História Ciúmes L.s - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Visualizações 16
Palavras 1.621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Capítulo 11


Louis Tomlinson.

Assim que acabamos de fazer amor Harry se arrumou dizendo inúmeras vezes que me ama, não sei se fico feliz ou triste por vê-lo com a mão inchada e dolorida. Eu realmente estou me sentindo péssimo com o ocorrido da noite passada, Harry por mais que seja possessivo não merecia ter visto o próprio namorado com uma semi-ereção causada por ser Ex...

Me levantei depois de alguns minutos que Harry saiu, tomei um banho demorado pouco me importando se perdi a primeira aula, não é de costume eu faltar, mas a fatalidade que aconteceu ontem me fez ficar com o rosto inchado de tanto chorar. Eu poderia ter acordado cedo tentando esconder minhas olheiras com alguma coisa, mas Harry estava ao meu lado ronronando tão lindamente que não me atrevi acorda-lo, meus dedos entrelaçados em seus cachos perfeitamente bagunçados me fez relaxar ainda mais na cama me deixando entregue ao sono.

Depois de ter relaxado meus poucos músculos na água quente saí do banheiro completamente vestido, o frio deixava os pelos do meu corpo completamente arrepiado ainda mais depois do banho quente.

Assim que saí porta fora dei de cara com Liam seu rosto estava todo marcado do travesseiro. Sorri em sua direção e o mesmo depositou um tapa em minha bunda.

- Aí isso dói.- Fiz carinha de sofrencia fazendo o mesmo mostrar a língua para mim.

Minutos depois eu e Liam estávamos conversando sobre o acontecido deplorável de ontem, claro que Lee estava falando de como Harry surtou me deixando ainda mais triste, o castanho tenta me confortar em seu abraço e aproveito para lhe perguntar qual motivo dele não ter ido na aula, sua resposta foi que estava preocupado comigo... Até parece, mas, vou fingir que acredito deve ser porque Zayn não tem indo já à um semana aí o castanho fica pelos cantos da faculdade agarrado no celular.

Depois de conversamos sobre nossos boys me afundei ainda mais no sofá abraçado com a almofada assim que Lee colocou um filme no Netflix, assim que o filme estava ficando bom a campainha toca repetidamente me fazendo praguejar quem estivesse nos encomendando na melhor parte do filme.

- Deixa que eu atendo.- me levanto saindo do conforto do sofá indo atender a porta, Liam me acompanha com o olhar tão curioso quanto eu para saber quem é se todos que conhecemos sabe que nos estudamos na parte da manhã.

Abro a porta dando de cara com Desmond pai dos meninos.

- Olá Louis.- Diz Des e continuo parado não acreditando que meu sogro está aqui na minha enfrente.- O gato comeu sua língua ou deixou de ter educação?

- Oh, Desculpa Senhor Desmond.- Digo com sorriso forçado.- se o senhor veio buscar o Harry saiba que ele já saiu.- Digo calmamente.

- Primeiramente não vim buscar meu filho pois já sei que ele não está aqui, segundo vim falar com você.

- Comigo?- Pergunto surpreso.

- Sim senhor Tomlinson, será que podemos conversar ou vou continuar parado aqui do lado de fora do seu apartamento?-Des entra assim que dou-lhe passagem para o mesmo passar.

O homem adentra sem olhar para os lados apenas reparando Liam sentado no sofá com o semblante completamente curioso.

- Bom dia Senhor Desmond.- Lee se levanta cumprimentando Des.

- Bom dia Liam.- O mesmo Responde com desdém fazendo o castanho se retrair.

Fecho a porta pensando seriamente no que o todo poderoso Desmond quer falar comigo.

"É assim que Harry costuma chamar o pai" " todo poderoso Desmond" sorrio só de lembrar das risadas que demos quando Harry tentou imitar o pai andado todo durão.

- O senhor que se sentar?- Pergunto mesmo ele fazendo cara de nojo.

- Prefiro ficar em pé, não irei demorar assim espero.- Diz o homem olhando diretamente para mim.- Liam será que pode nos dar licença, o assunto que tenho para tratar com Louis não precisa de plateia.

- Sim senhor.. Louis estarei no quarto se caso precise de mim.- Assinto e Lee saí nos deixando sozinhos.

- Então o que o senhor tem de tão sério para falar comigo que precisou pedir o Liam para nos deixar sozinhos?- Tento dizer menos descontente possível.

- Não vou protelar nosso diálogo.- Des começa a falar e penso se Harry sabe que o pai dele está aqui.- Estão Louis vou logo ao assunto, quero que você termine com Harry.

- Quê?- Digo quase em grito.- Como assim? Eu não estou entendendo o que o senhor quis dizer com isso.

