1. Spirit Fanfics >
  2. Citrus curtas >
  3. Dog and Cat PARTE I

História Citrus curtas - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Dog and Cat PARTE I


Fanfic / Fanfiction Citrus curtas - Capítulo 16 - Dog and Cat PARTE I

Dog and cat PARTE I

 

Uma adolescente de apenas 18 anos sentada em sua mesa de trabalho enquanto analisava um esboço que acabara de desenhar. 

Matsuri Misuzawa é uma mangaká experiente, ela tinha um blog no Tumblr onde ela posta sua arte e  seus manhwa's, ela é uma Yuri Stan, ou seja, uma adoradora de gênero Yuri. A rosada gemeu frustrada, estava muito animada para fazer outro manhwa mas infelizmente suas idéia sumiram ao terminar o esboço. A adolescente se levantou da cadeira de rodinha fazendo sua cadela acordar do sono. O labrador latiu em aviso.

— Sinto muito Yuzu. — Disse a mangaká se abaixando para acariciar sua cadela.

Um Golden fêmea, pelo amarela e olhos verdes coloca a língua pra fora como uma idiota, mas Matsuri sempre achou seu animalzinho fofo. A garota levantou-se descendo para procurar algo para comer enquanto sua cadela correu atrás dela. Matsuri abriu o armário procurando a ração da sua cachorra, ficando sem sucesso.

— Yuzu, sinto muito em informar mas sua ração acabou. 

A cadela choramingou sentando enquanto levantava a pata traseira para coçar a nuca.

— Você pegou pulga de novo? — Perguntou Matsuri andando até o filhote bagunçando seu pelo procurando o maldito inseto. — Vou ter que comprar um inseticida para pulga.

Yuzu latiu em resposta colocando a língua pra fora sorrindo animada para sua dona. Matsuri se afastou do seu animal de estimação para procurar comida para ela. Enquanto isso, Yuzu correu para seu pote de água para beber. 

Matsuri prepara um sanduíche de geleia de morango quando a campainha tocou fazendo a mesma gemer de aborrecimento. A rosada correu para porta gritando "já vai"; Abrindo a porta e se deparando com sua namorada com sua gata em seus braços.

— Oi meu amor. — Sorriu Harumin se inclinando pra baixo para beijar a namorada, mas sua gata mordeu a bochecha da rosada primeiro.

— Auch! — Matsuri gemeu, se afastando bruscamente da garota e sua gata. — Por que você trouxe ela, você sabe que ela não gosta de mim...

— Desculpa amor, mas ela ia ficar triste e com fome sozinha em casa. — Disse Harumin acariciando a cabeça da gatinha que retribuiu o carinho de volta.

— Eu não gosto dela. — Disse Matsuri indo para o banheiro para ver se a gata não lhe deu um machucado grave.

— Ela também não. — Disse Harumin colocando a gatinha no chão seguindo a namorada para ajudar com o ferimento.

A gata preta de olhos lavanda olhou ao redor do apartamento e olhou com nojo percebendo que estava muito suja e com brinquedo de cachorro pela sala. Espera?; A gata preta paralisou vendo brinquedo de cachorro no chão.

"Isso significa..." A gata pensou, em seguida sentindo pingo de água na sua cabeça.

Ao olhar para cima dando de cara com uma cadela maior que ela babando sobre sua cabeça. A gata sibilou  para o cachorro enquanto seu pelo ficavam hétero. A cadela abanava o rabo enquanto tinha a língua pra fora olhando para gata com os olhos fofos.

— Pare de me olhar assim. — Disse a gata rosnando para o labrador.

Yuzu andou até a gata prendendo ela no chão enquanto cheirava ela. A gata preta rosnou e arranhou a pata da maior, mas não se importou. Yuzu cheirava a gata tentando identificar quem era ou para decorar o cheiro.

— Mei! — Yuzu gritou feliz abanando o rabo mais ainda.

