História Childhood love - Kim Taehyung - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 49
Palavras 880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura...

Capítulo 27 - Bebe?...Jackson...


Fanfic / Fanfiction Childhood love - Kim Taehyung - Capítulo 27 - Bebe?...Jackson...

— Merda! Pílula? — confirmo com a cabeça — Beleza, amanhã eu compro — ele fala e me puxa pra seu peito — vamos dormi, porque eu estou exausto.

—Também se você não estivesse só Deus. — ri

~ Quebra De Tempo ~

Três Semanas Depois

— E ai? Desceu? — ouço Taehyung falar do lado de fora do banheiro.

—Não Taehyung. — respondi ao abrir a porta saindo do mesmo.

—Aish! — pôs a mão na cabeça jogando os cabelos para trás.

—Calma, nem faz tanto tempo assim — peguei a agenda que estava sobre a escrivaninha a abrindo na página do calendário e arregalando os olhos. —Tae, vai na farmácia agora e trás todo tipo de teste.

—Quanto tempo? — perguntou nervoso.

—Duas semanas. — sentei na cama encarando o nada sem reação alguma.

Eu não posso ficar grávida agora, por mais que eu vá amar essa criança, eu quero fazer faculdade.

Deitei na cama e coloquei a mão na barriga imaginando como seria. Depois de muito tempo Taehyung chegou com uma sacola cheia de caixas despejando na cama, sentei e peguei a primeira embalagem li as instruções e fui para o banheiro.

Chegando lá fiz o que tinha na embalagem e se eu não estava doida dois tracinhos indicavam positivo, fiquei sem reação.

—Tae, lê as instruções de novo — pedi e o mesmo leu em voz alta.

—Você tem que fazer xixi no bastão, aí se aparecer um tracinho é negativo, se aparecer dois é positivo. — explicou —O que deu? — sai do banheiro encarando o mesmo com cara de tristeza. —Não vai me dizer que... — afirmei com a cabeça. —Eu vou ser pai?

—Ainda é o primeiro — suspirei tentando conter o nervosismo.

Fiz todos os testes e só dois deram positivo, conclui que estavam errados porque eu fiz quase vinte testes e tive que me entupir de água pra conseguir fazer tudo, fiquei um pouco aliviada com a quase certeza, mas ainda estava com medo.

Fomos pro sofá assistir TV, estava passando um filme qualquer, então decidimos assistir. Era Marley & eu, Taehyung estava concentradissímo no filme que nem percebeu que eu tinha feito pipoca.

—Naaaaaaaaaaao! — ele grita e acabo tomando um susto.

—Meu deus...—coloco a mão no peito.

—Ele não pode morrer! naaaao — ele fala.

—Tae, é só um filme. Calma — murmuro ao mesmo que continua a gritar.

—Ele morreu...— ele fala manhoso e me abraça.

—Oun meu deus, é só um cachorrinho Tae...—falo e o abraço.

—Não era pra ele ter morrido — ele fala.

—Mas aconteceu...— falo e ouço a porta ser aberta, meu irmão aparece na mesma.

—Olá babys — fecha a porta — como vocês esta...o que é isso no meu sofá?— ele pergunta.

—Um casal maravilhosamente lindo, que se ama e que não quer ter filhos antes de terminar a faculdade — Taehyung fala.

—Bom, que vocês se amam eu não duvido, já sobre ter sobrinhos, vocês podem ficar tranquilos, porque com a mancha de sangue que tá no meu sofá, com certeza, vocês não vão ter nenhum agora — ele fala e eu me assusto.

—Você falou mancha de sangue? — Tae pergunta.

—Sim, ta surdo é? — ele fala.

—Ai graças a deus — falo, Tae me abraça e começamos a pular pela sala.

—An? Qual a graça dela melar o meu sofá com menstruação? — Jin pergunta.

—Bom, é que nós achávamos que eu poderia estar grávida! — falo.

—O QUE? EU QUASE VIREI TIO E VOCÊS NÃO DISSERAM NADA! — ele grita — QUE TRAIÇÃO.

—Jin, é que nós não tínhamos certeza de tudo, então não queríamos te dar falsas esperanças — falo calmamente.

—Sei...— murmura.

— Bom, meninos eu vou bota um absorvente enquanto vocês limpam o sofá, beijos — falo e subo a escada.

S/N Off

Jackson On

E mais uma vez eu estou tentando falar com Jennie Kim — isso mesmo — ela continua a me evitar. Eu sei que o que tivemos no passado foi doloroso, mas pra ela claro, que passou tudo sozinha.

Continuo a bater em sua porta até que finalmente ela se abre.

— O que você quer? — ela pergunta.

—Falar com você, não é óbvio — falo e ela revira os olhos — a gente tem que conversar sobre...você sabe — falo.

—Eu não quero falar sobre isso — murmura — ainda doi muito.

— Eu sei...doi em mim também — falo.

—Hm...

—Olha eu sei que dói muito e que nada que eu fizer vai mudar! — me aproximo.

— PERDE UM FILHO QUE VOCÊ MAL TEVE TEMPO PRA SEQUER PENSAR EM REALMENTE TELO, É UMA FERIDA QUE NUNCA VAI CICATRIZAR! — ela fala e fecha a porta.

Me sento no meio fio, a lágrimas já começam a surgir em meu rosto.

—Eu sei que a dor dela não se compara a minha, mas poxa, eu quero mudar isso, ela foi especial pra mim, na verdade, ela é especial e por mais que soe estranho e-eu gosto dela — ouço a porta ser aberta — Jennie? V-você ouviu tudo.

—Sim! — ela fala e se senta ao meu lado — olha o que nós tivemos foi muito especial pra mim também...

—Foi? — ela concorda coma cabeça — então você me perdoa por ter sido idiota esse tempo todo?— pergunto.

—Sim, e me perdoa por ter sido tão grossa? Você não teve culpa — ela fala e abraço-a.

—Te amo! — falo quase sussurando.

—Eu também gosto de você Jackson — ela fala e dou um beijo em sua testa.

Jackson Off


Notas Finais


Até o próximo ep...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...