História Clandestina. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Yamato, Zabuza Momochi
Tags Amizade, Corrida Clandestina, Família, Gaaino, Hinata, Naruhina, Naruto, Prostituição, Sasusaku, Shikatema, Tokyo
Visualizações 113
Palavras 2.645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sei que está tarde kkkkk Mas precisava postar esse cap agora já que está pronto, amanhã não terei tempo.

Espero que gostem.

Boa Leitura.

Capítulo 4 - Capitulo 4


Após sair da concessionaria com 4 litros de nitro pra corrida, Naruto resolveu ir para casa ‘’ envenenar’’ seu carro.

Um belo Audi R8 com tração traseira de 560 CV, laranja com faixas pretas, que ele morria de ciúmes, o mesmo morava com seu irmão caçula Konohamaru e tinham ajuda de uma empregada que era mais como avó dos dois, seus pais haviam morrido em um assalto quando Naruto tinha 15 anos, o pai morreu na hora, mas os médicos conseguiram salvar a vida do irmão de Naruto com a mãe de ambos já falecida, algumas horas depois.

Atualmente com 26 anos e Konohamaru com 11, um cuidava do outro, Naruto fazia de tudo pelo pirralho.

Na garagem, ficou à vontade, sem camisa, apenas com a calça surrada e suja de graxa, Naruto passava a maior parte do dia cuidando do carro, durante a manhã levava Konohamaru para o colégio e lógico, parar um carro como aquele por lá despertava curiosidades.

O colégio que Kono estudava era integral, e com o dinheiro que Naruto ganhava nas corridas, pagava os estudos do irmão, o mesmo dizia

‘’ Naruto, posso muito bem ir para uma publica, não precisa gastar dinheiro comigo.’’

‘’ Fique quieto, até voce se formar na universidade, eu vou bancar seus estudos nanico.’’

Ele vivia pelo irmão, e participar das corridas bancava os dois.

 

Mexendo no carro, Naruto se lembrava da morena de olhos perolados, ela queria provocá-lo só pode, ele nunca foi intimado daquela forma, nunca foi desafiado por um iniciante, muito menos por uma mulher.

Passou a mão limpa nos cabelo tentando assimilar aquela ideia de ter Hinata na equipe de corrida, mas mesmo assim, havia algo nela que fazia Naruto perder os sentidos, ela era diferente das outras garotas que conhecia.

Normalmente elas davam em cima dele, com duas palavras elas caiam na sua lábia, mas Hinata era diferente, o modo que ela cortou a cantada do Kiba, o jeito debochado de chamar ele de ‘’Uzumaki’’ e ser petulante em o desafiar em uma corrida, era para enlouquece-lo.

Naruto voltou a limpar o interior do capo do carro, quando ouve uma voz feminina o chamar.

- Oi Naruto.

O mesmo se virou e viu quem era, a loira infelizmente morava no mesmo quarteirão que ele.

- O que voce quer Shion? Devia estar trabalhando não me enchendo o saco.

A mesma entrou na garagem se sentando em uma pilha de caixas.

- Acabei de sair, já são 16h sabia? Eu saio as 15 se não se lembra.

- Nem faço questão de me lembrar algo que venha de voce.

Shion se aproximou de Naruto passando a ponta do dedo em seu peito e o olhando com luxuria.

- Ainda está com raiva de mim? Eu já pedi desculpas, podemos...

- Olha, eu estou ocupado se voce não percebeu, pode me deixar em paz?

- Tudo bem, mais tarde eu vou ver voce na corrida, boa sorte.

Shion jogou um beijo no ar e Naruto revirou os olhos, essa garota era perturbada, apaixonada pelo Naruto desde criança por terem crescido no mesmo bairro.

 

A noite, Konohamaru insistia para Naruto deixar ele ir na corrida.

- Voce não vai, lá não é lugar pra crianças.

- A qual é? Eu sou quase um adolescente.

- Voce só vai ser um adolescente quando criar barba nanico, vai ficar em casa com a Sayuri e ponto final.

- Eu não preciso de uma babá Onni-chan – disse bravo.

Konohamaru estava gritando da porta e Naruto entrou no carro com pressa, o pirralho o prendeu tempo demais.

- Vai pra cama cedo, amanhã voce tem aula.

Naruto ligou o carro saindo em alta velocidade, precisava chegar no ponto de encontro logo.

