História Clareia, amor - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Albafica de Peixes, Aldebaran de Touro, Asmita de Virgem, Aspros de Gêmeos, Atena (Sasha), Defteros de Gêmeos, Dégel de Aquário, Dohko de Libra, El Cid de Capricórnio, Kardia de Escorpião, Manigold de Câncer, Regulus de Leão, Shion de Áries, Sísifos de Sagitário, Tenma de Pégaso
Tags Musical, Saint Seiya, The Lost Canvas
Visualizações 42
Palavras 692
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então, gente... não liguem, tá, essa foi uma bobeirinha que eu pensei ontem enquanto escutava a música que dá título à história. De tanto ouvir, acabei imaginando coisas... e, bem, achei que dava pra fazer uma oneshotzinha.
A música é tão gostosa que eu imaginei todo mundo no Santuário cantando e dançando ela, hahaha. Tem gente ali que não dançaria de jeito nenhum, mas acabou entrando no meio.
O casal que eu arrumei para protagonizar a música foi o mais fofo que eu encontrei no universo do The Lost Canvas, mas vocês podem substitui-lo por qualquer outro, até da saga clássica... vai ficar bonitinho e engraçado com o Santuário dançando do mesmo jeito, rsrs.

Espero que vocês gostem!

Capítulo 1 - Oneshot


Fanfic / Fanfiction Clareia, amor - Capítulo 1 - Oneshot


 

Era um dia comum no Santuário. Tão comum quanto poderia ser, depois de muito tempo, com os doze cavaleiros de ouro reunidos novamente. De seu templo, Sísifo de Sagitário olhava para o templo de Atena, contemplando ao longe a deusa reencarnada em Sasha. Ela resplandecia a seus olhos. Resolveu admitir o que seu coração já lhe dizia há muito tempo, e eis que começou a cantar: "Era uma vez eu no teu olhar, E outra vez a te admirar, Passe no meu passo ao coração, Já me ganhou agora só me diz o que fazer, 'Tô aqui a te esperar, Cadê você?, Chega pra cá

E foi subindo os degraus com tal leveza, que em pouco tempo já estava diante de Atena. Ela lhe dirigia aquele olhar doce, aquele olhar que ele gostava de pensar ser dirigido só a ele. E Sísifo continuou, olhando-a bem nos olhos: "O que é que aconteceu?, Meu carnaval agora é só teu, Floreia amor a minha avenida, De perto vem, divide essa alegria, Do teu olhar"

Sasha sorriu, a um só tempo surpresa e encantada, enquanto Sísifo se animava ainda mais e a convidava para dançar: "É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareiamô, É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareia..."

E ela logo o seguiu, juntando a sua voz à dele: "É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareiamô, É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareia..."

"Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareiamô, Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareia"

Sísifo sorria como nunca havia sorrido na vida. E Sasha pôs-se a cantar, também confessando o que sentia: "Era uma vez eu no teu olhar, E outra vez a te admirar, Passe no meu passo ao coração, Já me ganhou agora só me diz o que fazer, 'Tô aqui a te esperar, Cadê você?
Chegue pra cá"

Ela pegou a mão dele entre as suas, e juntos voltaram a cantar: "O que é que aconteceu?, Meu carnaval agora é só teu, Floreia amor a minha avenida, De perto vem, divide essa alegria, Do teu olhar"

E Tenma, Yato e Yuzuriha, que estavam ali por perto, ao notarem o motivo de tanta agitação, resolveram se unir à cantoria felizes por aquela união: "É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareiamô, É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareia..."

Logo a dança e o canto haviam se espalhado pelas doze casas, começando por Áries, Touro, Gêmeos e Câncer; e depois por Leão, Virgem, Libra e Escorpião: "Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareiamô, Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareia..."

Por fim, chegando até Capricórnio, Aquário e Peixes: "Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareiamô, Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareia..."

Todos cantavam alegremente em uma bonita harmonia, até que fez-se um momento de pausa para que Sísifo cantasse para Sasha, sendo seguido por ela na segunda estrofe: "O nosso amor acontece quando a gente dança, Passe ao coração, Te peço que chegue um pouco pra perto de mim"

"Agora que escrevo bonito, Sorriso que canto pra ti na canção, Te peço que chegue um pouco pra perto de mim..."

"É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareiamô..."

"É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareiamô, É que no toque dá pra ver, O nosso amor acontecer, Clareiamô, clareia..."

Todos voltaram a cantar em uníssono, celebrando aquela improvável união entre deusa e cavaleiro, o sol brilhando forte no céu e a música vibrando no ar... "Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou, Clareiamô, Ou ou ou, Ou ou ou, Ou ou ou ou ou..."

Não havia dúvida, aquela união era abençoada. E ninguém se sentia mais feliz do que Sísifo e Sasha, ao olharem um nos olhos do outro.

Clareia...


Notas Finais


Santuário em clima de axé! XD
Link para a música: https://www.youtube.com/watch?v=SV4iqckujRM
Mas como o Yato está celebrando um Sísifo e Sasha? Ele já superou isso misteriosamente, hahaha...
Alguém mais aí tentou ver o Albafica dançando? Eu consegui imaginar até o El Cid, mas ele não.

P.S.: Tentei e tentei, mas não consegui deixar os versos em itálico totalmente alinhados. Não sei o que acontece , acho que consegui isso só uma vez...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...