1. Spirit Fanfics >
  2. Clãs em guerra... (SasuNaru) >
  3. Epílogo.

História Clãs em guerra... (SasuNaru) - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


fuh, fuh.
estou olhando para o meu bonequinho do Kakashi e pensando na minha vida depois de Clãs At War.

desculpa o meme de merda, eu não aguentei hahahahah

Capítulo 28 - Epílogo.


Fanfic / Fanfiction Clãs em guerra... (SasuNaru) - Capítulo 28 - Epílogo.

[Um ano depois]

 

Um padre estava fazendo os votos. A rainha Mikoto, vestida com um simples e bonito vestido de noiva branco, trocou alianças com o rei Minato. Sem nenhuma grande festa de casamento, a opção feita foi uma simples troca de votos e alianças na sala do trono.

 

Naruto estava ao lado de Sasuke, em pé, com Sarada brincando em seus braços, num canto da sala, e do outro lado, Karin e Madara estavam em pé em silêncio. Apenas observando a cena calmamente. 

 

— Agora nós somos meio irmãos. — Naruto brincou no ouvido de seu amante.

 

Sorrindo baixo. A cerimônia estava acontecendo no Reino de Kurama.

 

— Por favor, não brinque com isso. — Sasuke respondeu.

 

Um leve tom de sorriso na voz. 

 

— Desculpe, isso é muito divertido. — O príncipe revidou.

 

Alguns segundos de silêncio depois, e tudo estava concluído. Os recém casados sorriram um para o outro, apesar de não ter amor, apenas uma simples simpatia e algo em comum para proteger, eles poderiam fazer aquilo dar certo, sem problemas. Aliás, eram dois adultos determinados e calmos, que poderiam arcar com suas próprias consequências de vida pelo que acreditam.

 

Todos se retiraram do salão a seguir para poderem ir até o salão principal, onde poucos convidados foram selecionados. O rei Hidan e a princesa Sakura em uma mesa, com olhares de flerte um ao outro. Naruto não duvidava que houvesse um anunciado de casamento entre os dois em pouco tempo. O fiel companheiro de Sakura, Sai, estava em pé em outro canto, enquanto Gaara, que voltou a ser o SSE do Reino Uchiha, falava algo com ele.

 

Não foi uma lista de convidados grandes, pois tudo o que menos precisavam era alongar aquela noite, então apenas alguns membros da Akatsuki e das famílias estavam ali.

 

A pequena Sarada, de agora um ano e pouquíssimos meses, se virou em seu colo para observar alguns doces num canto. 

 

— Tio, doces. Eu quero. — Ela pediu feliz enquanto tentava subir em seus ombros e pegar em seus cachos loiros.

 

Sasuke sorriu ao ver a pequena garota tentando ser controlada inutilmente pelo amante. E tentando ajudar, ele retirou a garota dos ombros dele e a sentou nos seus, o que apenas não foi uma boa ideia pela coroa em sua cabeça ter sido encontrada imediatamente.

 

— Ah, me dê a coroa. — Naruto pediu calmamente quando viu Sarada puxar a peça de ouro cheia de brilhantes do rei.

 

A garota parecia não ter gostado, mas obedeceu quando lembrou novamente o  que era que queria desde o início.

 

— Papai, doces. — Ela pediu novamente, mas agora, ao pai.

 

Prontamente ela a obedecia e andava até a mesa de doces, com o príncipe ao seu lado. 

 

Um ano após estarem juntos, ele não poderia estar mais feliz em continuar ao lado do loiro, e agora, quando finalmente sua mãe estava casada com o pai dele, eles poderiam estar mais juntos do que nunca. Até o final. 

 

Estaria mentindo se dissesse que não se preocupava com o fato de Naruto precisar de um herdeiro no futuro, e em consequência eles não poderiam mais ficar juntos, no entanto, quando sua mãe o disse o que estava planejando fazer para isso não acontecer, ele ficou feliz e aliviado.

