História City Of Spirits. - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Visualizações 0
Palavras 2.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - O poder do Medo.


Fanfic / Fanfiction City Of Spirits. - Capítulo 7 - O poder do Medo.

Após a apresentação da nova professora a aula decorre normalmente, porém Taiyou se sente incomodado com os olhares gélidos a que ele são lançados pela professora. Ao tocar o sinal todos os alunos saem da aula em direção ao intervalo, como de rotina Taiyou e o último a sair porém Sasori o impede de sair da sala.

Sasori - Olá Taiyou, gostaria de te encontrar após a aula, tudo bem? ( com um rosto simpático e um sorriso doce )

Taiyou - Para que? ( responde friamente a ela )

Sasori - Creio que você entenderá o assunto se comparecer.

Taiyou - Tudo bem então.

Sasori - Então nos vemos após as aulas.

Taiyou sai da sala e anda pelo colégio para avisar aos outros que poderia se atrasar na saída, após o intervalo as aulas seguem a rotina, até o tocar o sinal para a liberação dos alunos, todos as alunos saem da sala menos Taiyou que espera Sasori sentado na mesa dos professores. Após dez minutos de espera Sasori entra na sala.

Taiyou - O que você quer comigo?

Sasori - Apenas queria conversar com aquele que tem três espíritos dentro de sí.

Taiyou - Pra quem você trabalha!?

Sasori - Isso não é importante, pelo menos por agora.

Ela começa abrir os botões da sua camisa, até tirala por completo deixando seu sutiã preto a mostra.

Taiyou - O que está fazendo!?

Sasori - Daqui a pouco você entenderá.

Taiyou tenta sair da sala porém Sasori o coloca contra a parede o impedindo de se mover.

Taiyou - Me largue!

Sasori - Nem comecei a parte boa. ( sorri )

Taiyou - Taiyõ-shin, Apollo!

Seu espírito aparece sobre ele, porém está enrolado por uma serpente.

Sasori - Calma, Taiyou não vou te ferir, talvez um pouco. ( sorri )

Taiyou tenta usar Jörmungandr porém falha pelo mesmo motivo de que Apollo, Sasori pressiona seus peitos contra o peitoral de Taiyou e lambe seu pescoço.

Taiyou - O que você está ... ( corado )

Sasori interrompe Taiyou com um beijo, em seguida ela o solta, ele fica atirado no chão.

Taiyou - O que você ... Fez?

Sua visão começa a ficar turva e a noção de profundidade distorcer.

Taiyou - Mas que po ...

Ele olha para Sasori e ela tomou forma de um " Furry " ( pessoa fantasiada de animal ) toda ensanguentada e com olhos vazios. Com um grito Taiyou entre em pânico e começa a correr cambaleando pelo colégio. Ao sair do colégio ele vê um pequeno grupo de " Furrys " e ao invés de entrar em pânico ele fica com um olhar sério.

Taiyou - Seiji no seiza, Noivern! ( constelação da justiça, Noivern! )

Noivern se forma atrás de Taiyou porém com uma coloração escura avermelhada e com um golpe das asas afasta os " furrys " e Taiyou começa a correr pela cidade alucinando. O grupo de Furrys cujo Taiyou atacou eram seus amigos eles se levantam.

Hana - Todos bem?

Kira - Sim.

Annabeth - O que aconteceu com Taiyou?

Hana - Não sei, nunca vi ele assim.

Lucy - Ele está almadiçoado.

Kira - Quem poderia fazer algo assim?

Annabeth - Isso não é importante agora!

Hana - Anna tem razão, devemos ajudar Taiyou.

Lucy - Sim!

Juntos eles começam a correr atrás de Taiyou. Taiyou está em uma avenida comercial da cidade cercado por " Furrys " usando espíritos porém com a alucinação de Taiyou elas também eram " Furrys ".

Taiyou - Chega! ( com uma respiração pesada da boca, babando e lacrimejando feito uma fera com raiva )

Os " Furrys '' começam a avançar pra cima dele, dando risadas.

Taiyou - Haipājaiantosunēku, Jörmungandr! Corrupted! ( serpente hyper gigante, Jörmungandr, corrompida! )

Jörmungandr com forma de naja com escamas negras e olhos vermelhos como sangue aparece no céu.

Taiyou - Rip apart! ( estraçalhar )

Jörmungandr arrebenta todos inimigos de Taiyou transformando aquela zona comercial em um mar de sangue, Taiyou começa a dar risadas e Kira e os outros chegam e se deparam com a cena, Annabeth passa mal e começa a vomitar, Hana a chorar, Kira fica paralisado de medo porém Lucy começa a caminhar em direção a Taiyou.

Lucy - Taiyou sou eu Lucy.

