na cabeça para esconder os fones de ouvido, ele escutava música durante a aula, enquanto o professor SeokJin falava, o ruivo fingia prestar atenção, quando na verdade ele estava escutando música.

— Yoongi! – o professor o chamou, mas o mesmo nem escutou.

SeokJin negou com a cabeça e caminhou até o ruivo, tirando a toca de sua cabeça, vendo que o mesmo estava escutando música, Jin cruzou os braços e encarou seriamente Yoongi, que sorria amarelo.

— Para sala do diretor, vamos! – falou e Yoongi bufou, se levantando.

— Pelo menos eu vou dar uma voltinha.

— O que você disse.

— Nada, profe Seok. – sorriu e mandou beijinho para o professor.

Andando pelo corredor do colégio Yoongi logo chegou na sala do diretor, respirou fundo se preparando para a bronca e entrou, viu o senhor Lee concentrado em seu notebook, mas logo o mesmo o notou ali, Yoongi sorriu inocente e fofo, fazendo Lee arquear uma das sombrancelhas, desconfiando do garoto ruivo.

— Bom dia Yoongi, mal começou as aulas direito e você já está aqui? – sorriu. – É bom te ver mais uma dia aqui, senta aí inocente ruivo.

— Não, prefiro sentar em outro lugar, o que acha? – sorriu inocente e deu a volta na mesa, sentando no colo do diretor.

— Você não perde a mania, não é? – perguntou rindo.

— Não, não mesmo. – riu.

— Gostoso. – deixou um tapa na nádega direita dele, fazendo o mesmo gemer manhoso. – Agora vai embora, não podemos fazer nada aqui, da última vez fomos quase pegos, inocente ruivo.

— Para de me chamar assim! – riu. – Desde que nos conhecemos você me chama desse jeito, só porque eu sou um garoto super mega lindo, inocente e fofo.

— Lindo e fofo eu até concordo, mas inocente você não é meu amor. – beijou ele.

— Apressadinho. – sorriu provocante. – Me come gostosinho?

— Oferta interessante, mas eu hoje não ruivo. – deixou um selar na bochecha dele e sorriu.

— Saiba, que amanhã eu volto, só para cobrar o que é meu por direito. – mordeu o lábio inferior e saiu do colo do diretor, mas foi puxado para sentar novamente.

Yoongi foi beijado pelo senhor Lee, um beijo não muito extravagante, mas gostoso, no ritmo certo, com direito a mãos bobas.

Sua roupa foi arrancada de seu corpo, então Yoongi estava nú, foi posto em cima da mesa e suas pernas foram abertas, Lee levou sua boca até a entrada do ruivo e começou a chupar, deixando bem molhadinha, o garoto não conseguiu se segurar e passou a gemer o nome do diretor.

— Geme baixinho. – pediu e penetrou um dedo no garoto, que mordeu o seu lábio inferior para conter o grito. – Bom garoto.

— Taemin... Ahwn.. – gemeu, quando a velocidade das estocadas foram aumentando.

— Shiii, amor. – sussurrou. – Você não quer ser pego, né? – perguntou e o ruivo negou.

Taemin penetrou mais dois dedos e foi demais para Yoongi, que sentiu seu corpo inteiro tremer e gozou.

— Eu acho que está bom, não é?

— E você, não quer gozar? – perguntou a Taemin.

— Não, eu me sinto bem assim. – sentou-se no seu lugar.

— Deixa eu chupar o seu pau vai. – pediu com uma carinha de inocente.

— Não, porque se não vou ter que te foder, então não muito obrigado inocente ruivo. – sorriu provocando o garoto, que mandou dedo do meio.

— Vai a merda, Taemin. – estendeu o braço em sua direção, abrindo e fechando a mão. – Vamos banquinho, tá na hora de me dar o que eu mereço.

— Toma Yoongi e não me pessa mais dinheiro até o final da semana. – falou e colocou na mão dele o dinheiro.

