História Chocolate Fragrancy - Kaisoo- ABO - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Tags Abo, Chanbaek, Kaisoo
Visualizações 2.710
Palavras 886
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATT TRIPLA, advinha quem merece amor?
isso mesmo, Do kyungsoo.


ps: preparem o colete
ps2: espero que gostem de suco de limão. limonada pros íntimos rsrs

Capítulo 9 - Did u like' it?


Fanfic / Fanfiction Chocolate Fragrancy - Kaisoo- ABO - Capítulo 9 - Did u like' it?

 

Jongin tinha as mãos na cintura de Kyungsoo, e apertava conforme o beijo se tornava mais intenso.  
Kyungsoo, desceu suas mãos pelos braços do mais velho levou-os até o cós de sua calça, e ficou passeando os dedos por ali, que logo foram subindo e entrando embaixo da camisa do outro que ao sentir o toque dos dedinhos curiosos do moreno, arrepiou-se. 

Jongin levou seus lábios para o pescoço do ômega, o sugando com vontade, arrancando lamúrias e murmúrios dele enquanto o mesmo levava uma das mãos para sua nuca e puxava os fios do local. 

Jongin caminhou com o moreno até a cama mais próxima deitando-se com o mesmo sob seu corpo e continuou com as sucções e mordiscadas no pescoço alheio, enquanto sentia seus cabelos da nuca serem puxados com vontade e os murmúrios que saiam da boca do outro se tornarem fracos gemidos. 

Jongin desceu mais ainda a boca, a levando até os mamilos do moreno - passando a língua e sugando a clavícula no caminho -, abocanhando e começando a chupá-lo com força, enquanto beliscava e rodava o indicador no outro. Ele repetiu o mesmo ato no outro mamilo, o prensando com os dentes e arrancando gemidos sôfregos de Kyungsoo. 

D.O já não estava mais aguentando toda aquela enrolação. Ele queria ser fodido. Ele precisava que Jongin o fodesse naquele instante, ou achava que seu corpo iria derreter de tão quente que estava. 

Como se tivesse lido a mente do moreno, Jongin separou-se de Kyungsoo deixando um beijo em seus lábios, e começou a tirar suas roupas, ficando de boxer. Kyungsoo fitou o abdômen de Jongin e mordeu os lábios. Soltou um gemido suplicante. 

- Jon-Jonginnie! - gemeu manhoso. Ele precisava tanto daquilo. Jongin tremeu. Nunca pensou que passaria a amar aquele apelido tosco que sua ex-namorada havia o dado. Mas, ao sair da boca Kyungsoo naquele momento, passou a amá-lo. 

- Calma babe. - Sorriu. - Já vou te dar atenção. - falou indo até sua mochila e abrindo um dos bolsos. Retirou um dos pacotes de camisinha que havia ali e retirou sua boxer. Logo em seguida abrindo o pacote e vestindo seu membro. Kyungsoo gemeu ao ver o tamanho daquilo. - Abre bem as pernas huh? - pediu e o moreno assentiu fazendo o que lhe foi pedido. 

Jongin segurou nas pernas do moreno e o puxou para mais próximo de si. Afastou bem as pernas dele e levou dois de seus dedos até a entrada de Kyungsoo, o penetrando e se deliciando com o gemido que recebeu e com a quentura aconchegante que era o interior do mais novo.  
Começou a movimentar os dedos, numa sequência de vai-e-vem e tesoura, o preparando. Kyungsoo gemia baixo em concordância.  
Jongin adicionou um terceiro dedo e aumentou a velocidade dos movimentos, fazendo Kyungsoo gemer alto. Curvou os dedos e acertou em cheio a próstata de Kyungsoo, o que fez o moreno urrar em prazer. 

Kyungsoo estava amando aquilo. Jongin estava sendo muito bom, e olha que ele estava apenas com as mãos.  
Um gemido frustrado foi ouvido ao que o castanho retirou seus dedos de dentro de Kyungsoo. Passou o polegar em volta da entrada e o levou a boca, sugando o dedo melado pela essência que saía dalí. 

Posicionou-se entre as pernas do moreno e foi inserindo seu pênis de vagar. Apesar do instinto de alfa o comandando, sabia que tinha de ser calmo com o outro, pois era seu primeiro cio. 

Passados alguns segundos, Jongin começou a mover-se dentro de Kyungsoo, que cravou as unhas curtas nos ombros do maior. 

Seus gemidos saiam sincronizados, e eram os únicos sons que podiam ser ouvidos - fora o som totalmente erótico que era o barulho das peles se chocando -, as pessoas que passassem pelo lado de fora daquele quarto, tinha mais certeza ainda de que Jongin fodia bem, e de que Kyungsoo era bom de cama também.  
Jongin permaneceu com as estocadas lentas até que Kyungsoo abriu a boca. 

_ N-Nini.... Mais rápido! - pediu em meio à gemidos e Jongin o fez. 

Começou a estocar rápido, forte e fundo, fazendo sua glande chocar contra a próstata de Kyungsoo várias vezes o fazendo gritar alto entre gemidos. 

Jongin estava amando os sons que saíam da boca de Kyungsoo, assim com o aroma de chocolate que ficava cada vez mais forte. 

Jongin inclinou-se e beijou os lábios de Kyungsoo num beijo desesperado, pelo modo que estavam e pelo movimento constante que faziam. 

Kyungsoo chegou à seu ápice sem ser tocado, e com um gemido rouco e manhoso. Jongin não aguentou ao ver aquela cara de satisfação e prazer que o menor fez e acabou por vir-se dentro dele, logo em seguida sentindo sua glande inchar, os atando. 

- Gostou babe? - Jongin perguntou para o moreno com a respiração desregulada, que apenas assentiu balançando a cabeça e a virando de lado. Mostrando sua face avermelhada. - Eu também. - sorriu e mais uma vez selou os lábios de D.O. Assim que sentiu o nó se desfazer, saiu de dentro do moreno e tirou o preservativo que estava em si, o dando um nó e jogando no lixo. 

Quando voltou para a cama, Kyungsoo estava dormindo. Sorriu com a cena e deitou-se ao lado dele, cobrindo-os e pegando no sono em seguida. 


Notas Finais


SHIMMIE SHIMMIE KO KO LEMON I THINK I LIKE IT


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...