 

Ao chegar estranhou a movimentação, havia muita gente envolta de alguém, e ao se aproximar, viu que estavam envolta da Hinata apreciando o carro dela, ou melhor, ela mesma.

- Yo Naruto – Shikamaru gritou o jogando uma lata de cerveja – Por que a demora?

- Konohamaru me prendeu em casa de novo.

- Deixa eu adivinhar, o pivete queria vir e voce não deixou.

- Aqui não é lugar pra ele preguiçoso, cadê o pessoal?

- Os rapazes estão arrumando os carros, Temari já está na sala de controle com a Tenten, Sakura e Ino estão fofocando na arquibancada e a Hina sendo assediada.

Naruto olhou em direção a mesma, sentiu uma pitada de ciúmes ao ver tanto homem em volta da mesma e ela sendo gentil com cada um, o pior, é que Shikamaru percebeu isso.

- Cara, posso te perguntar uma coisa? - Naruto o encarou erguendo os ombros – Voce não para de encarar a Hina, tá acontecendo alguma coisa?

Naruto quase se engastou com a pergunta, depois de controlar a tosse respondeu.

- Acontecendo? Nada ue, apenas, estou curioso sobre ela, voce sabe como eu sou.

- Ata, vou fingir que tem nada ai, vamos, a corrida vai começar.

Naruto foi em direção aos outros corredores onde Temari tinha voltado com uma prancheta na mão.

- Agora que o Naruto chegou podemos conversar – Temari estava séria – Há um bloqueio a exatos 9km após a primeira curva, prestem atenção nela e então voltem depois de 7km depois da curva, se passarem 2km vocês vão bater, voltem antes de chegar a esses 9km ouviram? – Todos concordaram – Hina, tem um cronograma no seu carro mais rápido do que o do Sasuke por voce ainda não conhecer totalmente as avenidas, depois que voce se acostumar com elas ela é retirada.

- Tudo bem Tema.

- Preparada para sua estreia princesa? – Kiba perguntou.

- Estou sempre pronta – respondeu ela confiante.

- Assim que se fala – Sasuke fez um toca ai com ela rindo.

- Ótimo – Temari continuou – A aposta hoje está alta, juntamos 25 mil, a equipe que ganhar, leva a grana, eu já expliquei a Hina que nós corremos por equipe e que quando qualquer um de nós ganha, todos levam uma parte do bolão.

- Diferente dos outros competidores – Hinata concluiu – Entendi.

- Naruto, quer dizer algo? – Temari continuou.

- Apenas mantenham o foco nas ruas, e tomem cuidado.

- Vamos lá – Gaara gritou.

Cada um foi para seu carro, Hinata estava confiante, voltar a correr, mas com profissionais era diferente do que ela estava acostumada, os carros cheio de cores, com LED na parte debaixo, faróis coloridos, a galera gritando, sensação boa.

Os carros enfileirados, o Mustang de Hina era o mais observado por ser a única mulher em meio de 20 homens, mas ela estava firme, olhava para a rua como uma leoa olha para a caça.

Karin foi à frente dos carros com o tecido vermelho em mãos.

- Estão prontos? – ela perguntou, os carros deram uma acelerada como se dissessem ‘’ Sim ‘’, Karin balançou o pano rebolando o corpo junto, logo ela abaixou o pano e gritou – Vão.

 21 carros saíram em alta velocidade ao mesmo tempo, os vidros de Hinata estavam fechados por questão de segurança, ela mantinha o foco na estrada mas tomando cuidado com os concorrentes, nunca se sabe se acontece algo com ela.

Olhou no painel, estava a 200km/h, acelerou mais, vendo que apenas o carro de Naruto e Sasuke estava a sua frente, manteu aquela velocidade, até ver a primeira curva, pisou no freio virando o carro a 160º, uma curva perfeita que a galera gritava ao ouvir Tenten narrando a corrida.

Hinata contou exatos 7km, e ao alcança-lo, refez a curva voltando para a linha de chegada, Naruto estava do seu lado esquerdo e outro corredor do direito.

Ela olhou e viu Naruto fazendo um sinal para ela acelerar mais, e assim o fez, olhou no painel e acelerou o máximo que o Mustang ia, 340km/h e ao ver a linha freou com tudo vencendo a corrida em primeiro lugar, Naruto chegou logo atrás parando ao lado, os outros corredores foram chegando e impressionados com Hinata.

A mesma saiu do carro respirando pesado, como se tivesse corrido uma maratona, uma multidão se aproximou da mesma a parabenizando, até Shion se aproximar a encarando.

