1. Spirit Fanfics >
  2. Circus >
  3. The Greatest Show...

História Circus - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus coelhinhos na cartola, voltei trazendo essa story que espero que gostem, dêem muito amor e carinho assim como eu estou dando!

Capítulo 1 - The Greatest Show...


Fanfic / Fanfiction Circus - Capítulo 1 - The Greatest Show...


    O centro do picadeiro, lar de muitas risadas, brincadeiras, coisas consideradas mágicas e até mesmo animais que fazem truques, só que também é o meu e mesmo que quase ninguém saiba, eu não vim para cá porque quis ou gosto de ser o centro das atenções, eu apenas vivo assim ou já teria morrido de fome há muito tempo, literalmente. Porém em meio a tantas atrações, eu sou o mais aguardado, eu sou o que mais pedem para ser visto, todos querem me conhecer, mas somente poucos sabem meu verdadeiro rosto.

-Senhoras e senhores, o circo já está aberto somente aguardando sua nobre presença, venham aproveitar as nossas atrações!

Lembro muito bem quando cheguei aqui, mesmo que não tenha sido de uma forma boa, não posso negar que mesmo por interesse eu fui bem acolhido. Eu tinha 17 anos, estava fugindo após ter roubado uma maçã, estava com bastante fome então acabei fazendo isso já que não encontrava comida nenhuma nem para caçar, então me escondi dentro de uma das cabanas do circo que vi e quando finalmente quem me perseguia foi embora, fui descoberto pelo dono do circo. Ele me entupiu de perguntas e por pouco não me jogou para fora, já que fui mais rápido e tomei uma atitude, me transformando na minha outra metade. Lembro bem da cara de pânico dele e de como me arrastei literalmente ao seu redor para que confiasse em mim e visse que não iria machucá-lo, até que depois de alguns minutos me analisando, ele finalmente sorriu e disse que eu poderia ficar se eu fosse uma das atrações. Então mesmo sem gostar já que vivia escondido por ser sempre rejeitado e chamado de aberração, eu aceitei, desde então tenho vivido assim, viajando pelos lugares, me apresentando e assustando algumas pessoas, desmaiando outras, mas fazer o que...

-Jaehyun, já está pronto?

-Sim, estava só me concentrando.

-Então venha querido, você será o próximo, já estamos bem perto do final.

Disse uma das trapezistas e assim eu fui, andando lentamente até chegar ao centro do Circus, recebendo todos aqueles olhares curiosos, alguns já cochichavam sobre o que eu iria mostrar, nada com que eu já não esteja acostumado.

-E como nossa última atração, eu vos apresento este rapaz que com sua beleza encanta os mais diversos jovens e adultos, assim como pode os assustar em seus piores pesadelos com sua outra forma, alguém tem algum palpite?

-Ele engole espadas!

-Ele vomita vermes! -nesse momento até fiz cara de desgosto porque achei muito nojento.

-Ele canta como uma sereia!

-Voa como um pássaro!

Foram tantas coisas que mal consegui processar, olhava para os rostos de cada pessoa ali e ficava pensando em como deveriam ser suas vidas, se eram piores ou melhores que as minhas...

-Vamos ver se alguém acertou!

Concordei com um leve balançar de cabeça e em um movimento rápido e preciso, comecei a me curvar em varias direções? me transformando já escutando os gritos das pessoas, até estar finalmente completo, abrindo os olhos para enxergar cada expressão.

-Bem, eu espero que não tenham medo de uma serpente, alguém quer vir cumprimentá-lo?

-EU!- escutei uma voz infantil dizendo e acabei sorrindo internamente, crianças realmente não tinham muita noção do que era ou não era perigoso então após uma permissão, fui até a criança e deixei ela tocar em mim, mesmo com os outros se afastando, a mãe estava tão em choque que mal conseguia falar, porém eu apenas brinquei sem machucar a pequena.

-Mamãe ele é engraçado!

Acabei rindo internamente mais uma vez e fui recuando aos poucos, me sentindo bem e ao mesmo tempo estranho já que não era sempre que havia alguma reação assim. Também senti mais algumas mãos tentando me tocar com certo receio até que uma em específico me chamou a atenção. Quente e aveludada, parecia como a patinha de um gato a textura. Rápidamente olhei para trás e vi um par de olhos brilhantes me encarando com um semblante preocupado, ao mesmo tempo triste e confuso. Então escutei meus colegas de "trabalho" entrarem para se despedir do público mais uma vez e fiz o mesmo, voltando ao centro do picadeiro, onde logo as laparinas foram sendo apagadas e eu pude finalmente voltar a minha forma humana, podendo finalmente descansar e dormir.

...

Em meio ao meu sono merecido, escutei uma doce voz me chamando e algo me balançando, até que acordei e assustado, tomei parte da forma de serpente com os olhos e as presas a mostra assim como algumas escamas até que notei o rosto não tão estranho assim.

-Quem é você? O que faz aqui?

-Desculpe aparecer assim, o vi mais cedo na apresentação de ontem.

-Não me respondeu!

-Sou Taeyong, estou aqui porque fiquei curioso sobre você.

-Como entrou aqui?

-É fácil quando se é pequeno e tem pelo escorregadio.

-Como assim?

-Eu sou como você Jaehyun, mas me transformo em uma raposa vermelha.

-Prove!

E assim o estranho Taeyong começou a se transformar e em um curto período de tempo, seu corpo era o de um quadrúpede e cheio de pelos, assim como logo voltou a forma humana, me deixando de boca aberta.

-eu pensei que fosse o único!

-Infelizmente você não é, existem outros como nós. Porque você está num circo sendo que tem uma floresta e uma vida enorme pela frente?

-Bem, é uma longa história e eu não quero contar para alguém que mal conheço, agora por favor se retire pois preciso dormir!

-Por favor!

-Vá!

-Tudo bem, mas amanhã eu volto, você ainda tem muito o que saber.

Mesmo curioso sobre tudo, procurei fechar bem minha cabana e voltar a dormir afinal o dia seria bem cheio amanhã.

    ...


Notas Finais


Não sei de quanto em quanto tempo vou atualizá-la, mas estou com outros projetos para começar a postar e escrever então por favor dêem amor e carinhos as que vão vir e as que já existem além dessa, ficarei muito feliz! Beijos e até o próximo! 🐰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...