1. Spirit Fanfics >
  2. Circus >
  3. I Want to Help You!

História Circus - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Aí, demorou mas veio, espero que gostem, boa madrugada!

Capítulo 3 - I Want to Help You!


Fanfic / Fanfiction Circus - Capítulo 3 - I Want to Help You!


    Não, eu não irei procurar ele, vim apenas para caçar minha comida e logo voltar, somente isso e basta!

-Olha só quem está aqui, senti seu cheiro de longe!

Ah não, o que eu fiz para merecer isso?

-Taeyong, so quero caçar e ir embora, você já me disse tudo o que tinha para dizer, estou muito feliz em saber minhas origens mas não quero conversar mais.

-Quem disse que vim atrás de você? Também estou caçando.

-Ótimo.

-Precisa de ajuda?

-Não, eu não preciso, pode ir cuidar de sua vida.

E assim eu saí, andando e vendo ele me seguir, com isso comecei a imaginar tudo o que eu já fiz de errado na vida, roubar para comer ou me vestir, imaginando que devo estar pagando por isso com certeza, entre outras coisas que não lembro.

-Se pisar aí vai perder o pé!

Parei no mesmo instante e olhei para o chão, vendo uma armadilha de urso.

-Você está muito longe de casa Jaehyun, vai precisar de ajuda, vem, me siga se não quiser ficar com fome.

Assim ele se transformou e começou a caminhar farejando o ar, enquanto eu fazia o mesmo porém ainda em minha forma humana. Em pouco tempo, vi ele parar e caminhar lentamente e ao que pude ver com a visão de serpente já que pelo cheiro de carne eu já começava a sofrer os efeitos da falta de novo, enxerguei um cervo, o que me fez passar a língua nos lábios e dar um passo a frente, pisando em um galho e chamando a atenção do animal que começou a correr em disparada, fazendo Taeyong saltar e começar a correr assim como eu também, só que agora transformado em cobra. Por ser maior e mais rápido, não demorei a alcançar o cervo logo me enrolando nele, o prendendo, deixando Taeyong finalizar o serviço já que não gostava de comer os animais ainda vivos, meu lado humano não me permitia. Contraí meu corpo em um aperto ao redor do animal, escutando seus ossos estalarem como gravetos, então soltei e vi Taeyong revirar os olhos. O olhei com cara de "algum problema?" e vi ele saindo. Acabei o chamando com um sibilar, o puxando com minha cauda, logo o trazendo para perto do animal morto, indicando para ele comer também. Então não negou e começou pela coxa enquanto eu comia por partes.

Ao final, acabei rindo fraco ao ver ele roendo os ossos tentando arrancar os últimos fiapos de carne ainda restante, depois começou a limpar o rosto sujo de sangue com as patas, se frustrando por so conseguir se sujar mais, então olhou para os lados e acenou com a cabeça para que eu o seguisse, tomando cuidado com as armadilhas.

Quando chegamos ao tal lugar, percebi ser um lago então logo ele mergulhou dentro e quando emergiu já veio em forma humana.

-Entra, você vai adorar! -o olhei desconfiado. -Vem, está morna e deliciosa!

Me convenci e entrei aos poucos, logo me transformando em humano, emergindo já limpo, aproveitando para beber um pouco da água já que estava com sede.

-Realmente está boa.

-Achei que gostaria de comer sozinho.

-Sei que estava com fome, podia ouvir os roncos de sua barriga, é bom comer outra coisa também, só aquele cervo por mais que grande não vai te satisfazer, você tem cara de que come mais que aquele coelho.

-O que fez com ele?

-Dei para aquela criança que brincou comigo no circo. Falando nisso...ah não, o desenho, minhas roupas!

-O que?

-Como vou sair daqui se não tenho nada para vestir?

-Saindo! Ou está com vergonha de mim?

-Não estou com vergonha de você! -mentira, ah que bela mentira.

-Então saia.

-Não posso, como vou chegar no circo sem minhas roupas?

-Eu sempre trago uma bolsa comigo, tem uma coberta dentro que posso te emprestar, vou lá pegar.

Assim que ele saiu, fechei meus olhos e virei o rosto, escutando um risinho seu.

-Hey, não é como se eu não fosse igual a você, não precisa ter vergonha.

-Vai logo!

