História Ciuminho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Tags Nightdream, Nightdream (menção), Nighthate, Nighthate (ceninha), Yaoi, Yaoi Hardcore
Visualizações 67
Palavras 1.232
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Magia, Mistério, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


FALAA CHUCKYS E FUJOSHIS!! BLZ!! TRANQUILOS EM SEUS ASILOS TOPE!!!

Fic feita p um desafio, espero q gostem <3

Capítulo 1 - Tempestuoso


— Então, qual o sabor dos meus lábios ósseos? — Hate indagou irônico quando o osculo acabou-se, com sua costumeira voz safada e sua expressão safada.

A reação reflexiva de Nightmare foi grunhir perante a audácia e a falta de vergonha daquele esfumaçado maldito que amava mais que tudo, quase soltou-se do aperto dele após aquela pergunta idiota, mas iria responder a  provocação à altura:

— Você tem um puta gosto de cigarro... Hehe. — Nightmare respondeu num resmungar sentindo o rosto enrubescer e ficar perigosamente quente, deu um socão na caixa torácica de Hate antes de caminhar lado a lado com ele para fora do jardim. Nunca iria responder aquela pergunta sinceramente, nem se pagassem.

O casal continuou a caminhar trocando farpas, declarações irônicas e algumas carícias nada discretas. O impuro estava tão distraído com a presença do novo namorado que mal notou que havia alguém os observando, bem, mas Hate notou e fez questão de exibir seu belo; ossudo e robusto dedo do meio para o ser que estava na sacada de uma janela não muito longe deles: Dream.

E bem, aquele gesto desencadeou a ira presa em Dream.

— Tsc. — O puro resmungou. Aquilo não era justo... Só... Não era justo! Aquilo era uma puta sacanagem! Isso, uma sacanagem! O fato de Nightmare e Hate estarem namorando era uma sacanagem, e era mais sacanagem ainda o fato d’eles estarem caminhando sorridentes de mãos dadas pelo extenso jardim do castelo, não era justo... Eles estavam brincando consigo... Estavam fazendo de proposito só podia ser!

Os olhos ambares de Dream queimavam e faiscavam em completa e pura fúria, em pura inveja, em pura cobiça, queimavam em todos os tipos de sentimentos amorosos distorcidos existentes. Estava no parapeito da janela do próprio quarto, observando aquele casalzinho forçado... Era sacanagem eles estarem passeando pela região do jardim que ficava de frente para seu quarto, eles estavam fazendo de proposito... Estavam o atiçando, e estava funcionando porque o puro não estava gostando do que testemunhava, não mesmo.

Dream era um irmão ciumento, isso até os cegos podiam ver, esse era o único sentimento negativo que transparecia, só que nesta altura do campeonato onde Hate era para Nightmare tudo que um dia Dream foi; a substituição humilhante fez o sentimento atingir o pico, o pior de tudo era ter a consciência de que não poderia fazer nada para mudar aquilo, não poderia recorrer a nada para acabar com aquele namoro porque os pais haviam dado a maldita benção. Estava sozinho naquela, teria de viver com o ciúme pelo resto da vida e isso era irritante!

Tão irritante que suas unhas impregnaram na madeira do parapeito.

— Ah... — Dream suspirou e agradeceu as forças superiores quando o casal anormal desapareceu de sua vista, seu corpo não havia obedecido quando recebera a ordem de parar de visualizar a felicidade alheia. — Tsc. — Estalou a língua nos dentes antes de fechar a janela com todas as suas forças, mal se importando com o fato do vidro ter se rachado.

Agora dentro do quarto, sozinho, cerrou os punhos e socou a parede, alheio a dor azucrinante que dominou as falanges após o gesto; olhou para onde havia socado e percebeu que tinha aberto um buraco na parede, suspirou novamente descansando os braços, depois daria um jeito naquele detalhe... Hah, não deixou de imaginar a cara de Hate no lugar da parede, mas logo sua felicidade morreu assim como o sorriso, porque felicidade e ódio não andam juntos.

