História Cinquenta Tons De incesto' - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Caitlin Bleads, Chaz Sommers, Cristian Bleads, Justin Bieber, Ryan
Visualizações 132
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um cap, Espero Que gostem.
Desculpem os erros ortográficos E boa leitura♥

Capítulo 2 - Cap 2- Desculpa mas O amo papai!'


Capítulo anterior**

-COM QUEM VOCÊ ESTAVA FALANDO KATHERINE BIEBER?_ a Kath gelou na mesma hora mas continuo firme-Eu estou falando com você Katherine_ele falou entre dentes chegando para mas perto dela que logo trato de responde    


-Aah...eu estava falando com o meu namorado, Porque,?_Ela falou olhando nós olhos dele, e percebeu Que havia falando merda, Pois seu pai estava vermelho de raiva mas ficou surpresa Quando viu ele virar de costas para ela e ir em direção a porta do seu quarto ele abriu a porta e saiu dali batendo a porta com força.

O Justin estava vermelho de tanta raiva, Ele não sabia se sua filha estar mesmo namorando, mas de uma coisa ele tinha certeza Que ele não iria permitir esse namoro,ele estar no seu escritório sentado na sua cadeira atrás da sua mesa"Com um copo de Wisnik em uma dwe suas mãos, E na outra ele segura um porta-Retrato com a foto da sua filha , As coisas Que ela disse não saia da sua cabeça e  isso só o pertubava mas, Já passava das 02:00hrs da manhã, E Justin ainda estava em seu escritório, Ele resolve ir tomar um banho e ir dormir pois ele Queria passar o dia seguinte com sua família. 

Após tomar um banho gelado ele sai do banheiro com uma toalha enrolada na cintura e vai direto para o closet, ele vestiu apenas uma cueca box branca e se deitou na cama com cuidado para não acorda sua esposa. 

DIA SEGUINTE* 

      Pov Kath 

Acordei com o alarme do Meu celular, Pois eu havia esquecido que hoje não haveria aula hoje, Peguei meu celular desliguei o alarme como eu não iria conseguir dormi novamente graças a minha burrice eu levantei e fui para o banheiro escovei meus dentes tirei meu pijama e tomei um banho quente e demorado, Sai do banheiro enrolada em uma toalha e fui para o closet, Peguei um conjunto de calcinha e sutiã preto de renda e vesti, coloquei um short clarinho e uma blusinha de alcinha fiz um coque frouxo no cabelo peguei meu celular e sai do meu quarto para ir tomar café da manhã, Eu andava sem pressa pelo corredor cheio de quartos  já Que meu quarto é o penúltimo e o dos meus pais e terceiro Quarto,  Quando escuto gemidos vindo do quarto da mamãe e do papai, Uma raiva me consumiu mas eu mim controlei, eu escutava o meu pai gemendo com aquela rouquidão e minha mãe pedindo entre gemidos para ele ir mas rápido, Na verdade ela estava implorando, Como ele consegue fazer isso comigo, ainda por cima uma hora dessas da manhã?! Eu voltei para meu quarto com uma vontade enorme de chorar mas  eu não vou, já no meu quarto conectei o fone de ouvido no meu celular e fiquei escutando música deitada na cama.

Pov Justin*

Mim acordei com o alarme me levantei com minha mulher pois a mesma também acordou,murmurei um "Bom dia" e selei nossos lábios em um selinho rápido me levantei e fui para o banheiro, fiz minha higiene matinal tirei minha box e entrei no box liguei o chuveiro e começei a tomar meu banho, Mas logo senti alguém me abracar por trás e já sabia Que era a Samantha virei de frente para ela Que também estava nua, E a mesma me puxou para um beijo quente e cheio de desejo, Apertei a sua bunda e ela arfou, Parei o beijo e começei a chupar seu seio esquerdo em quanto massageava o outro, parei e logo voltei a beija-lá mas quando ela parou o beijo que eu abri meus olhos eu vi a Kath ali e não a Samantha, vocês devem tá se perguntando Que tipo de pai eu sou não é mesmo? Mas a verdade é que eu sou apaixonado pela minha filha desde seus  14 anos, mas nunca tentei nada com ela, Enfim a peguei no colo e sai do banheiro, já no quarto a coloquei na cama e quando eu já estava me posicionando em sua entrada eu não vi mas a Kath e sim a samantha balançei a cabeça negativamente  e a penetrei sem avisar, Começei a fazer movimentos lentos, Eu estava de olhos fechados apreciando o prazer, Quando os abri voltei ver a Kath gemendo

-hmm... Ma-mas rapido_a Samantha falou entre gemidos mas eu via a Kath e não a sam

-Pedi_Falei, eu queria aproveitar que estava vendo a Kath ali e ver ela implorando para eu ir mas rápido e isso seria a melhor coisa

-womm...Po-por favor_ela falou entre gemidos e eu sorrir e aumentei a velocidade das estocadas para rápidas e profundas

[...]

Eu e a Samantha estávamos na cozinha sentados na mesa conversando enquanto tomávamos café da manhã, E por encrivel  que pareça a Kath não tinha descido para tomar café

-Você viu a Kath? _perguntei a sam e ela negou e pediu para eu chamar a Kath Cheguei na frente do quarto da Kath bati na porta duas vezes e ela nada respondeu isso já estava me irritando, Entrei no quarto, assim que ela me viu se sentou no meio da cama tirou o fone de ouvido e ficou esperando eu falar alguma coisa

  -Bom dia filha, Por que não desçeu para tomar café da manhã? _perguntei e ela apenas me olhou e logo em seguida soltou uma lufada de ar pela boca

-Porque quando eu estava indo tomar eu escutei uma coisa Que tirou todo meu apetite_ela falou com um pouco de raiva? 

-e eu posso saber oque você escutou? _perguntei realmente curioso e me sentando na ponta da sua cama 

-Eu escutei você e a mamãe gemendo loucamente_ela falou com  vontade de chorar, E eu  na mesma hora me engasguei com minha própria saliva 

-E-Eu..._tentei arrumar alguma desculpa mas fui interrompido por ela

-Não precisa, Arrumar desculpas esfarrapadas não papai_Ela deu ênfase no papai-Isso foi até bom pra me sabe_ela falou com  lágrimas nos olhos e eu fiquei sem entender

-Como assim"Foi até melhor para você"?_falei um tanto confuso, Ela riu sem ânimo , Ela desceu da cama pegou uma chave e abriu a gaveta do criado mudo e tirou uma foto minha rindo destraido e me entegou e eu fiquei mas confuso ainda

-A pessoa com quem eu estava conversando ontem a noite foi a sua foto...Eu...Eu sei que que o senhor deve estar confuso_eu apenas assenti-Mas eu_ela fechou os olhos e soltou uma lufada de ar pela boca e quando abriu os olhos estavam seus de lágrimas, E já rolavam algumas lágrimas pela sua Buchecha e isso estava partindo meu coração-Eu já não o vejo apenas como pai_ela falou

-Isso é brincadeira ? _falei e ela permaneceu calada e com a cabeça baixa enquanto chorava e eu apenas  a abraçei-desculpa papai mas eu o amo...como homem, Eu não sei como isso foi aconteçer!.


Notas Finais


Espero que gostem
Comentem oq acharam e aceito críticas
Bjs^¤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...