História Chemistry - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Orange Is the New Black
Visualizações 121
Palavras 1.420
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Adolescente

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Por que você é inevitável?


Fanfic / Fanfiction Chemistry - Capítulo 5 - Por que você é inevitável?

Passando a lancheria, as quadras restantes e o poste onde já não estava mais o tal mendigo. 

Taylor chegou em casa, a imensidão branca fez com que ela se sentisse só e de imediato ela queria voltar correndo para os braços de Laura 

Mas não era o certo a se fazer, não naquele momento talvez fosse a hora certa para tomar iniciativa e seguir a vida da mesma forma como Laura tem feito 

Taylor separou uma roupa pegou a toalha e foi tomar um banho, a água morna caía sobre seus cabelos e gotas corriam por seu corpo 

"É muito egoísta da sua parte vida, cá estou eu tomando banho e lembrando de uma pessoa que provavelmente não pensa no mesmo que eu "

Taylor questionava a vida enquanto tomava banho, o seu celular tocava e ela não ouvia

Até que a campainha tocou, desligou o chuveiro e saiu enrolada na toalha para abrir a porta 

"Que jeito mais sensual de nos atender "

Disse Laura

Com a garotinha no colo, novamente com os olhinhos focados no rosto espantado de Taylor 

Taylor : Laura? Aconteceu alguma coisa? 

Laura : Sim, não aguentamos de saudades

A menininha confirmou com um sorriso e apontando as mãozinhas na direção de Taylor que logo a pegou no colo 

Taylor : Eu também fiquei com saudades Ell 

Laura não sabia disfarçar ao olhar para Taylor com Ella no colo, ainda mais quando abreviava o nome da garotinha com muito amor

Laura : Pode terminar de se arrumar Tay 

Taylor : Só vou me secar, por uma roupa e ja volto 

Taylor largou Ella no colo de Laura, a menininha não gostou muito abriu o berreiro querendo o colo de Taylor de volta mas Laura foi acalmando ela para dar tempo a Taylor 

Enquanto trocava de roupa Taylor se perguntava o que tinha acontecido, por que Laura resolveu vir ate a casa dela 

Ouvindo o choro de Ella Taylor apressou-se ate a sala sorrindo e apontando os braços na direção da garotinha, ela balançava as perninhas e fazia uns resmungos como se estivesse dizendo 

"Pegue-me logo"

Laura estava com uma expressão pálida, mais do que o normal então taylor perguntou :

"Está tudo bem Lau?"

Laura : Tá sim Tay, eu, acho que é só minha pressão, deve tá um pouco baixa 

Taylor : Você tá pálida, quer uma água? 

Laura : Se importa de ficar com a Ell um pouquinho? ai eu mesma busco a água.. 

Taylor : Claro que não, fica a vontade 

 

Taylor observava Laura indo até a cozinha, realmente não estava tudo bem

Taylor : Laura, senta aqui no sofá com a gente 

Laura ia na direção delas, sentou-se na ponta  do sofá e olhava reto ao chão, Taylor não estava entendendo nada 

Taylor : Laura, o que foi? 

Laura : Eu só quero ficar aqui, mas se for incômodo nós podemos ir embora..

Taylor : Eu tô feliz que vocês duas estão aqui comigo, nunca é incômodo, mas eu quero saber o que foi 

Laura : Vou tentar fazer ela dormir e a gente já conversa pode ser ?

Taylor : Sim, pode ser, vou arrumar a cama para por ela

Enquanto Taylor arrumava a cama com travesseiros em volta para não ter riscos da garotinha rolar e cair, Laura a fazia dormir e conseguiu, a menina adormeceu 

Laura : Ei Tay

Laura sussurrava; 

Taylor : Põe ela aqui, no meio dessas incríveis almofadas 

Taylor sussurrou; 

Assim que Laura largou Ella na cama foram ate a sala sem fazer barulho 

Laura : Ela acorda fácil 

As duas sorriram

Taylor : Me conta o que aconteceu, eu estou curiosa

Taylor ainda sussurrava 

Laura : Tay você não precisa mais sussurrar

Laura solta uma gargalhada 

Taylor : Xiiu sua louca, vai acordar a Ell 

Laura : Ok mamãe 

As duas riam baixinho 

"Sente-se aqui"

Disse Taylor sinalizando com a mão no sofá, Laura sentou de frente para ela e ficou à olhando

Taylor : Você vai ficar nesse suspense todo Laura? 