— Obrigado banquinho. – disse e começou a se vestir.

— As vezes eu acho que você fica melhor sem roupa, amor. – sorriu para Yoongi, que sorriu de volta.

— Eu também acho que você melhor sem roupa, hoje eu nem viu seu pau gostoso. – disse fazendo senhor Lee rir. – Pronto, até amanhã, eu estou indo embora ok?

— Mas ainda nem acabou a aula.

— Mas você deixa, banquinho. – riu, saindo da sala, escutando Taemin lhe chamar de atrevido.

Com um belo sorriso no rosto, com dinheiro no bolso, Yoongi foi saltitante até a sua sala, entrou, pegou todas as suas coisas e saiu da escola.

Quando chegou em casa, abriu a porta e seus olhos se arregalaram quando viu o que estava ali, havia pelo menos uns vinte gatos na sala, fechou a porta com força e gritou Jenna, que apareceu com uma cara plena e tranquila, como se não tivesse feito nada.

— Olá, querido ruivinho. – sorriu.

— Qual é o seu problema!? – gritou/perguntou para Jenna, que sorria debochada.

— Oxii, são somente gatos, são seus irmãozinhos e são da sua espécie. – brincou, fazendo Yoongi fechar mais ainda a cara, cruzando os braços e encarando a mesma seriamente.

— Sua grossa querida, não é bem assim não. – falou. – Mas que porra véi! Justo hoje, o Kookie vai vir aqui e olha o que você fez, deixou a casa cheia de gatos, o que me deixa com mais raiva nisso tudo é que você nem me esperou para fazer isso, que coisa não Lee Jenna?

— Calma ruivinho. – riu. – Vai tomar um banho, se acalmar e depois vamos comer quatro potes de sorvete de uma só vez, pode ser?

— Colocar roupa sexy? – questionou sorrindo.

— Sim, colocar roupa sexy. – sorriu de volta. – Estarei esperando moço ruivinho.

— Bom mesmo, hein! – apontou o dedo para ela.

Yoongi subiu as escadas calmante, para não pisar ou assustar nem um gatinho e foi para seu quarto, onde se despiu, andou até o banheiro e tomou seu banho.

Logo após sair do banheiro, colocou sua saia rosa bebê curtinha e um toper preto, que o deixava muito sexy, passou perfume e sorriu para seu reflexo no espelho.

Desceu as escadas e percebeu que não havia mais gatos ali presentes, sorriu para Jenna que estava com seu vestido super curto e sexy, que era da cor vermelha e desfilou até ela, jogando sua cintura para lá e para cá.

— Olha ele todo cheiroso e gosto, bota Ariana Grande que tu da um show. – falou e riu.

— Então né, eu posso. – mandou beijinho no ombro.

Min caminhou até a caixa de som e colocou "Positions" da Ariana Grande.

— Agora dança ruivinho, quero ver você rebolando até o chão. – Jenna falou animada e riu.

Yoongi sorriu para a amiga e começou a rebolar ao som de "Positions", descendo até o chão, fazendo charme e pose de poderoso, ele sabia muito ben como seduzir qualquer pessoa, isso se todos percebem, mas quando ele começa a remexer os quadris não há um que não resista. 

— Como que você é virgem se sabe rebolar como ninguém? – perguntou/brincou a garota.

— Porque eu sou poderoso meu amor, sou mara! – gritou e pegou o dinheiro que estava em seu bolso, jogando para o alto. – Eu sou rico porra!

— Uou! – exclamou surpresa. – Quanto dinheiro Yoongi, como arranjou tudo isso se não pode trabalhar?

— O que? – perguntou confuso.

— Você é de menor e não pode trabalhar, o único dinheiro que você tem é o dinheiro que está na sua poupança, mas você juntou ele para a sua faculdade. – Jenna falou desconfiada. – Onde arranjou tanto dinheiro?

— É dessa poupança. – mentiu.

