História Chica x female reader - Capítulo 74


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Fritz Smith, Golden Freddy, Mangle, Marionette, Nightmare, Nightmare Balloon Boy, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Plushtrap, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Visualizações 38
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Famí­lia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 74 - Positivo


~Foxy's pov~ 

Saí do quarto, deixando ( Seu nome) sozinha. Aquilo não podia ser verdade! Ela não podia estar grávida! Não! Eu não estava pronto para ser pai! Eu sempre adorei crianças, mas filhos são uma responsabilidade muito maior... 

Fui até o estacionamento, entrei em meu carro, coloquei a chave na ignição, mas sem virá-la, segurei o volante com as duas mãos, e encostei minha cabeça no mesmo, soltando um suspiro angustiado, me sentia culpado por isso, se ela estivesse realmente grávida eu seria o pai, depois de alguns breves minutos com a cabeça encostada no volante, finalmente liguei o carro, dirigindo até uma farmácia. 

Caminhei até o balcão, a atendente parecia pronta para ajudar, com um sorriso simpático no rosto, disse: 

- O que você está procurando? 

Soltei mais um suspiro: 

- Você tem teste de gravidez? 

Ela sorriu: 

- claro. Espere um minutinho. 

A moça entrou em um cômodo nos fundos da farmácia, provavelmente o estoque, e voltou algum tempo depois com vários modelos diferentes do mesmo produto e perguntou:  

- Qual deles o senhor quer? 

Olhei para todas as caixas e disse: 

-Bem, eu não sei... Não entendo muito sobre isso... 

Ela deu um sorriso levemente debochado, mas ainda simpático e começou a me explicar um pouco sobre cada um deles, após as explicações ela disse: 

- Perdão por ser intrometida, mas por que o senhor está comprando isso?  

- Como assim? 

- Bem, eu não estou te julgando,as normalmente são as mulheres que compram esse tipo de coisa. 

Concordei com a cabeça e expliquei: 

- Minha namorada não está se sentindo muito bem... Então eu desconfiei, sabe como é, ela me deu um susto. 

-Entendo. 

Disse a moça, ainda com um leve sorriso no rosto:  

- Nesse caso você deveria levar mais de um teste,pois existe uma margem de erro,esmo que pequena ela existe. 

Assenti novamente e perguntei: 

- Então quais você me recomenda?  

Ela analisou as embalagens por um breve momento e escolheu duas: 

-Estes são muito bons. 

A atendente explicou como o teste deveria ser feito, prestei muita atenção em tudo o que ela dizia tentando guardar o máximo de informações de uma vez, então falei: 

- Então vou levar esses dois. 

Ela sorriu: 

- está bem. 

Paguei e voltei para a pizzaria, usei a passagem secreta da enseada do pirata, entrei em meu quarto, (seu nome) estava deitada, coberta quase por completo, me aproximei devagar, já mais calmo, toquei de leve em suas costas: 

-(Seu nome)... 

Ela se virou na cama, estava com o rosto vermelho, parecia que havia chorado muito, me ajoelhei diante dela e falei: 

- Não fique assim, eu agi feito um idiota... Por favor me desculpe por isso... Eu trouxe algo para você. 

A garota arregalou os olhos e eu expliquei: 

- Precisamos saber se você está grávida ou não. 

Ela voltou a chorar: 

- você quer que aborte, não quer? 

-Não, meu amor... Eu não faria algo assim... Eu apenas quero saber se você está grávida para cuidar de você. 

Passei a mão pelos cabelos de (seu nome) que perguntou: 

-E a Chica? 

-O que tem ela? 

- Se ela acordar e descobrir tudo isso? 

-Você não pode esconder isso dela, até porquê vocês duas não poderiam ter filhos sozinhas... 

-Mas eu não queria ter filhos agora... Meu Deus! Eu tenho apenas dezoito anos! 

- Vamos pensar por outro lado, dessa forma o Fredbear não poderá te fazer mal. 

- Você acha que ele se importa? 

-Não sei... Mas espero que sim, ele não pode tentar nada contra você agora, afinal você pode estar carregando um filho de um dos artistas da pizzaria... Mas vamos fazer o teste para termos certeza. 

Ela assentiu e se levantou, lhe entreguei o pacote com os testes e foi em direção ao banheiro, onde se trancou e ficou lá por vários minutos. 

Depois de quase meia hora dentro do cômodo, ela saiu com o rosto ainda mais vermelho e com os cabelos bagunçados, caminhei até ela, coloquei minha mão em seu ombro e perguntei: 

- E então? 

Ela desviou o olhar para o chão e disse ainda entre lágrimas e soluços: 

- Deu positivo... 

A abracei, estava feliz e ao mesmo tempo preocupado, acariciei seus cabelos e falei: 

-Fique tranquila, (seu apelido), vai dar tudo certo, eu estou aqui, vou dar o meu melhor para ser um bom pai... 

Ela afundou o rosto em meu peito, sentia suas lágrimas escorrendo em minha roupa. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...