História Childless ? not at all - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 1
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


🎇✨안녕!!! Tenham uma boa leitura ✨🎇



Beijos da Tia Yoon ✨🎇🍜



E lembrem-se... 🎇✨"Aqueles que envelhecem por último,tem uma vida longa" ✨🎇.

Capítulo 2 - " Ele...se foi? "






Eu e meu irmão conversamos uma noite inteira , minha mãe autorizou nossas chamadas de vídeo , o que foi uma grande alegria!!! Será que minha vida estava melhorando com o tempo?...







Sempre mantendo contato...todos os dias depois da aula , fazíamos uma chamada de vídeo até tarde ,eu me sentia tão feliz por estar tendo contato com o meu irmão depois de tantos anos...







Todas as vezes eu falava com ele...era sobre como eu sentia saudades dele e que um dia eu queria revê-lo...







Sunmi ~ 




Eu me arrependo de não ter levado o Chang comigo...mas agora , não tem mais volta , o próprio pai nunca ligou para saber como a filha dele estava... Eu pelo contrário , falo com o Chang pois ele continua sendo o meu filho e eu o amo muito... 






A s/n quer muito rever o irmão...mas o difícil seria o pai dela me receber na casa dele, mas...pela minha filha... Eu faço qualquer coisa ...







2 anos depois... Eu e minha Omma pegamos meu celular para fazer uma chamada de vídeo especial para o Chang...hoje era o aniversário dele , ligamos e ele logo atendeu ...







S/n: FELIZ ANIVERSÁRIO CHANG!!!! 


SM: Oi meu amor... feliz aniversário! 30 anos nas costas meu meninão... 


CH: Obrigado Omma, obrigado s/n , estou com saudade de vocês... Muita mesmo! -sorri-


SM: Nós também meu anjo , eu e sua irmã ainda vamos te visitar...eu posso estar velhinha...mas mesmo assim terei a chance de ter ver pessoalmente , eu te amo...


CH: É...eu espero , eu amo vocês... 











Chang já estava com lágrimas em seus olhos ... Logo suas lágrimas começaram a escorrer em seu rosto ...





CH: Desculpa ... Eu não consegui , - limpa as lágrimas - então como vai aí no Brasil?







Nossa conversa não durou muito...meu pai chamou o Chang para uma conversa e ele desligou...





XXX: filho nós precisamos conversar... 


CH: Tudo bem... Tchau Omma, tchau s/n!!!








Nos despedimos , minha mãe ainda estava sorrindo radiante , um comportamento meio estranho ... Estava muito feliz , parecia que era a primeira vez que fazia uma chamada de vídeo.





S/n: Mãe... você está bem? Está sorridente... Nunca vi a Advogada séria tão feliz assim .



SM: Filha...eu estava muito ansiosa para contar... Eu vou direto só ponto...eu comprei as passagens para a Coréia do Sul...vamos fazer uma surpresa para o Chang! Vamos amanhã mesmo!


S/n: O QUE?! sério? 


SM: Sim , você vai poder ver o seu irmão novamente!









Naquela hora a única coisa que ru podia fazer era gritar...gritar muito! Minha vida realmente estava melhorando... Tudo estava melhorando...era como um sonho, nada podia ficar melhor do que isso!






Nesse mesmo dia arrumamos nossas coisas e no dia seguinte pegamos o avião e fomos para a Coréia...estava tão feliz...poderia rever o meu irmão...


















Logo que acordei pude ver a linda paisagem do céu...era lindo...minha mãe ainda estava dormindo , peguei o meu celular e comecei a escutar música...








Chegamos? Chegamos mesmo? CHEGAMOS NA CORÉIA DO SUL? 









S/n: OMMMMMMA!!!!! - Todos que estavam no avião me olharam estranho e logo abaixei a cabeça -















Descemos do avião , e logo já estávamos na rua , pegamos um Uber e fomos para a casa do meu pai...como será que o Chang irá reagir ao me ver?! 







Peguei meus fones novamente e seguimos viagem... A ansiedade tomava conta de mim , chegamos e paramos em frente a casa do meu pai...era enorme...quantos quartos teria nessa casa?...nem a minha no Brasil era tão exagerada...Toquei a campainha e o portão abriu , era tudo bem familiarizar... não tinha mudado muito coisa...

Meu pai veio nos receber mas...a reação dele... não foi de felicidade , foi de espanto...






XXX: eu já disse que não estou interessado na sua proposta Sr.Hwa-









Eu fui abraça-lo mas ele recusou o Abraço...ele estava espantado ao me ver , afinal chegamos de surpresa...






XXX: O que estão fazendo aqui? 


SM: Não viemos por você Seok , eu trouxe a S/n para ver o irmão dela...e aliás...onde ele está?







Ele permaneceu em silêncio , e pediu para que ele e minha mãe tivessem uma conversa...parecia muito sério...meu pai pediu para que eu arrumasse minhas coisas em um quarto, subi as escadas observando os quadros ,os vários quartos e salas. 







Arrumei minhas coisas em qualquer quarto , e fui procurar o Chang...procurei em quase todos os quartos e nada...ele poderia estar fora ... Mas lembrei da tal conversa  que meus pais estavam tendo...






Desci as escadas e vi os dois descutindo...como da última vez...









— PORQUE VOCÊ NUNCA ME DISSE? PORQUE? AGORA O MEU FILHO TEM CHANCE DE MORRER!


— ELE NÃO TINHA ESCOLHA! ISSO É A LEI ! O QIE EU POSSO FAZER? EU FUI TODOS FORAM ! QUASE TODOS VOLTARAM!



— QUASE TODOS! E SE ELE NÃO VOLTAR SEOK? 


— PARE DE FALAR  BESTEIRAS SUNMI!



Você...ainda se lembra?...desse apelido...


— E como eu poderia esquecer?...








Os dois permaneceram em silêncio e logo perceberam que eu estava escutando...





— O que aconteceu com o CHANG?! 











Aos  completar 30 anos , todos os homens vão para a guerra na Coréia do Sul...e chegou a vez do CHANG...







As chances dele morrer são poucas mas não impossíveis...






— Eu só vou embora quando o meu filho voltar ! S/n pegue as suas coisas que nós vamos para um hotel...


— Sunmi... Vocês ficam...o Chamg não vai voltar tão cedo..mas causo aconteça algo com ele... nós seremos avisados...












E assim foi deito...ficamos alguns meses na casa do meu pai e graças a Deus...nada aconteceu com ele...minha mãe ainda estava insegura e queria esperar mais um mês...







Mas...


          O que ninguém esperava...


       

                      Era que esse dia chegasse...








Minha mãe estava atendendo um homem que estava na porta de casa...ele estava tentando acalma-lá... Eu já temia o pior...








— Seu filho foi muito útil... Meus pêsames...fique bem.








Minha mãe fechou a porta  e quando virou me viu espantada...com os olhos transbordando lágrimas...meu irmão... Faleceu?








— É verdade? Ele...ele...morreu? Me diz que é mentira! Eu não quero que isso seja verdade!













"—Minha vida...nunca iria melhorar..."







 "— Eu te perdi...para sempre..."











Notas Finais


Byeee pessoas!!!✨✨🎇




História triste da s/n gente...mas logo vai melhorar!




Bjs da TIA YOON ✨🎇🍜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...