1. Spirit Fanfics >
  2. Chuca Radioativa - Chanbaek Oneshot >
  3. Capítulo Único

História Chuca Radioativa - Chanbaek Oneshot - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hey


Boa leitura❤🏳️‍🌈

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu tô no banheiro e momento assistindo vídeos de como fazer a chuca com garrafa plástica, porque sério, NÃO TEM CONDIÇÕES fazer no chuveirinho e ele sair cheio de merda do cu, tanto que comprei outro chuveirinho e enfio na boca agora porque é legal, só espero que meu marido não enfie no cu.

Eu encho a garrafa tento colocar no meu cu, mas a porra daquela boca não queria fazer contato com meu cu, só pode, eu não tava conseguindo deixar entrar água entrar.

Chan- Amor, eu-eita.

Ele abre e fecha a porta rapidamente, me fazendo bufar.

Eu- Fala daí.

E vejo a sombra dele por debaixo da porta se aproximar, aperto com tudo a garrafa.

Chan- Não, você é meu marido e eu posso ver isso.

Na hora que a água cai suja do meu cu ele abre a porta, fechando o nariz em seguida.

Chan- Não, Baek, SEM CONDIÇÕES, isso tá podre.

Eu- Claro ne, é a água do meu cu que eu limpo de três em três dias caindo, imagina se fosse desse teu aí que tu não limpa desde que nasceu.

Ele me encara emburrado e abre a janelinha do banheiro, deixando a porta aberta e tossindo em seguida.

Chan- Aqui, deixa entrar um ar aqui.

Eu- Tá.

Logo empurro a água com o cu e faz um barulhão, ele olha pra mim assustado.

Chan- Toda vez é assim.?

Eu- É, e eu faço isso só pra dar pra você, imagina você chupar o meu cu cheio de merda.

Ele faz uma cara de nojo e sai correndo do banheiro.

Chan- Eu acho que não vou conseguir mais fazer isso.

Ele diz do quarto.

Eu- Ah mas tu vai chupar meu cu sim, não coloquei esse anel no dedo atoa.

Ele aparece na porta com uma máscara e logo entra, ficando sentado na privada fechada. Encho a garrafa.

Chan- Eu tava pensando em comprar uma casa maior.

Coloco a boca da garrafa no meu cu, aperto e faço pressão pra sair.

Eu- Pra quê.? Chanyeol, essa mansão é enorme, no nosso quarto daria uma casa inteira, não precisamos de uma casa maior.

Sai um barulhão e um fedor de merda.

Chan- Mas...tá bom.

Eu- Quando terminarmos de transar em todos os cômodos, aí sim podemos comprar outra, certo.?

Chan- Certo, mas antes de a gente começar, só termina aí, vou fazer o jantar.

Ele sai, mas logo aparece na porta.

Chan- Ah, e se te jogassem em Chernobyl agora, aposto que esse fedor acabaria com toda a radiação que existe lá.

Não vou falar é nada, vai que eu dou um murro nele e depois eu que tenho que cuidar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...