História Choni - Fire and snakes - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Antoinette "Toni" Topaz, Cheryl Blossom
Visualizações 41
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Adolescente, Mistério
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Butcher


Fanfic / Fanfiction Choni - Fire and snakes - Capítulo 6 - Butcher

-Toni,mas quem disse que eu ia voltar lá pra brigar?- na verdade eu queria mesmo era arrebentar cara deles.- Eu sou ia perguntar se ele tinha entendido o recado,só isso.- que ranço...

-Atá,e eu acredito.- disse ela.-tô nervosa com mais tarde.

- relaxa! Você vai conseguir.- parei e coloquei a mão em cada ombro.- Você é Toni Topázio,você consegue tudo... até experimentar o xarope de bordo que está no meu batom.- falei rindo e me aproximando até que a beijei livremente no estacionamento da escola. Seu beijo me fazia deseja-la cada vez mais,se afastamos e ela riu.

- Que xarope bom,use mais desse.- abri um sorriso pra ela.

- Vamos Topázio?- abraço ela e entramos para escola.

                                *

Depois da escola eu e a Betty fomos lá em casa pegar umas roupas para levar para casa da Toni.

- B,eu acho que você tem que me ajudar.- Betty fez cadeirinha com a mão depois fiz impulso,pulei pra dentro do meu quarto e peguei só o necessário e coloquei na mochila.

- B pega!- falei e joguei a mochila pela janela.

- Já vou falando que se você cair a responsabilidade não é nem um pouco minha.- disse B.

- Vou pular.- pulei pela janela e graças a os céus eu cai em pé.

- Santo Riverdaliano,vamos!

                                    *

Já estava de noite e todos estavam na boate de baixo do Pop's,os serpentes e o Jughead.

- Toma isso.- Toni botou uma pistola por dentro da minha calça na cintura.- Se a coisa fica feia só aponta pra eles,não atira.

- É seguro Toni? - perguntei.

- É totalmente seguro se você não se irritar.- disse ela endireitando minha calça.

- Se eles te irritarem eu não vou ter piedade.

- A é?- perguntou Toni.

- A é.- disse eu confirmando e se aproximando até que eu roubo um selinho dela.

15 minutos depois eles chegaram com 10 deles,tínhamos 15 nossos exageradamente já que era só uma conversa. Vimos eles desserem a escada e todos os serpentes se puseram de pé.

- Toni ele está aqui?- falei baixo. Ela parecia procura-lo e parece que achou,segui seus olhares e achei um homem mas ou menos com a idade do F.P Jones.

- Quem de vocês é o pai da Toni?- perguntou Jughead,alto e claro.

- Eu,porque cobrinha?- sua voz era grossa e fria como se não houvesse compaixão em si. Toni estremeceu quando ouviu sua voz.

- Relaxa Topaz,você consegue.- cochichei.

- Oque você e esses viciados em Jingle Jangle estão fazendo do nosso lado da cidade?- disse Toni dando um passo a frente.- Na Riverdale School...

- Como você cresceu...-disse ele.

- Pare de poupar seu tempo falando de "como eu cresci,eu vou perguntar novamente... Oque!?-a voz de Toni mudou,quando fui ver ela já estava gritando.

- Toni calma!- disse Jug.

- Tá tudo bem Jughead... Por enquanto está tudo bem.- disse ela olhando friamente para o seu pai.

- Depois que esses carniceiros me pegou e me amarrou e só me soltou por que foram me salvar,espancaram meu amigo... Você já não ficou satisfeito com isso?- gritou ela novamente.

- Era negócios!- gritou ele se aproximando a Toni.- Eu nunca faria mal a você.-completou

- Me fez mal quando saiu de casa... Quando abandonou eu e a mamãe!

- Eu tava protegendo vocês!-disse ele se aproximando e botando o dedo na cara de Toni.

- Ou! Se afasta dela agora!- gritou Sweet Pea.

- Volta pra onde vocês sairam. Aqui é o nosso lado,todos nós ficaríamos gratos se vocês fossem pra Greendale... Junto com a não serpentes que vocês acolheram,Penny! Vocês tem até amanhã pra tirar todos do seu bando daqui,incluindo em Riverdale School ou então...- alguém interrompe.

- Ou então oque?- perguntou uma morena lá no fundo.

- Ou então eu ponho dois policiais em cada canto dessa cidade,valendo o colégio,vai querer ver isso?- perguntou Cheryl.

- Quer pagar pra ver?- perguntou Jughead. Tornamos o silêncio como a resposta final.- Que bom.

-Saiam dessa boate,não quero ouvir e nem ver a gangue de vocês do nosso lado da cidade!- disse Toni passando seu olhar por todos incluindo seu pai.- Entendeu papai?- senti um toque de irônia.

- Sim.- disse ele.

- Oque?- perguntou Topázio.

- Sim! Nós entendemos!- disse ele.

- Que bom... Então saiam daqui. Agora!- disse Toni esperando a retirada deles. Quando o último saiu Sweet Pea bateu palmas E os outros também.

- Nossa...- disse Jug.

- Caramba Topaz... Me arrepiou.- disse Sweet Pea.

- Calminha Topázio... Você conseguiu.- falei abraçando ela

- Vamos cambada!- disse Toni.

- Vamos galera.- saiu Sweet Pea rindo e debochando dos carniceiros.

- Pelo visto eu não precisei da sua pistola,toma.- disse entregando a pistola a ela.


Notas Finais


Desculpe pela demora,estava pensando um pouco sobre oque escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...