1. Spirit Fanfics >
  2. Christ Williams Meio Loba, Meio Fada, Meio Gente >
  3. Uma bebê anormal

História Christ Williams Meio Loba, Meio Fada, Meio Gente - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo! Desculpa não postar, demorei muito para desenvolver este capítulo. Espero que gostem. 😘

Capítulo 2 - Uma bebê anormal


Fanfic / Fanfiction Christ Williams Meio Loba, Meio Fada, Meio Gente - Capítulo 2 - Uma bebê anormal

Christ por ser anormal assustava Claire, o que a garota podia fazer? Ela seria boa ou má? Claire não podia arriscar. Era tudo culpa da Trisavó de Christ! Com uma trisavó meio fada e um trisavô lobisomen a criança acabou herdando os poderes. Mas por que Claire não tinha poderes também? No fundo Claire tinha um pouco de inveja. Ela queria se livrar da criança, não ia permitir que isso passasse para a frente. Não teria mais gerações de aberrações. 

Ela queria colocar Christ em um orfanato onde não teria contato com nenhum parente, só completos desconhecidos. Christ não seria adotada, ela não podia ser adotada.

Mas seus planos foram por água abaixo, ela percebeu que se fizesse isso os responsáveis pelo orfanato fariam muitas perguntas e notariam a anormalidade da criança, nenhuma criança de 3 meses já sabe andar, falar e tem dentes crescidos.

Então apareceram os tios de Christ. Mas eles morreram. Claire ficou desesperada mas Estefâno - pai de Claire - quis cuidar da bebê. Ele ficou com a guarda da criança. Mas com uma condição, ele tinha que manter a promessa que fez à Claire: "Ele tinha que fazer de tudo para que Christ não soubesse o que era e o que podia fazer". Christ foi morar na Itália junto com seu avô.

Estefâno cuidou de Christ como se fosse uma filha. Ele sempre manteve a promessa. Ele sempre falava que ela era agitada desde bebê, quando perguntavam. 

A medida que foi crescendo, Christ começou a se desenvolver mais rápido, sempre se curando rápido demais, nunca quebrando seus ossos, ela também crescia rápido demais, aos 15 anos ela tinha 1,75 de altura. 

Nos primeiros anos de vida Christ tinha que viver escondida. Não trancafiada e maltratada, claro que não, ela não podia ser vista pelas pessoas. As pessoas ficariam curiosas em ver que uma criança de meses de idade se comportava como uma de 5 anos. Ela crescia rápido mas aos poucos ela foi ficando mais "normal", crescendo menos rápido. Aos 5 anos ela pode ser mais livre. 

Aos 12 anos (fase em que as garotas mudam) ela voltaria a se desenvolver rápido, mas não seria tão estranho. 

Estefâno sabia que Christ podia correr em uma velocidade inumana, poderia mudar de forma e poderia voar. Ele perguntou a si mesmo se ela usaria seus dons para o bem. Talvez ela continuasse gentil e bondosa, talvez ela ficasse egoísta e fria, só ela poderia escolher o que queria ser. 

O avô não gostava nem de imaginar se a garota descobrisse que pode controlar as coisas a sua volta, como o fogo. Ele tinha muita esperança de que a garota continuasse bondosa. 

Estefâno se sentia um pouco mal por esconder tudo da garota, mas ao mesmo tempo se sentia bem por cuidar dela. Se não fosse ele, ela estaria em um orfanato. 

O avô admirava muito a curiosidade e a inteligência da garota, sempre por aí lendo algum livro ou colhendo uvas. 

Apesar de Christ ficar frequentemente agitada ela encontrou, aos 13 anos, um jeito de relaxar. Ela ficava a manhã inteira colhendo enormes quantidades de uvas e depois fazia uma géleia. Ninguém conseguia fazer a géleia como Christ fazia. Parte da géleia era guardada, o doce acabou fazendo parte da torta de Estefâno. Outra parte Christ distríbua pela cidade, junto com pães frescos. O avô da garota admirava muito o lado bondoso, um dia ela se tornaria uma grande mulher. 

Estefâno não gostava muito dos garotos que tentavam conquistar o coração da garota. Ela poderia namorar com o rapaz que desejasse, mas ele não queria que ela se sentisse pressionada. 

Christ sonhava em ser prefeita de Balaro, ou até presidente da Itália. Estefâno falou que daria todo o dinheiro que ela quisesse, mas ela sempre recusava dizendo que queria usar dinheiro do próprio bolso, que usar dos outros para conseguir o que quer deixa as pessoas preguiçosas. 

Certo dia a garota adormeceu no sofá enquanto lia um livro, ele carregou ela nos braços até o quarto dela. 

Ao carregá-la ele pode ver os lábios de Christ se moverem murmurando algo bem baixinho, aproximou o ouvido e escutou ela murmurar: "Por que mamãe? Por que me abandonou? Não gosta de mim mamãe?". Ele deixou algumas lágrimas escaparem.

 A garota continuava a ter os sonhos. 

Ao chegar na porta do quarto abriu-a cuidadosamente - apesar sde Christ ter um sono profundo. Entrou e delicadamente colocou Christ na cama e cobriu ela. Ele voltou rapidamente a sala e pegou o livro que ela lia quando adormeceu. Ele viu a capa, o livro era sobre um lobisomen, claro. 



Notas Finais


Espero que tenham gostado 😘😘😘 Tchaaau 👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...