História Chubby : dia a dia de uma gordinha - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse e bem curtinho e desculpe pela demora, estava resolvendo problemas da escola :3

Capítulo 7 - Determinada ou arrenpendida?


E lá estava eu,  na frente de Derek,  não sei se estava arrependida ou determinada a acabar com isso.

- Aimée,  eu...  Devo me desculpar,  eu vi naquela aposta uma nova chance de me aproximar de você,  tomar coragem para que possamos voltar,  não  pensei que chegaria a esse ponto

-não  pensou?  Mas chegou a esse ponto,  me magoou,  Derek não  há  respeito nenhum por mim?

-não é  verdade!  Eu a respeito,  e amo,  não  é mentira,  é  amor de verdade.

Se aproximando de mim,  segurando em minhas mãos  ele me olha e tenta chamar minha atenção mas estava com o olhar em direção ao chão.

- eu não quero esse amor, um amor que machuca?  Um amor falso?  Ou um amor hipócrita

- Aimée?  Nada disso pode descrever meu amor,  ele é  puro,  infantil, timido, protetor e ciumento,  ele é o meu amor por você

- não o quero,  nem você  comigo,  eu,  não  estou apaixonada por você

-... Mentira,  você está! Aquela noite eu era seu centro e a conheço bem o bastante para saber que eu sou e sempre fui seu crush

- se acredita que é  mentira... Já é  com você, sabe o que sinto... Então  não me venha incomodar

- eu vou de provar,  que eu sei bem mais do que você  sabe como se sente por mim!

Eu fui embora, aquilo foi bem diferente do que imaginei mais pelo menos foi consideravelmente normal, quando cheguei  a sala,  só queria ir embora,  esquecer aquele dia, como os outros,  nem me lembro se eu comi,  espero nao passar fome depois. Saindo da escola, não via Derek em lugar algum,  que bom,  queria ficar o mais longe possivel dele.

- Aimée,  me espere

Com uma voz bem firme e uma puxada pelo braço estava lá  o certo cujo.


- Derek!?  - pelo que vêem eu não  estava e não  estou entendendo mais nada - eu não te dei um fora?

- aquilo?  Fora? não,  para mim foi uma reconcialiação,  foi uma chance  de começar  tudo de novo

Segurando minha mão com firmeza,  me puxava para mais perto enquanto eu desesperada tentava me afastar.

- minha chance de me redimir e te mostrar que estava falando a verdade

- se diz... 

- nao só digo como irei provar

- como?

Pra que fui perguntar isso,  na moral, melhor ficar quieta do qie abrir minha boca e falando em boca Derek me beijou depois de me dar um abraço.

- oi Aimée,  deixa eu levar sua mochila

- N-Não

Com um sorriso de lado, ele pega minha mochila sem se importar com o não que havia falado, segurando ainda minha mão, não me deixou reclamar mais, só me acompanhou para casa, e se tentasse falar algo ele me beijaria e pediria que eu ficasse quieta, nao  entendia mais nada para mim nao fazia sentido o meu dia e muito menos o Derek.

Chegando na porta de casa, ele finalmente me larga e devolve minha mochila.

-brigada

Naquele momento só queria entrar em casa e ficar longe de Derek,  esta ficando tudo tao repetitivo e clichê,  nem sei mais o que devo fazer para que esses dias tenham algum sentido.

-Derek, me diz se a algum sentido no qie voce  fez?

Ele ficou em silêncio  e quando abriu a boca foi para primeiro me beijar.

- não sei,  eu so queria você voltasse para mim,  me arrependo por tudo que fiz,  era inocente demais para entender que você  era a razão do meu viver

-... E eu.... Fui uma estupida

- não!você não foi!

-fui,  por que era louca de amores por voce

Ficamos em silêncio, ele tentou pegar em minha mão novamente e a segurar mais não  deixei e rapidamente entrei em casa,  Fechei a porta e me senti tão  exausta, até  aonde me lembrava era uma gordinha nerd e não  o alvo de algum shoujo clichê ou filme de romance colegial.

-filha você  esta bem? 

Dizia minha mae enquanto se aproximava de mim

- não, não estou

-minha menina, vai tomar um banho e depois desça para jantar

Ela me abraçou enquanto falava,  o abraço da mamãe me traz segurança  isso e bom né.

-OK mãe,  vou lá tomar banho

Subi as escadas, entrei em meu quarto, Fechei a porta e me joguei na cama.

- finalmente esse dia acabou!!

Fechei os olhos para cochilar um pouco antes de tomar um banho. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...