As vozes eram interpretadas para Taiyou como sons sem sentido porém aquela voz o lhe confortava, como um animal pronto para morrer ele começava a se acalmar.

Lucy - Isso Taiyou fique calmo, você não quer fazer isso, a culpa não é sua.

Jörmungandr some dos céus e Taiyou se ajoelha no chão como um animal acuado.

Lucy chega até Taiyou e o abraça, ao ser tocado ele começa a chorar novamente.

Lucy - Estou aqui.

Lucy coloca a mão no rosto ensanguentado de Taiyou e o beija. Assim Taiyou recupera sua consciência mas logo em seguida ele começa a gritar por alguma dor muito forte.

Lucy - O que ouve?

Taiyou - Meus ... Ossos estão .... Arrebentando! ( gritando )

Um figura humanoide se forma atrás de Taiyou porém acorrentada a figura toma a forma de um demônio com três garras no lugar de asas e detalhes brancos, quanto mais a forma dele se definia maior era a dor de Taiyou. Derrepente uma flecha branca corta as correntes do demônio assim aliviando a dor de Taiyou.

Demônio - Eu sou Kyōfu no keshin, Diablo. ( Incorporação do medo, Diablo / disse o demônio com uma voz que apenas de ouvi lá se sentia um vazio na alma )

Lucy - O ... O quê!?

Diablo - Eu irei corromper este corpo para que eu possa voltar em minha forma verdadeira!

Lucy - Kūkyou no megami, Elizabeth! ( Deusa do vazio, Elizabeth! )

Um espírito de uma mulher de cabelos brancos e olhos vermelhos, usando uma armadura negra acorrentada, apareçe atrás de Lucy.

Lucy - Prison of Sacrifice! ( prisão de sacrifício! )

Derrepente Elizabeth se acorrenta a Diablo e um portal surge no chão e juntos eles vão para o vazio, logo em seguida Taiyou e Lucy desmaiam. E acordam na casa de Taiyou.

Taiyou - O que aconteceu? ( meio tonto )

Hana - Você desmaiou após selar o Diablo.

Taiyou - Todos estão bem?

Kira - Sim.

Taiyou - Quantos ... Eu matei. ( trêmulo )

Hana - Não pense nisso agora, o importante é que você está bem.

Annabeth - Trouxe algo para você comer.

Taiyou - Obrigado.

Annabeth serve uma sopa para Taiyou, após comer ele se levanta.

Hana - Calma você ainda não se recuperou.

Taiyou - Estou bem. ( sorri )

Ele caminha até onde a Lucy estava deitada.

Taiyou - Você está bem?

Lucy - Estou sim.

Taiyou - O que você fez para selar o Diablo?

Lucy - Eu usei Prison of Sacrifice, assim Elizabeth se selou com o Diablo.

Taiyou - Muito obrigado.

Lucy - Tem um problema.

Taiyou - Qual  problema?

Lucy - Não posso me afastar muito de você senão o efeito da Elizabeth acaba.

Taiyou - Tudo bem, por enquanto não podemos nos afastar muito até resolvemos esse problema.

Lucy - Ok.

Taiyou - Você pode dormir aqui?

Lucy - Claro.

Taiyou - Já é tarde acho que todos devem dormir aqui.

Annabeth - Infelizmente não vou poder ficar.

Kira - Eu também não.

Taiyou - Então Kira leve a Anna até a casa dela para que ninguém ataque vocês.

Kira - Claro.

Kira e Annabeth saem da casa de Taiyou.

Taiyou - Hana pegue uma roupa para emprestar para Lucy, por favor.

Hana - Claro.

Após Hana encontrar uma roupa para Lucy e ela se trocar todos vão se deitar Hana em seu quarto, Lucy no de Taiyou, e ele dorme na sala em um futon. Taiyou se deita e começa a pegar no sono até que Hana e Lucy se deitam com ele.

Taiyou - O que vocês estão fazendo aqui?

Hana - Entramos em um acordo enquanto você estava desmaiado e vamos te dividir.

Lucy - Sim.

Taiyou - Depois conversamos sobre isso por enquanto só quero descansar.

Lucy - Tudo bem.

Hana - Boa noite.

Lucy - Boa noite.

Taiyou - Boa noite amo vocês.

Abraçado a ele, elas adormecem. Na manhã seguinte eles acordam com o toque do despertador e juntos após tomarem café da manhã caminham até a escola, onde a aula segue normal até o horário da saída, onde Taiyou espera Sasori na sala de novo.

Sasori - Vejo que você está bem.

Taiyou - Sim mas não graças a você, por que você fez aquilo? ( com um olhar frio e aterrorizante )

Sasori - Era minha missão te dar aquele espírito indomável.

Taiyou - Como você fez isso?

