História Cinderela - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Styles, Louis Tomlinson
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson, Personagens Originais
Tags Amor De Outra Vida, Drama, Harry, Larry, Louis, Morte, Reencarnação, Romance, Traição, Vingança
Visualizações 16
Palavras 999
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Slash, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Penúltimo capítulo.

Boa leitura.

Capítulo 25 - XXV


Fanfic / Fanfiction Cinderela - Capítulo 25 - XXV

Tudo estava indo tão bem tudo o que eu queria era que você me amasse como eu te amo mas não você teve que fazer isso. Por que? É tudo o que eu quero saber. O por que de tudo isso.

Me sento no chão.

- tudo estava tão bem que achei que teria uma vida boa e plena. - pego a bola no chão e a jogo na parede.

alguma horas antes

- filho vem cá. - Grito pela terceira vez

- para de correr por essa escada você vai acabar caindo. - Falo novamente

Depois de alguns meses Harry expulsou minha madrasta e as filhas dela do seu reino. Eu acabei ficando com a casa novamente e desde aí eu fiquei cuidando daqui e venho aqui de mês a mês.

- papai vamos eu quero ir pra casa do tio Gustavo. - Sorrio e saio do quarto com meu filho indo para a casa do Gus.

- senhor para onde você vai? - o meu servo me perguntar antes de entrar na carruagem.

- para a casa do tio Gustavo. - meu filho fala animado.

- pois não senhorzinho. - meu servo fala sorrindo enquanto faz a carruagem andar.

- ebba - meu pequeno começa a bater as mãos comemorando. Sorrio e olho pela janela.

algumas minutos depois

- tem certeza que ele não vai e incomodar? - Olho para meu filho que está brincando com os seus brinquedos.

- tenho sim. - Olho para ele que está sorrindo de uma forma fofa. Retribuo o sorriso e ele mudar o sorriso para um ladino.

Ferrou! Lá vem merda.

- e também você é o Harry precisam de um tempo a só para brincar de príncipe e princesa. - Fico vermelho

- para Gustavo. - Falo sério o olhando feio.

- faz um tempão que vocês não trepam. Aquele idiota do comandante do Harry sempre estava lá para lhes separarem. - Ele se levanta irritado e fica andando de um lado para o outro me deixando com vontade de rir.

- e ainda por cima o babaca sô estava querendo fazer isso por que você é um homem é não uma mulher. - Levanta o braço falando um "porra" sem som.

- agora vai lá e transar até o dia amanhecer. - Ele me expulsar de lá a ponta pés alegando que ele só vai parar se eu aceitar que preciso transar loucamente com Harry vou para o castelo rindo do que Gustavo tinha tido mas até que ele tinha razão eu precisava ficar a sós com Harry.

alguns minutos depois

Ando calmamente até o lugar que eu acho que Harry ainda está ele sempre sair do quarto dele só depois das oito da manhã mais ou menos. Eu estava com tanta saudade que acho que vou me jogar em cima dele beijar seu corpo todo e o saciar de todas as formas possíveis. Me saciar.

Entro no corredor que fica o quarto dele. Abro a porta e vejo ele deitado na cama, me aproximo bem devagar. Me intenção e subo em cima dele tirar esse lençol e beijar seu corpo.

- Harry. - o corpo se mexe na cama e soltar um gemido de manhoso. Aquela fala fez meu corpo paralisar e meus olhos arderem. Eu não posso chorar. Não agora.

- Harry vem logo pra cama eu quero um segunda rodada. - o corpo se levanta me mostrando que está totalmente nua. Ela se espreguiça e olha para os lençóis fazendo uma cara de que teve uma noite maravilhosa.

- humm Harry? - ela olha para a porta do banheiro eu sigo seu olhar o fixo naquela porta que eu torço para que nada saia de lá.

Por favor não sair daí. Não Harry.

A porta se abre e eu o vejo sair apenas com um pano enrolado na cintura e enxugando o cabelo com outro. A primeira lágrima cair fazendo o movimento por meu rosto descendo por meu pescoço e caindo no meu sapato. Ele me olha e olha para a moça que pela primeira vez me ver naquele cômodo. Eu começo a chorar como se meu mundo tivesse caído desmorronado, e na verdade tinha. Eu coloquei todas as minhas esperanças e objetivos em uma única pessoa e ela me decepcionou como eu jamais achei que podia. Me viro e saio calmamente daquele lugar. Eu não queria e nem podia ver o que tinha naquele quarto.

- Louis! - ouço ele gritar meu nome é acelero meus passos. Sinto seu aperto no meu braço e o olho.

- não me tocar. - puxo meu braço. - nunca mais me tocar. - Falo entre soluços. - nunca. - Grito.

- não é nada disso que você tá pensando. - ele começa a chorar.

- eu não pensei eu vir. Eu vir aquela mulher te chamando e você saindo daquele banheiro. - jogo tudo para fora.

- eu não tava fazendo...- lhe cortei com um tapa.

- não me olho. Não me toque. Não fique no mesmo lugar que eu. Me esqueça pois eu irei te esquecer. - limpo minhas lágrimas. - para mim você morreu. - começo a andar querendo sair daquele lugar.

momento atual

Me levanto do chão e me olho no espelho.

- eu te amei tanto Harry. Um amor que chegar a doer. - toco em meu peito. - mas eu irei te esquecer. Irei te deixar no meu passado. Eu irei tira você dá minha mente do meu coração.- tiro o anel do meu dedo e o deixo cair no chão. - Isso é o melhor para mim. - empurro o espelho o deixando cair no chão.

- você deixou meu coração assim meu amor. - pego um caco de vidro e o passo em meu braço. - eu irei tornar essa dor emocional em física. - vejo o sangue cair até o chão. - isso irá me sentir mais aliviado. - fazer tudo mais pleno. - seguro com força o caco fazendo minha mão se cortar. Sinto o alívio da dor emocional sumindo.


Notas Finais


Obrigado por lerem até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...