História Cherry Boy - Jikook - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Namjin, Ômega, Universo A/b/o, Vhope
Visualizações 571
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLOOOOO!!!
gente eu acho que o próximo capitulo pode ter até mais de 2000 palavras pq eu vou caprichar no hot uy kdjkdla >.<

Capítulo 38 - The strike end? -


Fanfic / Fanfiction Cherry Boy - Jikook - Capítulo 38 - The strike end? -

*GUKKIE ON*

Espera, o que? Primeiro ele faz aquele discurso todo para no final me mandar não fazer nada do que ele disse? WHAAT THE FUCK?

Ignoro coçando a nuca e respiro fundo olhando as escadas inquieto.

- Provocar? - sorrio sapeca. - Vai ser molezinha! - pensei alto.

Tiro o casaco que estava amarrado em meu quadril e sento no sofá de forma realmente bastante confortável.

- Greve? Okay... Quem vai precisar de cadeira de rodas depois não sou eu! - resmungo ligando a TV.

Espera um pouquinho... Ele foi tomar banho não foi? Tem um banheiro aqui em baixo também! Ótimo!!!

Pego minha mochila que eu havia trazido no dia anterior e vou até o mesmo, vejo o volume em minha calça e passo os lábios.

- Eu quero dar essa honra para o Jimin... Banho frio machuca... Vai ser morno mesmo, que essa caralha continue dura porque eu não vou me masturbar caralho! De novo não! - digo e me despi.

Tomo um banho normal e lavo meus cabelos. Ao me secar um pouco mal demais deixando meu abdômen bastante molhado, visto minha calça moletom cinza, sem cueca e uma blusa de botões branca deixando uns três botões abertos e volto até a sala com uma toalha menor nos ombros para secar o cabelo, ouço passos na escada e sorrio ladino pegando o controle secando o cabelo com a outra mão.

- O-O Hope já foi? - ouço sua vozinha falhar e o olho sorrindo de forma provocativa.

- Sim! - digo e volto minha atenção para a TV.

Percebo que o garotinho tinha uma toalha na cabeça para secar os próprios cabelos que mesmo molhados tinham uma cor forte, começo a ver vários filmes e séries pela Netflix e olho novamente para o Park que estava vindo em minha direção e senta ao meu lado.

- Você me ajuda a escolher um filme? - digo meio rouco e volto a secar meus cabelos.

- Ajudo sim, mas... Você sabe que ainda ta duro né? - diz olhando para meu membro.

O olho fingindo estar confuso.

- O que está duro honey? - digo com nossos rostos com uma distância curta.

- O-O meu amiguinho! - diz apontando com o indicador para meu membro.

- Seu amiguinho? Não seria o meu? - digo rindo fraco.

- Não! É o meu! Não é porque estou de greve que ele vai deixar de pertencer a mim, então sim, é o meu amiguinho sim! - diz e empina o nariz olhando para a TV.

Rio fraco assentindo.

- Já assistiu Guerra Mundial Z? - digo vendo o filme na lista.

- Não! - diz negando com a cabeça.

- Ah, então vai ser esse! - digo colocando o filme.

- Fala sobre o que? - diz tirando a toalha de seus cabelos.

- Assista que você vai ver! - digo em um tom rouco e assanho um pouco meus cabelos com a toalha.

Apoio meu cotovelo no encosto do sofá abrindo ainda mais a blusa.

- Aish, você não aprendeu a se vestir não? - reclamou fazendo bico.

- Na verdade aprendi sim! Só estou mais confortável assim! - digo sorrindo ladino com o olhar fixo na TV.

Eu conseguia sentir a blusa quase transparente grudada ao meu abdômen por conta da água presente no mesmo e mordo o lábio inferior meio que por acidente.

- O-Oppa... P-Por que faz isso comigo? Nem para manter uma greve eu presto! - diz manhoso logo juntando nossos lábios.

Sorrio retribuindo o beijo e segurando na cintura do Park, separo nossos lábios por míseros segundos.

- Você sabe provocar meu pequeno... Mas eu também sei! - sussurro rouco juntando nossos lábios novamente.

Peço passagem para a língua e o mesmo cede e senta em meu colo.

- Deixa eu adivinhar... O Hope disse para você me provocar? - sussurrou colando nossas testas.

Nego com a cabeça apertando a cintura do Park.

- Fica caladinho pequeno!! Agora você vai pagar por ter me provocado tanto com aquelas fotos, plugs, suspensórios e... Aigoo, só fica caladinho! - digo rouco juntando novamente nossos lábios.

Minha língua explora cada cantinho da boca do menor enquanto estava em sincrônica perfeita com a do Park, levo minhas mãos até a bunda do mesmo, coloco ambas por dentro do short meio apertado que o mesmo usava e aperto o local, ele separa nossos lábios arfando e tombando com a cabeça para trás.

- O-Oppa... Não í-íamos assistir o filme? - diz me fazendo rir fraco.

- Você conseguiria aguentar um filme de quase duas horas se o seu namorado tivesse lhe mandado fotos que lhe provocaram até demais? - digo colocando a língua na parte interna da boca.

- O-O Jimmy acha q-que não... - diz começando a rebolar em meu colo.

Tombo com a cabeça para trás prendendo meu lábio inferior entre meus lábios.

- V-Você está piorando a sua situação b-baby! - digo rouco entre gemidos.

- M-Mas oppa... - passa a quicar em meu membro. - Você n-nunca bateu no Jimmy... - diz e passa a língua entre os lábios carnudos e rosado.

Rio fraco mordendo o lábio inferior do Park e o puxando para mim.

- Então quer dizer que você quer apanhar baby? - digo o deitando delicadamente e ficando sobre o corpo do mesmo.

- O que acha? Vai fazer isso para o Jimmy? Ou ele precisa ser um baby ainda mais malvado? - diz levando as mãos até minha nuca e arranhando a mesma.

Arfo mordendo agora meu próprio lábio inferior.

- Você não consegue ser mais malvado do que isso, rum? - o desafio apertando uma de suas coxas grossas e fartas.

- Está me desafiando daddy? - diz levando uma de suas mãos até a lateral de meu rosto.

- O que acha? - repito a fala do mesmo passando a língua entre os lábios.


Notas Finais


COMENTEM O QUE ACHARAM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...