Num baque desviou os olhos ambares estrelados para sua gaveta que ficava ao lado da cama, ou melhor, desviou o olhar para um porta-retratos que jazia na madeira, sentiu a raiva dar lugar à uma forte melancolia quando viu a foto: ele e Nightmare, o impuro abraçando-o por trás, recordava-se do dia que haviam tirado aquela foto, aquele dia... Cheio de pecado. Segurou o porta-retratos entre seus dedos gélidos só para em seguida aperta-lo com força, trincou aquele vidro involuntariamente e o ruído desencadeou em si novamente um ataque de fúria, queria rasgar aquela foto... Mas o que fez foi jogar o objeto contra a parede, assim o estrago seria maior e foi.

Seremos só eu e você Dream. — Dream repetiu as palavras do irmão no dia que o incesto começou, cansado de tudo aquilo se jogou na cama bruscamente e fitou o teto, entregando-se à cólera de sentimentos autodestrutivos. — Babacas... — Fechou os olhos apertando as mãos contra as pálpebras, tentando bloquear as lágrimas que se brotavam lá. Péssima ideia, o gesto só servindo para deixar as lembranças do passado mais nítidas.

Nightmare acima de Dream, os lábios ósseos grudados num ósculo pecaminoso, insano, audacioso, eloquente, as caixas torácicas molhadas por uma camada de suor intensa e excessiva infinita, a gentileza das estocadas... A doçura dos movimentos do pênis do impuro contra o ânus do puro, todos os fatores eram deliciosamente prazerosos, cada detalhe, cada segundo.

— Ah... Para. — Dream implorou, realmente não querendo se entregar a ilusão, mas não conseguindo erguer as pálpebras... Tudo que conseguiu fazer no momento foi levar ambas as mãos para dentro da calça e acariciar-se perante a lembrança trazida a tona pela mente, mente anormal.

Nightmare abaixava a boca arqueira e, utilizando-se de sua língua áspera e seus dentes afiados e robustos, forçava todo o conjunto contra o pescoço de Dream, marcando-o profundamente durante as estocadas. O impuro era involucro de uma energia fenomenal, de uma maestria fenomenal.

A mente de Dream queria enlouquece-lo um pouco mais, então... O fez lembrar-se de um dia que foi um marco na vida dos irmãos: o dia em que Dream ganhou seu primeiro boquete por parte do impuro – mas essa cena não seria revelada, não ainda.

— Ah... — Dream não conseguiu conter mais os gemidos, seu rosto ganhou o máximo da tonalidade escarlate: tanto pelo ato quanto pelo constrangimento que o atingiu como uma bala direta na ALMA. — Ngh... — Lembrava-se da destreza da boca do irmão em seu falo ereto, da salivação dele misturando-se com sua essência, do contato direto com a língua, das caricias realizadas por ela. Além do boquete em si, havia aquela sensação de superioridade acompanhada sempre quando rolava. — Nightmare... — Gemeu o nome do irmão novamente, o nome do único monstro que tocou em seu corpo livremente com consenso, do único monstro que o fez sentir-se vivo e feliz.

Contorcia-se com as sensações inebriantes sem conseguir erguer os olhos e se deparar com uma realidade onde não havia Nightmare, nem incesto, nem pecados, estava extasiado, muito, mas muito extasiado. Era pedir demais só um dia com o irmão? Era? Nem que fossem alguns mintuso.

“— Dream, você é o melhor. — Nightmare ditou ao chegar ao pináculo.”

Dream lembrou-se da voz, do quão rouca e animalesca ela havia soado; mas sem deixar aquele tom romântico e suave passar batido, lembrava-se da explosão em sua cavidade. E essa lembrança foi o bastante para fazê-lo gozar na presente masturbação.

— Nightmare...! — Gemeu baixinho desconexo.