Laura olhou para as mãos de Taylor que estavam apoiadas no sofá, aproximou-se e puxou ela pelas duas mãos trazendo em direção a cintura e fazendo com que ficassem abraçadas 

Ainda abraçadas, Taylor não questionou nada ia esperar os motivos de Laura, mas elas ficaram ali daquele jeito por um bom tempo, Taylor sentia direitinho o perfume de Laura, sentia o corpo dela bem próximo, Laura estava de olhos fechados enquanto abraçava Taylor a falta que sentia de estar próxima dela era imensa para muitos Laura era durona mal e mal demonstrava sentimentos mas creio eu que quando você abraça alguém e fecha os olhos é amor de verdade 

"Eu não sei explicar "

Laura dizia soltando Taylor.. 

Taylor : Mas tenta, por favor, eu to preocupada com você 

Laura : Eu, eu, 

Laura gaguejava; 

Taylor : Laura, sou eu, você pode me falar não precisa ter medo. 

Apesar de Taylor estar nervosa, não demonstrava queria passar tranquilidade a Laura 

Laura : Em uma de nossas cenas, a Piper pergunta para a Alex o porque ela é tão inevitável pra ela.  E eu te pergunto, por que você é inevitável pra mim?  

Taylor : Laura, como assim, em que sentido tu tá me dizendo isso

Laura : Eu sei Taylor que é confuso tanto pra você quanto pra mim, mas a gente nunca conversou sobre o que aconteceu, a gente nunca tentou resolver só fingimos que nada nunca aconteceu 

Taylor : Acho que eu sempre deixei muito na cara, e a prova disso são os fãs. Mas você tá certa nós nunca conversamos a respeito fingimos que nada aconteceu 

Laura : Acho que tá na hora da gente conversar a respeito 

Taylor : Tudo bem, de qual parte quer começar a falar..?

Laura : Quando você prometeu me amar independente das circunstâncias, era só por estar bêbada? 

Taylor : Não, eu não estava tão bêbada, e eu prometi de coração te amar independente das circunstâncias 

Laura : Você parou de me amar em qual momento? 

Taylor ficou um pouco aflita com aquela pergunta 

Taylor : Eu também quero perguntar, talvez depois eu responda essa pergunta 

Laura sorriu

Laura : Pode perguntar 

Taylor : Por que escolheu ele, e não eu? 

Laura : Tay, nós nos distanciamos, eu queria de alguma forma fugir do que sentia, acabei me aproximando de outra pessoa e você também

Taylor : Respondendo a sua pergunta.. 

Taylor : Não teve um sequer momento em que eu parei de te amar, mas para a minha própria sobrevivência eu tive que aprender a viver sem você mesmo que eu não quisesse. 

Laura : Cara, você é tão incrível como eu pude te perder ?

Taylor : Você não me perdeu Lau

As vezes escolher nem sempre é o forte de alguém, Laura e Taylor estavam iniciando algo naquele momento. Será que finalmente as coisas vão se resolver? 

Laura : Eu ainda lembro daquela música que você cantou pra mim no dia da premiação

Taylor : Um pouco desafinada mas cantei, aquela música me representava muito com você 

Laura : Eu e a Ell podemos ficar aqui ate amanhã? 

Taylor sorriu 

Taylor : Vocês podem ficar quanto tempo quiserem, mas tem que buscar fraldas e roupas pra ela e pra você não? 

Laura : Na verdade tá lá no carro, eu meio que sabia que você não ia negar 

Taylor : Uau, você me manipulou 

Laura : Talvez um pouco 

O choro da garotinha ecoava pela casa de Taylor interrompendo aquele clima sem jeito, as duas sairam com passos apressados em direção ao quarto assim que avistaram Ella de barriga pra cima sorriram e se atiraram ao lado da garotinha deitadas de frente uma para a outra com a menina no meio, ficaram se olhando 

Laura : As vezes a gente parece uma família 

Taylor : Eu também tenho essa impressão 

A menina resmungou 

"Acho que foi uma confirmação "

As duas disseram ao mesmo tempo 

Ambas riam sem parar 

Taylor : Nós estamos com fome Lau 

Laura : Eu não posso te dar o mesmo que dou para Ell 

Laura falou em um tom engraçado, deixando novamente Taylor em um vermelhão 

A risada de Laura tomou conta do silêncio animando a garotinha e fazendo com que ela desse gargalhadas fofas 

Taylor baixou a cabeça no travesseiro para disfarçar a cara de boba, mas ja era tarde Laura já havia percebido então ria mais ainda

Laura : Tay, olha aqui 

(Risos) 

Taylor : Laura por que você faz isso 

Laura : Por que eu te amo sua idiota

A garotinha parecia entender tudo então permanecia em silêncio olhando para o teto com os dedinhos na boca 

Taylor : Eu te amo 






Notas Finais


Oi leitor(a) espero que tenha gostado, e quanto a música da qual Taylor canta para Laura, eu estava me referindo a Tenerife Sea do Ed Sheeran https://youtu.be/IyAwq-qiFkc


Até breve ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...