A gata olhou surpresa lembrando da última vez que veio aqui, essa cachorra grande era apenas um filhote pequeno, agora parece que é maior que um pitbull.

— Muito bom que você se lembrou de mim-

Yuzu interrompeu a felina dando uma lambida no seu pescoço fazendo a gata ronronar, deixando a gatinha quente.

— Mei, não precisa ficar muito animada. Yuzu ainda não está no cio. — Disse Matsuri aparecendo na sala com um curativo na bochecha.

Mei rosnou dando uma patada na bochecha da cadela fazendo a mesma sair choramingando. A felina sibilou pra ela correndo para sua dona.

— Você me interrompeu enquanto eu estava fazendo meu lanche da tarde. — Disse Matsuri pegando seu sanduíche dando uma mordida.

— Jura? — Perguntou Harumin fazendo uma expressão sarcástica.

Enquanto as namoradas conversavam Yuzu corria atrás de Mei. A gata subiu na cortina do quarto da rosada tentando não ser pega pela cachorra amarela.

— Vamos lá Mei, vamos brincar de pega-pega. Escalar não vale. — Disse Yuzu latindo para gata.

— Não enche!

As orelha de Mei paralisaram quando a cortina havia caído para frente.

— Mei!

A gata contraia as unhas no tecido para não cair. A cortina não estava presa corretamente e a janela estava aberta fazendo que o peso da gata puxasse o pano pra fora. Mei miava por ajuda enquanto Yuzu tentava puxar o tecido com a pata, mas seu peso no tecido fez que o tecido desprender mais fazendo que a gata caíssem lentamente, tentando prender sua unha mais na cortina. Yuzu choramingou vendo a gata choramingando e miando, o Golden fêmea correu para cozinha pedindo ajuda. Latiu para Matsuri e Harumin que estavam em uma seção de beijo.

— O que foi Yuzu? — Perguntou Matsuri separando de Harumin enquanto limpava a boca suja de batom.

Yuzu mordeu a calça moletom da rosada puxando em direção ao quarto.

— Yuzu pare com isso! — Gritou Matsuri tentando sair da cachorro.

Harumin olhou confusa quando ouviu miado de gato.

— Mei!

A morena correu para o barulho, chegando no quarto da rosada vendo a cortina quase caindo para fora do apartamento. Harumin correu pegando o tecido antes que caísse vendo sua gata para fora do quarto. Mei miou ao ver sua dona, Matsuri que estava atrás dela enquanto Yuzu para na janela latindo para a gata que precisa de ajuda.

— Puxa seu idiota! — Gritou Harumin puxando o tecido pra dentro.

Matsuri e Harumin puxou o tecido para dentro onde Mei pulou para chão firme, de repente Harumin pegou sua gata para dar um abraço.

— Quase perdi, você nunca mais vai sair do meu olhar. — Disse Harumin sentindo lágrimas nos olhos.

Mei olhou para Yuzu com ódio enquanto a mesma abaixava a cabeça triste abanando o rabo lentamente.

 

X

 

Depois do acontecimento, Yuzu dava comida e flor para Mei tentando aceitar suas desculpas.

— Yuzu, apenas me deixa em paz. — Disse Mei de baixo do fogão não querendo ver a cadela.

— Mas Me-

— JÁ CHEGA YUZU!

O grito veio com rosnado deixando a cachorra triste. Yuzu se sentiu em seguida se deitou, decidiu Mei sair dali por conta própria.

— Não foi minha intenção, eu só queria brincar com você. Eu gosto muito de você, você é a única amiga que eu tenho. — Disse Yuzu suavemente enquanto escondia o focinho na pata. — Eu te amo.

Mei seu uma olhada para Yuzu percebendo que havia dormido alí mesmo, as orelhas da gata caíram em tristeza. Mei saiu de baixo  do fogão caminhando lentamente para Yuzu, olhando seu pelo brilhoso e fofo enquanto ela babava enquanto dormia. Mei inclinou para ela dando uma pequena lambida na sua bochecha.

— Também te amo.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...