O pequeno ergueu as pálpebras vendo a face do irmão por alguns segundos e se convencendo de que ele realmente estava ali, do seu lado, sendo único e exclusivamente seu. Até o momento que o rosto de Nightmare foi desaparecendo lentamente, tortuosamente, como uma miragem.

— É... Foi bom enquanto durou... — Dream sussurrou aceitando seu destino solitário, desviou o olhar para a gaveta novamente, havia um objeto lá dentro que podia acabar com toda sua dor, será que deveria usa-lo ou... Deveria esperar por uma reviravolta?


Notas Finais


Stay alive Dream

Meus outros Yaois de Undertale:

CherryBerry- https://www.spiritfanfiction.com/historia/killers-13037673

Crepic- https://www.spiritfanfiction.com/historia/reconheca-13261516

CrossDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/no-raiar-13506082

CrossMare- https://www.spiritfanfiction.com/historia/carcere-privado-12613130

CrossMare- https://www.spiritfanfiction.com/historia/quando-eles-aparecem-13234260

Drink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/meus-colegas-de-trabalho-13253509

DustxHorror- https://www.spiritfanfiction.com/historia/voce-e-minha-salvacao-13019343

DustxLust- https://www.spiritfanfiction.com/historia/view-13028549

DustxLust- https://www.spiritfanfiction.com/historia/satisfacao-13473051

DustxLust- https://www.spiritfanfiction.com/historia/gentileza-13387092

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/cegueira-12335063

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/caos-interno-12568319

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/simplicidade-12810993

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/baixa-fidelidade-12380565

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/como-nao-iludir-um-esqueleto-12954014

Errink- https://www.spiritfanfiction.com/historia/almas-do-morro-12894362

FreshxPaper- https://www.spiritfanfiction.com/historia/eu-tenho-um-namorado-10330370

Fell!PapyrusxLust!Sans- https://www.spiritfanfiction.com/historia/manipulacao-reversa-13085316

Fellcest- https://www.spiritfanfiction.com/historia/senhor-audacia-13279974

Fell!SansxLust!Sans- https://www.spiritfanfiction.com/historia/1945-13471741

Fell!SansxLust!Sans- https://www.spiritfanfiction.com/historia/red-o-rei-do-sexo-12367503

GasterxSans- https://www.spiritfanfiction.com/historia/seja-meu-por-favor-13093896

HoneyMustard- https://www.spiritfanfiction.com/historia/ele-e-todo-todo-11252189

HorrorxLust- https://www.spiritfanfiction.com/historia/eleicao-da-sacanagem-12963237

HorroxLustxDust- https://www.spiritfanfiction.com/historia/bang-bang-13019216

Lust x Todo mundo- https://www.spiritfanfiction.com/historia/resident-lust-corp-12594031

Lust x Todo mundo- https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-desaparecimento-de-lust-12664212

Lust x Todo mundo- https://www.spiritfanfiction.com/historia/como-nao-namorar-lust-12314897

NegaNight- https://www.spiritfanfiction.com/historia/enquanto-voce-nao-esta-aqui-13310344

NegaNight- https://www.spiritfanfiction.com/historia/enquanto-voce-nao-esta-ii-13901650

NegaNight- https://www.spiritfanfiction.com/historia/nao-interrompam-o-principe-13387137

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/heteronimo-12553659

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/incestuoso-ao-limite-13225185

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/suseranos-e-vassalos-13075871

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/pecaminoso-13047196

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/amnesia-emocional-13387043

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/depois-do-trabalho-13262310

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/os-finalmente-13429143

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-nome-de-outro-13404923

NightDream- https://www.spiritfanfiction.com/historia/188-13685877

NightxDreamxCross- https://www.spiritfanfiction.com/historia/diformidade-12914346

NightHate- https://www.spiritfanfiction.com/historia/shy-13292647

Sanscest Diversificado- https://www.spiritfanfiction.com/historia/vai-que-cola-12674410

SpicyHoney- https://www.spiritfanfiction.com/historia/vulgivaga-13439960


Fiquem com o Springtrap e não roobem-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...