História Chuva - Poliéric - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aadp, As Aventuas De Poliana, As Aventuras De Poliana, Eric, Poliana, Polieric
Visualizações 120
Palavras 667
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo único.


pov poliana

Eu andava pela rua para chegar até a praça perto de casa, já que sempre ia lá depois das aulas, mas hoje estava chovendo, então nenhum dos meus amigos adultos ou adolescentes mesmo estavam lá.

Pelo caminho que vou, sempre tem uma rua que me dá calafrios, ela não é tão grande, mas é escura e têm muita fama que também é perigosa. Estava passando pela própria rua e alguma coisa estava me dizendo para sair dalí correndo, mas nem ouvi meus instintos e continuei andando por lá.

Escuto um barulho de moto longe e um barulho de carro freiando com tudo na rua. o barulho da moto estava ficando maior e maior, podia escutá-lo diante de meus ouvidos, e senti passos atrás de mim. Começei a andar mais rápido, e mais alí na frente tinha um beco, um pequeno espaço entre dois prédios, até pensei em entrar lá, mas achei melhor não.

Senti os passos cada vez mais próximos de mim, e a chuva só aumentava, a moto mais e mais em cima de meus ouvidos e eu estava tremendo muito, e com muito medo, até que quando estava passando do lado do beco, sinto algo me puxar para dentro dele e me levar beco adentro. Desesperada, digo:

- Por favor, não faz nada comigo, eu te dou tudo que eu tenho mas não me machuca por favor!

- Shh, fala baixo ou vão pegar a gente, então é aí que você vai se machucar mesmo! - Diz a voz da pessoa que me puxava.

A tal pessoa misteriosa que me puxava me levou até uma outra rua, que dava direto na praça, então eu percebi que aquela não era uma má pessoa.

pov éric

Estou muito calmo olhando a janela e as pessoas passarem na rua escura da loja dos meus pais, até que vejo lá do começo da rua uma menina, que parecia muito gentil, andando. Mas esse não era o problema, o problema mesmo era o homem que a seguia á uns 10 metros de distância e uma moto que também a seguia, só que á uns 7 metros.

Eu precisava agir? precisava. Chovia demais, entrei no beco e esperei a tal garota passar por lá. Sabia que ela estaria desesperada, mas não sei como ela reagiria. Quando ela passou eu logo a puxei e a levei correndo pelo beco para uma rua mais iluminada que passava pela praça. Pelo caminho, ela disse:

- Por favor, não faz nada comigo, eu te dou tudo que eu tenho mas não me machuca por favor! - Ela diz e eu percebo sua voz de choro.

- Shh, fala baixo ou vão pegar a gente, então é aí que você vai se machucar mesmo! - Digo calmo.

Chegamos à praça e eu sentei com ela num banco, e finalmente pude ver seu rosto de perto, ela era realmente muito linda, alguma coisa nela mexeu comigo.

pov poliana

Ele sentou comigo no banco da praça e eu finalmente pude ver seu rosto. Era um menino realmente muio lindo, e gentil, eu o abraço e desabo no seu peito.

- Eu estou com muito medo! Eles ainda estão atrás de mim? Eu estou com medo! - digo chorando sobre seu abraço.

- Não tenha medo, eles nunca vem para cá - diz ele me dando seu casaco para me proteger da chuva.

- Obrigada. Por tudo. Qual seu nome?

Sem dar tempo de responder, ele me beija, sob a chuva. Foi um beijo calmo e sincero, muito bom para variar.

Acabamos o beijo e nos abraçamos, ate que sinto algo tocar minhas costas e uma voz grossa e fria diz:

- Agacha, princesa. AGORA.

Solto me do abraço dele e, sem olhar para trás, eu agacho medrosa.

- Não mexe com ela.- diz o tal garoto que eu beijara.

- Seu traídor! Você quem ajudou ela? Agora você paga o preço. Quais são suas últimas palavras?

O menino olha para mim, com os olhos cheios de lágrimas, e os meus já chorando.

- Meu nome é Éric. - Ele diz, e sobe um alto barulho de disparo de arma de fogo.

- NÃO!

~fim..




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...