1. Spirit Fanfics >
  2. Circu's Amet >
  3. O Início

História Circu's Amet - Capítulo 1


Escrita por: e _C_H_E_R_R_Y_


Notas do Autor


Antes de começarmos nossa história agradecemos de coração a todos que estão a ler nossa história.Nossa primeira história juntas,que emoção.Bom mas deixando de inrolação vamos a história.

Capítulo 1 - O Início


Fanfic / Fanfiction Circu's Amet - Capítulo 1 - O Início

As arquibancadas estavam cheias de pessoas,das mais variadas idades, estavam alegres e ansiosos para o número especial da noite.O Circo Amet era conhecido na cidade e até mesmo no país,por ter artistas talentosos e apaixonados pela arte circense,e Hisoka era sem dúvidas um dos mais talentosos do circo,a ponto de só ao colocar os pés no palco as pessoas irem a loucura.

A casa estava cheia pois hoje seria a reinauguração do circo,e Hisoka junto de seus companheiros Kurapika e Feitan já estavam posicionados ao meio do palco com seus Diabolos em mãos.As luzes se apagam e uma música começa a tocar.

Hisoka movia o brinquedo reluzente com maestria,jogava-o para o ar e em seguida o pegava novamente com facilidade, junto de acrobacias e cambalhotas.Já Feitan e Kurapika executavam em dupla lançando um para o outro.E dançando em conjunto no palco.Ao final da apresentação eles fizeram em trio as manobras com o objeto encantando a todos.

Ao terminarem saíram do palco ao som de palmas e assobios.Passaram-se alguns minutos até que a última apresentação da noite estivesse pronta,todos em seus lugares.As luzes se fixaram em algo no alto do pavilhão do circo,um balanço estava posicionado lá,e Illumi estava sentado no mesmo,roupas brancas que lhe cobriam todo o corpo, com detalhes de dourado e assas da mesma cor,mas que tinha prevalência de dourado,dando um contraste com seus cabelos pretos.

Após a plateia ficar em silêncio pode se ouvir instrumentos musicais,e Illumi cantar lindamente para eles.

Once, there was a way to get back homeward

Once, there was a way to get back home

Sleep, pretty darling, do not cry

And I will sing a lullaby

Golden slumbers fill your eyes

Smiles awake you when you rise

Sleep, pretty darling, do not cry

And I will sing a lullaby

Ao final do verso luzes foram se acendendo e iluminando o auto do trapézio onde estavam Gon e Killua, roupas brancas com pontas desfiadas,parecendo badas.

Ao som da cantoria do colega os dois começam seu show.Killua se lançou do trapézio dando impulso, logo em seguida Gon que ao estar perto do platinado o agarrou pelos braços,e sobrevoando o pavilhão sendo segurado pelo amigo.Mas logo voltou ao seu próprio trapézio,dançavam e rodopiavam no ritmo da música, enquanto as luzes os seguiam. Ficavam de pé nas barras,com apenas um braço e se jogavam ao outro,de cabeça para baixo se segurando apenas pelas pernas. Ambos tinham muito talento para a arte,era inegável.

Once, there was a way to get back homeward

Once, there was a way to get back home

Sleep, pretty darling, do not cry

And I will sing a lullaby

Ao final da música os instrumentos pararam e a luz de Illumi se apagou podendo ver só os dois trapezistas, ambos se jogaram do alto de suas barras de metal.Podia ouvir barulhos de surpresa vindo da plateia e até gritos de medo,mas logo ao lado do palco havia dois trampolins,no qual eles caíram,e deram cambalhotas e giros.

Ao final da noite todos os artistas estavam no palco sendo aplaudidos pelos demais fãs.

-Foi um ótimo show,você estava maravilhoso na dança com os diabolos- disse Illumi baixo para somente Hisoka ouvir.

-Obrigado Illumi,você também estava maravilhoso lá no alto-Disse o olhando predatório como já era de costume do ruivo.


//// ////



Hisoka ao chegar na frente de seu dormitorio vê o pequeno Gon,gostava de chamar ele assim por sua estatura baixa e franzinho.Estava vestindo roupas normais ao contrário de alguns minutos atrás,mas que evidenciavam bem seus dotes.

-Gosta de desfilar pelos dormitórios, ou veio falar comigo?

O garoto muito mais baixo que o ruivo se aproxima dele sensualmente, dando longos e decididos passos até ele.

-Vim lhe parabenizar pela apresentação- fala encostando em seu peitoral que tinha apenas uma regata na qual impedia o garoto de desfrutar da visão de seu torço.


//// ////



Killua estava atrasado para ir para seu dormitório onde dividia com Illumi seu irmão mais velho,a maioria dos dormitórios eram individuais mas como o deles era o maior então tinham dois ocupantes.Era quase como ter uma mãe em seu cangote todos os dias, todas as horas.Mas não conseguiria deixar o moreno que o cuidava tão bem,amava-o também, aliás era quase como seu pai,pois seus biológicos eram ignorantes e nem sequer olhavam para seus próprios filhos.

Ainda nem sequer havia trocado as roupas da apresentação,mas não eram desconfortável como umas que já haviam usado em outros shows.

- Finalmente os shows da semana acabaram,finalmente os tais sonhados dias de folga e depois mais apresentações- falava baixo para si mesmo- vou convidar o Gon para sair amanhã.

Estava Vagabundeando pelos corredores,mas ao passar pelo específico do Hisoka escutou vozes familiares abafadas,ficou em choque ao reconhecer de quem era.Seu coração foi a mil,e sua boca ficou seca.

Estava escutando gemidos e sons de ranger de cama,e sabia muito bem que pertencia ao Hisoka e ao colega de trapézio na qual tinha carinho enorme.Não pode se conter mais e saiu em disparada para seu próprio dormitório.Abriu a porta com força fazendo Illumi se levantar da cama surpreso.

- O que houve Killua?- Illumi se aproximou do menor preocupado,ele estava pálido e com a postura agressiva- Killua fala comigo,o que houve?

O menor nem ao menos respondeu.Foi ao banheiro do quarto imediatamente tirou suas roupas e se jogou para debaixo do chuveiro.Sua expressão era abatida,olhos demostrando uma tristeza enorme, lábios pressionados.Ficou muito tempo embaixo do chuveiro até escutar Illumi o chamando e batendo na porta.

Ao sair não falou com o irmão, nem sequer o olhou,e vestiu lentamente suas roupas sempre com a cabeça baixa.

-Irmão você já gostou de alguém?- sentasse a cama e olha para o maior- porque eu gosto,mas e tão doloroso saber que aquela pessoa não te corresponde- olha para baixo e aperta os cobertores nas mãos.

O mais velho senta junto do platinado e o abraça.


//// ////

Hisoka estava parado a frente de uma mansão antiga mas bem cuidada, tinha o famoso estilo barroco gótico, algo bem fascinante para qualquer um que visse.Um grande gramado e escadas escuras com encostos de mármore e trepadeiras.Ao ter sua passagem concebida pelos guardas caminhou escada acima até parar na porta negra,e bateu calmamente.

Estava já cheio de luxúria ao saber que iria trabalhar para o chefe da Família Giuseppe.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...