- Essa é a nossa Hina – Ino gritou e Saky a acompanhou na gritaria.

O resto da equipe se aproximou, Naruto apenas sorria sentado no capo do carro, Hinata o olhou o chamando para perto, mas ele apenas negou com a cabeça e disse ‘’ Hoje a glória é toda sua.’’

- Vamos pessoal, hora de comemorar – Temari gritou puxando Shikamaru pelo colarinho da blusa.

Aos poucos a multidão se dispersou indo cada um para sua comemoração, Hinata novamente tomou a palavra com o Uzumaki.

- Voce sabe correr Uzumaki, podia ter vencido.

Naruto ergueu os ombros.

- Eu sei, mas é sua estreia nas ruas, e qualquer um da equipe que ganhe, todos levam a grana – riu.

- É, foi bom voltar a correr, e pela primeira vez não foi com um carro emprestado – riu – Posso? – disse apontando para o capo do carro dele.

Naruto foi para o lado e ela se sentou ao seu lado colocando as mãos no bolso da jaqueta de couro.

- Acho que começamos errado – Naruto começou – Bom, voce me desafiou – riu – Não foi bem um cumprimento.

- É, digamos que não foi o jeito certo de conhecer alguém – riu com ele.

- Podemos nos cumprimentar certo? Somos da mesma equipe agora.

Hinata estendeu a mão para ele, Naruto segurou na mesma.

- Hinata Hyuuga – disse ela sorrindo.

- Naruto Uzumaki – respondeu rindo – Por que resolveu vir para Tokyo Hinata? Se não for importuno perguntar.

Hinata suspirou e o contou.

- Bom, minha irmã caçula descobriu que eu saia escondida a noite e saia para algum lugar, e a linguaruda contou pro meu pai, quando voltei de manhã ele me expulsou de casa por eu quebrar as regras e mentir para ele.

Naruto a olhou espantado.

- Ele te expulsou só por isso?

- Bom Naruto, a família Hyuuga não aceita ser desacatada, muito menos aceita rebeldia e mentiras, mas eu nem me importei, estou até achando bom morar aqui, tenho a minha liberdade, amigos, posso correr sem me esconder.

- Mas não sente falta do seu pai?

- Sinto mas, ele devia me entender um pouco, depois da morte da minha mãe ele se culpa por tudo e deixou a mim e a Hanabi sozinhas, como se não existíssimos mais.

Naruto torceu a boca fazendo um bico.

- E voce? – perguntou para ela – Sempre morou aqui?

- Sim.

- E seus pais?

Sem saber, Hinata tocará numa ferida que Naruto conseguira cicatrizar.

- Foram mortos a 11 anos, salvaram apenas a vida do meu irmão caçula que ainda estava na barriga da minha mãe.

Hinata sentiu um aperto no peito.

- Me desculpe, eu não queria tocar nesse assunto.

- Sem problemas, voce não sabia.

- Mas, sem ser bisbilhoteira, como cuidou do seu irmão?

- Ficamos com nossa avó materna até um tempo, quando eu fiz 18 anos fui morar sozinho na casa que cresci com meus pais, mas deixei meu irmão com ela, com 20 eu comecei a correr e levei ele pra morar comigo, uma senhora que trabalhava na casa dos meus pais cuida de nós até hoje.

- Deve ter sido difícil para vocês, eu sinto muito.

Naruto negou com a cabeça.

- Foi mas vencemos isso – Naruto olhou para cima e Hinata notou que ele se segurava para não chorar.

O silencio foi quebrado ao ouvirem Sasuke chegando perto dos dois com três cervejas nas mãos.

- E ai, estão excluídos aqui, trouxe pra vocês.

Ele estendeu as cervejas e cada um ficou com a sua.

- Não estamos excluídos Teme, estamos conversando, só isso.

- Baka, conversem conosco.

Hinata ria do amigo já visivelmente alcoolizado, ela levantou e foi em direção ao pessoal.

Quando Naruto foi se levantar, ouviu Shion o chamar.

- Parabéns Naruto, voce foi muito bem hoje.

- Hm.

- Não vai falar nada? – perguntou mordendo o lábio inferior.

 - Sim, sai da minha vida Shion.

- Por que voce fala assim comigo, mas com a senhorita perfeita ali voce é todo carinhoso?

- Está tentando comparar a Hinata com voce? Olha eu posso fazer uma lista dizendo o que ela tem que voce não tem, mas eu não vou perder meu tempo com voce, a corrida acabou, pode ir embora.