- Vou tentar ser mas alto explicativo, eu quero que você termine com o meu filho, Harry está se arrastando para o fundo do poço por causa desse namoro.- Como Des pode falar isso com tanta simplicidade?- Não quero que pense que não gosto de você, muito pelo ao contrário sei que você é um menino estudioso que tem pretensões na vida diferente do meu filho, Harry tem 25 anos e não tem um pingo de responsabilidade. Ele está cada vez se afundando nas próprias merdas dele é tenho certeza que você já reparou.

- Deixa ver se eu entendi o que o senhor está querendo dizer.... o senhor acha que eu estou levando Harry para o buraco é isso?

- Não seja idiota menino, estou dizendo que você é muito novo para se prender em alguém como Harry. Tenho certeza que seu antigo namorado Luke Hemmings será melhor opção se estiver querendo algo promissor, a família dele chaga ser mais rica que a minha.

- O senhor está me ofendendo, não estou com Harry pela quantia bancária de vocês e eu não vou terminar com ele só por que o senhor quer.- Falo afrontoso.

- Imaginei que você diria isso.- Des anda pela sala olhando tudo ao seu redor.- Você e Harry não estão muito bem ultimamente né? Sempre brigando por ciúmes a maioria por parte dele, agora imagina se Harry descobrisse que seu namoradinho passou a noite com o ex.

- Não estou entendendo aonde senhor que chegar com isso.- Será que ele está me ameaçando?

- Você já vai saber, Louis meu pequeno Louizinho- Diz o homem completamente sarcástico.- Se caso você se recusar a romper esse relacionamento eu simplesmente vou jogar essa bomba no ventilador e Harry vai descobrir que semana passada o namorado dele dormiu fora de casa e principalmente na mesma cama com alguém que não foi ele.

- Eu não sei como o senhor soube disso, mas eu não fiz nada de mais.- tento me defender.

- Eu sei, você sabe, mas Harry com o jeito machão dele vai entender? Que eu saiba Harry tem uma certa discórdia com esse garoto Luke por causa de você.. estou certo?- permaneci calado.- Louis pelo tempo que você namora meu filho pude perceber que você é um menino inteligente com grandes propósitos e Harry não é uma boa escolha pra você.

- Como o senhor pode dizer que ele não é uma boa escolha para mim? Eu amo Harry e não vou terminar com ele só por o senhor quer, então não adianta me ameaçar, me chamar de interesseiro porque não vou ceder suas chantagens.- Falo grosseiramente quem ele pensa que é para vim aqui em casa e me ameaçar e dizer um monte de besteiras?

- Chegamos no ponto que eu queria, você diz amar meu filho mas e Harry ama você?

- Claro.- Respondo convicto.

- Tem certeza pelo que sei Harry saiu com duas garotas na última briga que vocês tiveram, então se você diz que ele te ama por que Harry sairia com outras pessoas mesmo estando com você?

Dessa vez eu não soube responder, eu não acredito que Harry faria isso comigo. Essa jogada deve ser mais um dos truques de Des para fazer minha cabeça contra Harry.

- Como eu disse Louis, Harry não está tentando respeito por ninguém muito menos com você não adianta negar, a briga de vocês estão cada vez mais insuportável não adianta dizer que não até te ameaçar de morte ele já te ameaçou não foi?

- Tá só tem uma coisa que não estou conseguindo digerir, como o senhor sabe o que eu faço ou como Harry me trata?- Pergunto curioso.

- Eu sei de tudo, tudo relacionado aos meus filhos e os namorados interesseiros deles.- Des pisca para mim e fico pensando se o homem teve coragem de colocar alguém vigiando a gente, depois das ameaças não dúvida nada.

- Louis vou lhe explicar por que quero o fim desse relacionamento, Harry não é mais um garoto de 17 anos ele já é um homem e têm que se comportar como tal, quero que meu filho aprenda a ter responsabilidade na empresa, dentro de casa e também começar a respeitar as pessoas próximas a ele coisa que Harry não tem feito ultimamente. Eu não quero fazer nada que você possa se arrepender mais tarde, então estou aqui como um amigo te pedindo um favor.

- Eu não sei se rio ou choro, o senhor vêm na minha casa me diz para terminar com Harry sem mais nem menos, ainda me ameaça e ainda têm a cara de pau de falar que está aqui como meu amigo. Eu só não coloco o senhor para fora da minha casa por consideração ao seu filho, então só tenho uma coisa para te dizer eu não irei terminar com Harry nem por você nem por ninguém. Então se isso é tudo que tem a dizer pode se retirar e suponho que o senhor procure um sessão de terapia em família.- Digo tudo sem pensar, droga como vou contar ao Harry que seu pai é um filho da puta que quer manipular todo mundo.

Assim que Desmond tentou argumentar mais uma vez, quase mando o mesmo ir tomar ar.... Na esquina para não dizer a palavra correta.

Fecho a porta fazendo as paredes balançar com a força, respiro profundamente para não chorar o que fez minha cabeça latejar por causa dessa história toda.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...