 

Ele mesmo tinha sua amada sobrinha, uma princesa cheia de energia, com o sangue de seu irmão mais velho. Mas ela era sua agora. Sua filha, e ele não poderia estar mais feliz do que ter ela e Naruto ao seu lado. Como uma verdadeira família.

 

Seu coração estava acelerando aquela noite também.

 

Ele abriu um sorriso quando focou em sua filha sujando uma das bochechas coradas de Naruto com o glacê de um doce, e ele retribuiu logo depois o ato. O príncipe focou seu olhar nele logo depois.

 

— Ah, está sorrindo do que? — Ele perguntou indignado, enquanto tratava de limpar sua bochecha antes que ficasse ruim demais.

 

E apesar do lugar estar cheio, eram pessoas que sabiam muito bem o que estavam vendo. Sasuke deixou um selinho rápido nos lábios cheios de Naruto, um pequeno movimento de sua paixão.

 

— Estou sorrindo com você. — Uma promessa de estarem juntos.

 

[...]

 

Existia um berço no quarto de Naruto desde que ficou alguns dias com Sarada em seu reino uma vez. Foram dias especiais que ele apenas passava cuidando da pequena garota e pensando no quanto ela se parecia com Sasuke. Foi no objeto de madeira bem feito e detalhado que Naruto colocou a pequena garota que dormia em seus braços.

 

— Ela dormiu rápido hoje. — Sasuke comentou em seu pescoço quando ele se aproximou dela.

 

Olhavam juntos para a pequena garota antes de se afastarem para a outra parte do quarto, onde a cama de casal do príncipe estava.

 

— Apenas aguentou o banho e o pijama. — Naruto sorriu ao respondê-lo, lembrando-se dos poucos momentos antes, quando tentava colocar um vestido branco numa garotinha caindo de sono.

 

O rei concordou e encontrou o olhar de seu doce companheiro antes de ir para o banheiro dele, para um banho morno merecido depois de uma longa noite de casamento. Naruto o acompanhou logo depois, retirando suas pesadas roupas no caminho, e encontrando seu amado nu perto da banheira já cheia.

 

— Venha aqui. — Sasuke o chamou assim que entrou na banheira.

 

Prontamente o príncipe aceitou a ideia, deitando suas costas no peitoral de Sasuke e relaxando com o contato da água em seu corpo descoberto. 

 

— Isso é bom, você não acha? — Naruto comentou repentinamente após alguns segundos.

 

Quando Sasuke começou a passar um sabonete perfumado em sua pele, primeiro nos ombros e descendo pelas costas quando se afastou do peito dele.

 

— O que? — Sasuke perguntou.

 

As mãos continuaram descendo, passando por cada canto e o perfumando e lavando.

 

— Estar com você, é realmente bom. — Confessou.

 

Sua resposta nada mais foi do que uma série de beijos e um lindo sorriso da pessoa que ama.


 


Notas Finais


Considerações finais;
ah, vamos, mais de três anos escrevendo a mesma história, e 2020 foi tão terrível, mas eu só posso esperar pelo tempo.
Espera, o que eu dizer mesmo aqui?

Ah, meus amores, como estão? Eu realmente gostaria de dizer minha longa história com esta fanfic até aqui, mas aí ia ficar chato, então eu só quero dizer que quando comecei a escrever essa fic eu metia os pés na cabeça, e minhas costas doeram porque eu não sou boa nisso (foco, por favor)
enfim, eu fui e fui, fiz muita merda, mas graças a Deus eu conclui enquanto estou viva. Amém, eu sei.
Espero que tenham gostado, porque eu gostei e vou sentir saudades de tudo, ao mesmo tempo que estou aliviada de ter terminado, quero dizer, porra foram três anos, e eu sei que tem fanfic no meu perfil que ainda vai se estender por ainda mais tempo (por favor, não joguem-me pedras (づ ̄ 3 ̄)づ) mas foco aqui.
então...
adeus, eu acho.
( ゚д゚)つ Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...