1. Spirit Fanfics >
  2. Church - (NoMin) >
  3. "fique no chão até seus joelhos doerem"

História Church - (NoMin) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - "fique no chão até seus joelhos doerem"



"e eu continuarei te guiando

se você continuar me guiando até o seu quarto
todas as bebidas desapareceram"


O som da música alta que tocava no andar debaixo estava abafada, a garrafa de vodka jogada no chão perto da cama já estava vazia, o quarto começando a ficar quente. Dois adolescentes com os hormônios a flor da pele estavam aos beijos dentro do cômodo, se despindo enquanto andavam até a cama grande de casal.


Lee Jaeno se sentou e puxou Na Jaemin pela cintura, fazendo o menor sentar-se sobre seu pau já duro dentro da cueca box, apertou a cintura alheia com certa força, ouvindo o de cabelos rosados arfar baixo e gemer arrastado ao que teve a pele do pescoço sugada.


Jeno...— arfou enquanto rebolava lentamente sob o colo alheio, as cuecas molhadas de pré-gozo, os corpos com uma fina camada de suor e a camisa social que ambos usavam estavam grudando em seus troncos.— Eu quero chupar você.— sussurrou, baixo e sedutor no ouvido do outro, fazendo este morder o lábio inferior com força e reprimir um gemido.

Jaemin parou seus movimentos e se ajoelhou no chão, raspando os dentes por cima do tecido azul escuro, bem em cima da cabecinha, sorrindo em seguida quando ouviu um arfar alto, segurou no cós da cueca e com a ajuda de Jaeno, a retirou de seu corpo, jogando-a em qualquer canto do cômodo grande de seu quarto. Olhou para os olhos escuros e cheio de luxúria do loirinho e sorriu, segurando na base do pau mediano e grosso, passando o polegar por toda a glande rosada e molhadinha.


— Jaemin...vai logo.— e foi com seu último suspiro que Na o abocanhou por inteiro, chupando-o com maestria, lenta e dolorosamente, o torturando. Em nem um momento seus olhos desviaram uns dos outros, vez ou outra Jaemin o tirava da boca para o masturbar com a mão, subindo e descendo lentamente.

Nono...você gosta quando vou devagar?— perguntou em um tom provocativo e ao não obter a resposta, apertou o pau do Lee sem muita força, o ouvindo gemer alto e segurar seu cabelo já desbotado, puxando-o com força para trás.

— Não me provoca, Jaemin.— se aproximou e lambeu o rosto alheio.— Você sabe do que eu sou capaz.— aproximou a face do Na de seu pau, esfregando a cabeça em sua boca, fazendo o menor por a língua para fora e o lamber.— Abra a boca.— mandou e assim foi feito, Jaemin abriu a boca e a deixou ser fodida, vez ou outra se engasgando.


"Fique no chão até seus joelhos doerem

Sem mais orações querido, eu vou ser seu pregador"


Levou ambas as mãos para as coxas brancas e fartas do loiro e a arranhou, sentindo seu joelho começar a doer, sua boca já estava dormente e seu maxilar doendo, mas não iria parar, iria continuar até o maior gozar.


— Estou quase...— gemeu jogando a cabeça para trás e se desmanchando na boca do namorado. Se jogou na cama e fechou os olhos, sentiu um peso sob si e sorriu ao sentir a pele do outro junto a sua.

Jaemin levou ambas as mãos a camisa social que Jeno usava e começou a abrir botão por botão, sorrindo e gemendo baixinho enquanto rebolava no pau já duro do outro, sentindo a glande raspar em seu buraquinho que piscava ansioso. Estava prestes a abrir os botões da própria camisa quando fora impedido por um Lee que o olhava com desejo e um sorriso em sua face.


— Quero que você cavalgue em mim vestindo minha camisa.— sentou na cama e sussurrou no ouvido do Na, chupando o lóbulo de sua orelha com força. Afastou Jaemin de si e se ajeitou melhor na cama, encostando as costas na cabeceira e as pernas esticadas.— Venha cá, senta aqui.— bateu em sua própria coxa, fazendo um som alto ecoar pelo quarto. Jaemin engatinhou pela cama até chegar perto do Lee, ficou de joelhos e levou a destra ao pau pulsante, guiando-o até sua entrada. Fechou os olhos com força e foi sentando devagar, sentindo Jaeno apertando sua cintura o ajudando a descer.

N-Nono...— suspirou e levou ambas as mãos para os ombros largos do maior, descontando seu prazer ali.— Esquecemos a camisinha.— abriu os olhos e que estava sendo encarado, sorriu.

— Quero sentir pele com pele.— levantou um pouco o quadril e o estocou com força, vendo o Na arquear as costas e jogar a cabeça para trás.— Começe.


"Você não está vestindo nada além da minha camiseta
Me chame de superficial, mas só estou indo cada vez mais fundo, sim"


A-a música parou.— gemeu começando a sentar no Lee com força e rapidez, rebolando enquando tinha os fios loiros entre seus dedos os puxando para trás.

— Não tem problema, é só gemer baixo.— deu um tapa forte com ambas as mãos na bunda do Na, apertando a carne e puxando-a.

Jaeno estava adorando ver as expressões de Jaemin; a boca entreaberta, os olhinhos fechados e as costas arqueadas para trás, levou as mãos para a cintura fina e bem desenhada do Na e a apertou, ouviu um gemido um pouco mais alto e soube que a próstata fora atingida.


Aah...a-achou?— a voz rouca e o aperto agora em suas coxas estava fazendo o rosado delirar.

— Nono...estou ficando cansado.


"Batizo nas suas coxas

Até doer"


Deitado na cama e com as pernas nos ombros de Jaeno, Jaemin se encontrava tentando segurar os gemidos altos, a música tinha voltado a tocar mas com certeza tinha gente aos beijos no corredor. Jaeno ia fundo e forte, a destra apoiada na cama ao lado da cabeça do Na, enquanto a outra o masturbava na mesma velocidade em qual entrava e saia do rosado. 


— Achei.— sorriu cafajeste ao ouvir um gemido alto e fino sair entre os lábios do namorado.

Mais forte.— pediu manhoso, arranhando as costas do loiro, olhando em seus olhos. Depois de algumas estocadas ambos gozaram, Jaeno dentro de Jaemin e Jaemin na mão de Jaeno.— Estou cansado, Nono.— suspirou tirando a camisa e se ajeitando nos braços fortes do outro.

— Ainda não terminamos, meu amor.— sorriu, ficando novamente por cima, fazendo o Na abrir um sorriso.


"Vou mantê-lo acordado até o pôr do sol

Falando em línguas, sim, ainda não terminamos"


Notas Finais


gostam de chase atlantic?

o que acharam, gostaram? espero que sim ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...