Naruto deu as costas e foi em direção ao pessoal.

- Cara – Tenten gritou – Aquela vaca ainda fica no seu pé?

- Eu não gosto dessa garota – Ino disse.

- Ninguém gosta dela porca – Sakura respondeu a Ino.

Hinata estava sem entender nada.

- Coitada da Hina que tem que trabalhar com ela a semana toda – Temari disse.

- Ela fala com voce no escritório? – Sasuke perguntou.

- Só o necessário, ela fica mais na mesa dela mas, sempre me encarando.

- Ela é uma vadia isso sim – Ino retrucou – Cuidado com ela Hina, aquela ali é pior que cobra e escorpião juntos.

- Ela é tão venenosa assim? – Hinata perguntou inocente.

O povo riu concordando com a cabeça.

- Bom, ela dá em cima dos caras comprometidos, já peguei ela na porrada quando vi ela se esfregando no Gaara – Ino disse brava.

- Mesmo ela sendo louca de amores pelo nosso Uzumaki aqui – Shikamaru disse pegando no ombro de Naruto que revirou os olhos bebendo sua cerveja – Ela dá em cima em todos os caras, é mais rodada que os pneus dos carros.

Hinata olhou para Naruto.

- Não posso fazer nada – disse ele – Ela mora na mesma rua que eu desde sempre, ela não larga do meu pé.

- Naruto já deu tanto fora nela, mas parece que quanto mais ele faz isso, mais ela corre atrás – Sasuke continuou – Lembra da formatura do ensino médio? – riu.

- A Shion subiu no palco do DJ e gritou para todo mundo ouvir ‘’ Naruto meu amor, eu amo voce, fica comigo pra sempre.’’ – Itachi que até então estava quieto contou.

- Como sabe? – Hinata perguntou.

- Itachi era o DJ nesse dia – Sasuke contava rindo.

- Ela precisa se tratar, parece mulher de bandido, quanto mais apanha, mais ela gama – Naruto concluiu fazendo todos gargalhar alto.

- Falta de amor próprio – Sakura disse séria.

- Nunca imaginaria que ela era assim, na empresa ela é tão reservada – Hinata deduziu.

- Sim, porque eu estou sempre por perto né Hina – Temari disse – Coloco ordem no barraco.

- Vamos trocar de assunto por favor? – Naruto disse bravo.

- Vamos, atenção cambada, sábado tem social em casa – Temari gritou em pé já alterada pelo álcool.

Todos vibraram com isso, as sociais da Temari era sempre agitada, mas da forma correta, nada de putaria, somente as bebidas, jogos de cartas, vídeo game e pizza, podiam até ser loucos, mas tinham limites.

- Vamos aproveitar que domingo é nossa folga Tema – Hina disse.

- Sim – gritou – Vamos beber e fazer gordices.

Todos riram, podiam ser cheios de obrigações na vida, mas eram todos jovens, Hinata tinha seus 24 anos, assim como Temari e Sasuke, Naruto, Kiba, Tenten e Shikamaru com 26, Sakura e Gaara com 22, Ino e Karin tinha 20 sendo as caçulas, Itachi com 29, e Juugo era o tiozão com 37.

- Bom, mas como amanhã ainda trabalhamos precisamos ir Tema – Hinata disse se levantando.

- Mas que...droga, quero ter férias, eu mereço – Temari se levantou cambaleando.

- Ela veio dirigindo? – Naruto perguntou preocupado.

- Não – Hina respondeu – Ela quis experimentar como é andar em um Mustang e invadiu meu carro deixando o dela em casa, melhor assim, economiza gasolina – riu – Vamos Tema.

- Ai tá bom mandona, vamos embora, tchau cambada.

Temari saiu na frente trançando as pernas, nisso que dá misturar cerveja com destilado.

- Tchau gente, até amanhã – Hina se despediu saindo.

E todos se despediram juntos.

Temari entrou no carro de Hinata tonta, e após a morena dar partida no carro, ela dormiu.


Notas Finais


Essa Temari bebada é demais kkkkkkkkk Adoro ela....

Shion é beeeem grudenta em, credo...

Resolvi fazer um breve diálogo com nosso casal, só pra não ficar TÃO chato assim kkkkk Queria que eles se odiassem por um tempo, mas não consigo kkkkk

Espero que tenham gostado do capítulo.

Até breve pessoas. Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...