— Não, não é, porque você me garantiu que não iria gastar ele com coisas fúteis, por exemplo essas roupas de marcas que você usa. – se levantou e cruzou os braços. – Me fala, o que está acontecendo?

— Nada! – gritou. – Agora não posso mais querer me sentir poderoso? Olha, gastar dinheiro é bom e você devia saber disso.

— Yoongi, você nunca se importou com isso, sempre achou isso fútil! Por que mudou de ideia assim do nada? – questionou ele.

— Olha aqui Jenna, o dinheiro é meu e eu faço o que eu quiser vim ele, então não venha agir dessa forma. – respondeu irritado e a garota riu.

— Ok, eu vou tomar água para ficar calma e a gente não brigar, ok? – falou e Yoongi deu de ombros, encarando um ponto qualquer.

O clima havia acabado, eles nem haviam comido os potes de sorvetes, Yoongi desligou a música e se abaixou para recolher todo o dinheiro, mas a campainha tocou nesse momento. Min estranhou, pois não estava esperando ninguém, o ruivo colocou-se em pé e andou até a porta.

Quando abriu a porta a merda foi feita, Yoongi deu de cara com Jungkook e Jennie, o ruivo deu um sorriso amarelo envergonhado e quis morrer naquele momento.

Por que justo comigo? Por quê? Qual é destino idiota? – falou mentalmente. – Oi Jungkook, Jennie. O que fazem aqui?

— Eu disse que iria vir ontem, lembra? – Jungkook se pronunciou.

— Ah, verdade! – se lembrou e riu sem graça.

— O que estava fazendo? – perguntou o moreno dando uma olhadinha em como Yoongi estava.

O ruivo sentiu seu rosto virar uma pimenta, abriu e fechou a boca, mas não saiu nada.

— Se quiser pode ser me outro dia. – Jeon falou pronto para ir embora, mas Yoongi o impediu.

— Não, podem entrar. – deu espaço para passarem.

Depois que eles entraram, Yoongi fechou a porta e olhou para a bagunça na sala, então correu para perto do sofá e começou a recolher todo o dinheiro.

— Nossa hyung, onde você arranjou tanto dinheiro? – perguntou Jungkook curioso.

— É da minha poupança. – respondeu.

— Mas você me disse que não iria usar ele com coisas fúteis, mudou de ideia? – perguntou confuso.

— Sim, algum problema com isso Jungkook? – questionou.

— Não, tudo bem.

— Jeon o que realmente você veio fazer aqui e ainda trouxe a Jennie? – perguntou, cruzando os braços.

— Então, como eu te disse estou namorando. – pegou na mão da garota ao seu lado. – E a minha namorada é a Jennie.

O ruivo não falou nada, somente terminou de pegar seu dinheiro no chão e se levantou, olhando para Jungkook, sorriu e soltou uma risadinha, Jenna que estava encostada na parede ali perto deles, riu amargo também e negou com a cabeça.

— Felicidades ao casal. – Yoongi disse e respirou fundo. – A Jenna faz companhia para vocês, até a amanhã Jungkook e... Jennie.

— Pensei que tivesse bom gosto Jungkook, mas eu acho que não. – olhou para Jennie e riu, depois olhou para a Jeon. – Yoongi você devia ficar com a sua visita, porque não fui eu que convidei eles.

— Nem eu, o Jungkook se convidou sozinho.

— Hyung você não gostou? – perguntou.

— Eu... – foi interrompido.

— Ele não tem que achar nada, vamos embora Kookie. – Jennie falou pegando na mão de Jeon e o puxando para ir embora, mas o mesmo não foi.

— Preciso conversar com você Yoongi. – falou e Yoongi assentiu.

— Me acompanhe. – pediu, indo em direção ao seu quarto. 


Notas Finais


Quase dois mil de palavras! Mio Dios, eu ia fazer mais só que preferir deixar para o próximo.

Espero que tenham gostado anjos, porque eu fiz com muito amor.

Até logo!
Beijos<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...