Ele riu alto e foi. Um tempo depois voltou já vestido com uma roupa e estendeu a coberta, fazendo um sinal para que ele se virasse. Revirou os olhos mas fez, então rapidamente saí e me cobri, fazendo o possível para que ficasse boa parte coberto. Quando voltou a me olhar, sorriu fraco e saiu andando pelo local de onde viemos.

Ao chegarmos, encontrei o desenho ainda inteiro e olhei minhas roupas, vendo que dessa vez não me transformei de forma extrema então ainda dava para usar algo pelo menos na parte de baixo. Aproveitei e vesti e por um segundo, notei ele me olhando enquanto terminava de dar o nó na calça.

-Você tem um corpo lindo...

Corei levemente e ajeitei a coberta ao redor de meu corpo, de forma que cobrisse a parte de cima e não caísse.

-Já esteve com alguém antes?

-Como assim?

-Preciso explicar?

De certa forma entendi o que ele estava falando, mas na verdade eu nunca havia feito nada com ninguém, nem mesmo por dinheiro quando me era oferecido. Neguei com a cabeça e por um instante, vi os olhos de Taeyong ficarem alaranjados como fogo, logo voltando ao normal.

-Preciso ir, tudo bem se eu ficar com ela até mais tarde? Te encontro no final da noite em meu quarto e entrego, já que sei que vai aparecer.

-Tudo bem, até mais tarde...

Sorriu e se virou, voltando para o caminho que viemos, então fiz o mesmo só que para o circo. Ainda era cedo então deu tempo de voltar para o circo, vestir uma camisa e guardar o desenho, logo voltando para a floresta, caçando um porco não tão pequeno nem médio e algumas frutas, logo voltando de vez, deixando a comida na cozinha improvisada, em seguida indo para minha cabana e voltando a dormir pelo resto do dia mais pois havia ficado cansado e precisava digerir o que comi.


...


Ao fim da noite, Taeyong novamente apareceu e entreguei sua coberta, porém ele não quis ir embora, trouxe um suco de frutas e me deu para tomar, disse que me faria ter uma noite mais tranquila. De início neguei mas ele tomou um gole provando que não tinha nada que pudesse me prejudicar então cedi, me deliciando com a bebida que estava ótima por sinal.

-O que você quer?

-Só quero cuidar de você um pouco, parece cansado...

-Você é assim com todo mundo ou não?

-Porque você não quer que me aproxime? O que eu te fiz? -perguntou já se aproximando aos poucos.

De fato ele não havia me feito nada, do contrário, só fez me ajudar esses dias e se importou comigo, porém eu não estava acostumado com isso então para mim era um pouco estranho alguém me querer tanto por perto.

-Qual o seu interesse?

-Que?

-Todos que se aproximam demais de mim é porque querem alguma coisa e não foi hoje que eu percebi isso.

-Quero te tirar daqui.

-E quem disse que eu quero sair? Olha, por mais interesseiro que o dono do circo seja, eu não vou me arriscar a perder tudo para seguir você Taeyong, posso não ter a felicidade que você tem, mas pelo menos eu tenho algo fixo.

-Até quando? Até quando você acha que sua fama vai durar? As pessoas não se impressionam mais tanto com as coisas, principalmente as da cidade grande, aqui é interior.

-E porque você se importa com isso?

-Porque quero te mostrar o que eu vivo, por favor me dê a chance de mostrar algo novo, se não gostar eu não volto aqui mais, só se quiser, por favor Jaehyun!

Nisso ele já estava bem próximo a mim, seus olhos brilhavam em expectativa, o que me fez ceder mais uma vez, fazendo ele sorrir largo e comemorar me abraçando. Me assustei por um instante mas ele só me largou depois de deixar um beijo em minha bochecha que me fez corar.

-Venho te buscar amanhã cedo!

-C-certo...

-Boa noite Jaehyun!

Me deu outro beijo na bochecha e saiu correndo, me deixando com uma cara de espanto e desacreditado. Balancei a cabeça e pelo cansaço eu fui dormir já que teria um dia bem agitado amanhã.

   

 ...



Notas Finais


Por hoje é só kkkkkk Para quem gosta do stray Kids, amanhã/hoje sai novo capítulo de Bottled então estejam atentos! Até o próximo! 😙🐰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...