Sasori - Meu espírito a Densetsu no hebikirā, Euríale ( matadora de cobras lendárias, Euríale) e capaz de transferir veneno, maldições e espíritos pela saliva.

Taiyou - Então você é capaz de ter dois espíritos?

Sasori - Parcialmente não aguento por muito tempo um segundo espírito.

Taiyou - Para quem você trabalha?

Sasori - Posso te apresentar meu chefe porém preciso que você me encontre amanhã na igreja abandonada.

Taiyou - Estarei lá.

Sasori - Obrigado, só quero que você entenda que é meu trabalho.

Taiyou - Tudo vai estar resolvido amanhã. ( um olhar frio )

Sasori - Eh ....

Taiyou se retira da sala, e no dia seguinte ele vai até a igreja porém todo machucado, na igreja encontra Sasori.

Sasori - O que aconteceu com você?

Taiyou - Nada demais, cadê seu chefe?

Sasori - Ele está che ...

Derrepente ela toma um choque a partir de uma coleira em seu pescoço e cai ajoelhada no chão, um homen alto usando terno branco cai do céu segurando um controle.

Homen - Calada sua cachorra.

Taiyou - Quem é você.

Homen - Desculpe não me apresentar jovem Apollo, sou Davy Jones. ( risadas )

Taiyou - Será um prazer acabar com você!

Davy - Tente seu bastardo, Akuma no yuki-jū, Yeti ( fera demoníaca das neve, Yeti! )

Um Yeti gigantesco do tamanho de um prédio de cinco andares envolve Davy Jones após terminarem a ligação, ele solta um rugido gélido e estridente fazendo um forte vento empurrar Taiyou para longe.

Taiyou - Apenas isso?

Yeti - Morra! ( rugindo )

Lança destroços da igreja em direção a Taiyou.

Taiyou - Está na hora do meu experimento!

Ele tira três ciringas do bolso com um líquido roxo e rapidamente aplica em seu braço. Uma aura Azulada círcula seu corpo e com movimentos rápidos, que mal se devam pra ver ele se esquiva de dois dos destroços e o último ele parte ao meio.

Davy Jones - Mas como? Cold Build!

Uma armadura de gelo se constroe em torno do Yeti aumentando seu tamanho.

Yeti - Morra de uma vez! Eternal Blizzard!

Lança um grande bloco de gelo em direção a Taiyou.

Taiyou - Taiyõ-shin, Apollo! Armed! ( Deus do sol Apollo, armadura! )

Apollo invés de englobar Taiyou ele se transforma em uma armadura igual a ele. Dando um soco ele quebra o bloco de gelo ao meio.

Yeti - Como!?

Taiyou se move como um relâmpago até Davy Jones e acerta uma joelhada no rosto dele o arremessando para longe e quebrando a armadura.

Taiyou - Essa é para você não maltratar uma mulher.

Yeti - O que!?

Taiyou pula para o céu.

Taiyou - Sun! ... Shiny! ... Force!

Uma grande esfera de fogo aparece nas mãos de Taiyou queimando seu braço e com um grito de extrema dor ele dispara essa esfera para Davy Jones o transformando em pó. Ao chegar no chão a armadura se desfaz e ele fica ajoelhado com seus braços queimados.

Taiyou - Isso foi por quase me fazer ferir aqueles quem amo.

Sasori corre até ele.

Sasori - Me desculpa mas eu posso te curar mas preciso que confie em min.

Taiyou - Tudo bem, você é minha única chance, daqui a pouco perco o controle do Diablo e melhor tentar a sorte que esperar a morte.

Ela o beija e suas feridas começam a se curar.

Taiyou - Como!?

Sasori - Depois lhe explico se apóie em min te levo até sua casa.

Taiyou - Obrigado.

Taiyou se apóia nela e juntos eles chegam até a casa de Taiyou, onde Lucy e Hana o aguardávam.

Hana - Ela não é a mulher que te amaldiçoou!?

Taiyou - Isso não é importante agora.

Sasori - Ele precisa se deitar.

Elas deitam Taiyou em sua cama.

Lucy - O que ele fez!?

Sasori - Ele se injetou umas ciringas ...

Hana - Não acredito que esse idiota fez isso!

Lucy - O que ele fez!?

Hana - Era uma teoria dele que se ele aplicasse uma grande dose de adrenalina no seu corpo, ele alcançaria a quase morte pois haveria uma overdose, mas o coração não pararia de bater pelo excesso de adrenalina possibilitando em uma forma com mais sincronia com um espírito.

Lucy - Ele conseguiu?

Sasori - Sim ( olha para baixo )

Hana - Aquele teimoso!

Juntas elas começam a cuidar dele pelo resto da tarde.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...